Reengenharia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3919 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Reengenharia

Índice

- Introdução
- O Conceito
- Alguns casos de sucesso
- A essência da reengenharia
- Principios da reengenharia
- Os resultados
- Conclusão
- Bibliografia
- Fonte

Introdução

Este artigo publicado na Harvard Business Review em Julho/Agosto de 1990, é o primeiro texto que aborda o conceito de reengenharia, o que fez com que Hammer passa-se a serconsiderado o pai desta nova "buzzword 1". Assim é natural que ele constitua a base do nosso trabalho.
Hammer ao escrever aquele primeiro paper, não fazia ideia do impacto que viria a ter no meio empresarial. É na sequência desse impacto que mais tarde, em 1993, publica, em conjunto com James Champy, o livro "Reengineering the Corporation: a Manifesto for Bussiness Revolution".
A restantebibliografia analisada consiste em artigos de jornais e revistas, que abordam por um lado, os sucessos e insucessos da implementação desta nova filosofia essencialmente em empresas dos Estados Unidos, e por outro, o impacto no tecido empresarial Português desta nova buzzword.
1 - As "buzzwords" constituem factores crítivos de sucesso para os "Best Sellers". Neste caso a palavra chave é"reengenharia".

O Conceito - 1

De acordo com o ponto de vista de Michael Hammer, apesar das profundas alterações ocorridas nos últimos tempos, as empresas, à entrada da década de 90, ainda não se encontravam preparadas para enfrentar os desafios que se adivinhavam para este fim de século.
A rápida evolução tecnológica veio colocar à disposição meios para melhorar substancialmente aperformance das organizações. No entanto, apesar dos elevados investimentos em tecnologias de informação, os resultados ficaram muito aquém das expectativas. Em grande parte, os fracassos ficaram a dever-se ao facto de se terem utilizado as novas tecnologias para mecanizar as formas antigas de fazer as coisas. Os processos antigos permaneceram intactos (e consequentemente as suas deficiências) eos computadores eram, e são, utilizados apenas para torná-los mais rápidos.

O problema principal não está na velocidade dos processos, mas nos processos em si. As nossas organizações funcionam com base em conceitos, estruturas, mecanismos de controlo que são anteriores à revolução tecnológica dos computadores. Elas foram pensadas tendo em vista a eficiência e o controlo. No entanto aspalavras chave da nova década são inovação e rapidez, serviço e qualidade.

A solução está em "deitar fora" os actuais processos e começar de novo, utilizando o poder da moderna tecnologia da informação para redesenhar completamente os processos, por forma a alcançar profundos melhoramentos na sua performance.

A reengenharia " ... consiste no repensar fundamental e no redesenharradical dos processos de trabalho com o objectivo de obter melhorias dramáticas nas medidas contemporâneas críticas da performance da empresa, seja nos custos, na qualidade, no serviço ou no tempo".

Michael Hammer e James Champy - "Reengineering the corporation"

• radical: a reengenharia implica redesenhar e não aperfeiçoamento, ajustamento ou modificação;

• processos:conjunto de actividades que, tomadas sistemáticamente, criam valor para os clientes;

• dramáticas: a reengenharia só é chamada quando existe a necessidade de uma revolução.

Alguns casos de sucesso - 2

Ford vs Mazda

No princípio de 1980, enquanto a indústria automóvel Americana se encontrava numa granda depressão, as empresas e indústria Japonesa aumentavam drasticamente asperformances dos seus processos, de dia para dia. Desenvolviam produtos duas vezes mais rápido utilizando equipas oito vezes mais produtivas e ainda respondiam aos pedidos dos seus clientes, dez vezes mais rápido.

A Ford, empresa Americana bastante conhecida, com o intuito de rentabilizar o seu departamento de contabilidade fez um estudo de todo o processo desde a compra de material até...
tracking img