Revolta da chibata

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (488 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Formação do Estado nacional e a ascensão do Absolutismo

O Estado Absolutista é caracterizado como um governo de poderes institucionais centrados e de forma arbitraria, ultrapassa valores e crençasrelativas à sua época, sendo que fica restrito a limites internos e externos dentro da sociedade como legislar sem ferir os direitos da aristocracia. A visão do Estado absolutista difundia desde aprimeira metade do século XIX, com uma perspectiva generalizada de Estado de um soberano com poder ilimitado acima de tudo um poder autoritário.
Já no século XVIII os reis vinham com tradição deguerrear, mas tiveram que mudar suas estratégias, pois seria mais útil para os reis nesse momento deveria ser mais habilidoso politicamente e saber transitar nessa sociedade de interesse, nesse período elesdeveria fazer o jogo político que permeia em toda sociedade.
O Estado Absolutista se insere em meio a uma não correspondência entre a propriedade privada criada com o absolutismo e o modo deprodução feudal, propriedade essa que se transforma em propriedade privada capitalista surgindo a manufaturas a produção industrial. Podemos entender que o estado absolutista foi criado por uma aristocraciaenfraquecida economicamente procurando manter-se no poder sendo que essas estruturas administrativas de Estado Moderno serviram para fortalecer a burguesia que se encontra fraca politicamente edetinha o poder economicamente . As ideias religiosas importantes para o homem medieval, como salvação, redenção, pecado original, não desaparecem, apenas deixam de ser primordiais.
As monarquias da França,Inglaterra e Espanha são as primeiras a romperem com a estrutura socioeconômica da sociedade feudal, porém a Polônia foi o único Estado do Leste europeu que não conseguiu produzir um estadoabsolutista, destacamos também à Rússia foi o mais estável da Europa, que persistiu até o século XX, contrariando todos os seus contemporâneos.

[...] o dinheiro converte-se em capital, o capital em fonte...
tracking img