Sebenta economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7584 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DO TRABALHO E DA EMPRESA

ECONOMIA I

Elaborado por Daniel Pimentel
2

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DO TRABALHO E DA EMPRESA

PENSANDO COMO UM ECONOMISTA
A microeconomia é a ciência da escolha em condições de escassez. A escassez está sempre presente, mesmo quando os recursos materiais são abundantes. Existem sempre limitações importantes em matéria detempo, energia e outras coisas de que necessitamos para atingir os nossos objectivos. ABORDAGEM CUSTO / BENEFÍCIO DAS DECISÕES Se B(x) > C(x) faça x; se não, não o faça. Sendo B(x) o montante em dinheiro que está disposto a gastar se tiver de o fazer. E C(x) o valor de todos os recursos que terá de deixar de lado para fazer x. ARMADILHAS VULGARES NA TOMADA DE DECISÕES Armadilha 1: Ignorar osCustos Implícitos Se fazer a actividade x significa não poder fazer a actividade y, então, para si, o valor de fazer y é o custo de oportunidade de fazer x. Custo de Oportunidade, representa o valor da melhor alternativa que é sacrificada em proveito de outra actividade. Exemplo: estar na aula, o custo de oportunidade é estar a dormir ou a jogar às cartas. Muitas pessoas tomam más decisões porquetendem a ignorar o valor de tais oportunidades postas de lado. Armadilha 2: Incapacidade de Ignorar os Custos Afundados Outra armadilha na tomada de decisões é de, por vezes, uma despesa parecer ser um custo relevante quando na realidade já não o é. Tal é o caso dos Custos Afundados, ou seja, custos que já não são recuperáveis no momento da tomada de decisão devendo como tal ser ignorados. Armadilha 3:Concentrar-se Apenas em Alguns dos Custos Relevantes Consiste em ignorar custos que deveriam ser considerados. A MÃO INVISÍVEL Completamente inconscientes dos efeitos das suas acções, os consumidores preocupados com os seus próprios interesses, actuam muitas vezes como que conduzidos por aquilo que Adam Smith chamou uma Mão Invisível para produzir o maior bem-estar possível. Smith não acreditavaque apenas os motivos egoístas são importantes.

3

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DO TRABALHO E DA EMPRESA RACIONALIDADE E INTERESSE PRÓPRIO Ser-se racional significa tomar decisões de acordo com o critério do custo/benefício. Interesse Próprio como Padrão da Racionalidade  Teoria segundo o qual as pessoas racionais apenas consideram os custos e os benefícios que lhes dizem respeito.Objectivos Imediatistas como Padrão da Racionalidade  Teoria segundo o qual as pessoas racionais actuam eficazmente para atingir quaisquer objectivos que tenham no momento da tomada de decisão. QUESTÕES POSITIVAS E QUESTÕES NORMATIVAS Questão Normativa  Questões acerca de quais as políticas ou mecanismos institucionais que permitem obter melhores resultados. Depende das perspectivas de cada analista,é uma análise subjectiva. Questão Positiva  Questão acerca das consequências de políticas ou mecanismos institucionais específicos. Procura quantificar os impactos sendo relativamente imparcial, ou seja, tenta-se que seja objectiva. HIPÓTESE CETERIS PARIBUS Faz-se a análise admitindo que tudo o resto é constante, para procurar realizar uma previsão. (“Nada de extraordinário está acontecer.”)

4 INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DO TRABALHO E DA EMPRESA

OFERTA E PROCURA
ANÁLISE DA OFERTA E DA PROCURA Um mercado é composto pelos compradores (Procura – Demand) e vendedores (Oferta – Supply) de um bem ou serviço. A Curva da Procura é uma linha de declive negativo que indica as quantidades que os compradores estão dispostos a comprar aos vários preços. Quando o preço de um produto baixaas pessoas procuram uma maior quantidade do mesmo (Lei da Procura). A Curva da Oferta é uma linha de declive positivo (reflectindo o facto de, a curto prazo, os custos tenderem a subir quando os produtores expandem a produção) que indica as quantidades que os vendedores vão oferecer a cada preço. QUANTIDADE E PREÇO DE EQUILÍBRIO Num mercado livre, o preço e a quantidade de equilíbrio são...
tracking img