Resumo do livro cidade antiga fustel de coulanges capitulo a cidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3283 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A Cidade Antiga

Fustel de Coulanges

Em “A Cidade Antiga” de Fustel de Coulanges, como o próprio prefácio expõem, o autor buscou “demonstrar os princípios e regras que governaram as sociedades grega e romana” por acreditar que estas possuíam a origem de suas instituições comuns, e que atravessaram uma série de revoluções semelhantes. Além de que, para ele, a Grécia e Roma“apresentam-se-nos com um caráter absolutamente inimitável” divergindo de tudo que é moderno, pois a forma de pensar do homem não é a mesma que há vinte e cinco séculos, e é por isso e que as instituições sociais não são originadas e governadas como outrora.

O autor faz a divisão da obra em cinco livros, onde cada livro é subdividido em capítulos. A divisão do livro é dada da seguinte forma: o primeirolivro se chama “Crenças Antigas”, o segundo “A Família”, o terceiro “A cidade”, o quarto “As revoluções” e o quinto “Desaparece o regime municipal”. Em continuidade ao proposto em sala de aula, faremos alguns apontamentos, de forma resumida, apenas do livro terceiro – “A Cidade”.

Livro Terceiro – A Cidade

 Capítulo I: A Fratria e a Cúria. A tribo

Cada família tinha seus deuses, ohomem não concebia nem adorava senão uma divindade domestica. A religião doméstica proibia que duas famílias se unissem e confundirem-se. Mas era possível que várias famílias se unissem para celebração de um culto que lhes fosse comum, daí surgi a fatria na língua grega e cúria na latina.

Toda fratria e cúria possuíam seu altar e seus deuses protetores, culto religiosos que conservavam suapeculiaridade. Seus banquetes fúnebres, orações. Para se tornar parte de uma fratria, era indispensável ter nascido do casamento entre as pessoas que a compunham, a sua admissão na fratria se fazia através de ato religioso, e passava a ter um vínculo indissolúvel.

A tribo promulgava seus decretos, possuía um tribunal de jurisdição sobre seus membros e acima dela não havia nenhum poder. Asociedade cresceu sobre esse sistema, as fratrias e cúrias se agruparam dando origem as tribos, essa por sua vez também estabeleceu sua religião, com seu altar e sua divindade protetora, essa divindade normalmente era da mesma natureza da fratria ou da família.

 

Capítulo II: Novas Crenças Religiosas

1.° Os Deuses da Natureza Física

A religião antiga, primeiro tomou seus deusescom sendo da alma humana, o culto aos antepassados, e a segunda veio os deuses de natureza física, os fenômenos da natureza.

Isso não o levou a concepção de um Deus único, por se tratar de natureza, ignoravam a Terra , o Sol e os Astros (planetas), porém para o solo, a árvore, a nuvem, as águas dos rios, o sol e outros, passaram a olhar como deuses lhes dirigindo preces e adorações. Essasduas religiões não tiveram entre si algo em comum. Qual dessas religiões foi a primeira a aparecer? Não saberíamos responder, nem saberíamos afirmar que uma tenha sido anterior a outra.

 2.° A Relação Dessa Religião com o Desenvolvimento da Sociedade Humana

A religião natural surgiu de diferentes pensamentos como consequência de sua força natural. Na medida em que foi se desenvolvendoa sociedade cresceu, o fogo sagrado deixou de ser uma divindade e passou a ser o altar de sacrifícios dos Deuses e ficava no interior dos templos. Essa nova religião atuava num campo mais amplo e como consequência surge uma nova moral, que não se limitava a ensinar os deveres de família. Tendo – se dado que essas crenças apareceram quando se viviam no Estado de família, esses deuses eramconsiderados demônios. Aconteceu que com o passar do tempo esses deuses passaram a ser adorados pelas famílias e logo toda cidade passou a adorá-los.

Capítulo III: Forma-se a Cidade

A religião subsistiu em pequenos cultos que dos quais se estabeleceu o culto comum, já politicamente continuou a funcionar pequenos governos que em cima dos quais se levantou o governo comum. A cidade era uma...
tracking img