Realidade virtual ou virtual realidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5643 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade da Amazônia – UNAMA




Eliézer Silva de Sousa


• Vítor Moraes

• Ricardo Lobato

• João reis









[pic]





















Ananindeua

Maio/2007

Universidade da Amazônia – UNAMA


Eliézer Silva de Sousa


• Vítor Moraes• Ricardo Lobato

• João reis




[pic]


Trabalho acadêmico apresentado com vistas à obtenção de pontos na segunda NI, na disciplina TGE, por solicitação do Profº Fabio Costa, à Turma 2 DIN 12, do Curso de Direito da da Universidade da Amazônia – UNAMA












Ananindeua

Maio/2007UM ESTADO CHAMADO


SECOND LIFE: O Estado Global




I - INTRODUÇÃO



Cada vez mais, tem ocupado o centro dos debates mais polêmicos a respeito da globalização, a questão da diminuição ou enfraquecimento do papel do Estado-nação.

Neste contexto predominado pela ideologia neoliberal, há uma mudança de paradigmas e toda uma nova conceituação a respeito dasquestões sociais, cidadania, soberania, hegemonia, autonomia entre tantas outras que passam por alterações frente ao novo Estado-nação, Estado fraco ou mínimo, como preferem alguns autores.

As relações econômicas são reguladas pelo mercado num mundo sem fronteiras, de reestruturação tecnológica, que afeta tanto as formas de produção, organização e gestão empresarial, quanto a própria naturezado Estado e a sua função, enquanto instituição reguladora e promotora do bem estar social e econômico.

Após alguns anos da implantação desta nova ordem global de liberação econômica, privatizações e revoluções tecnológicas, podemos verificar que houve muitos avanços na área da tecnologia, nos meios de comunicação e informação, entre outros. Mas, por outro lado, trouxe muitos prejuízos nasáreas sociais, econômicas, trabalhistas e humanas, para muitas pessoas que não são atingidas pelos impactos tecnológicos e que em grande parte não tem meios alternativos para a situação em que se encontram.

Quando o assunto é "Globalização" e, levando-se em conta os questionamentos levantados nas aulas de Teoria Geral do Estado (TGE), constatou-se que o Processo de Globalização gerou umamaior visibilidade da miséria e a exclusão de grande parte do mundo, principalmente de boa parte do continente Africano, da América Latina e do continente Asiático. E assim, a idéia defendida pela mídia de uma globalização modernizadora e que teoricamente colocaria as barreiras do mundo moderno abaixo, viabilizou a claridade de grande parte da população mundial abaixo da linha da pobreza e dessaforma, fora dessa economia de consumo, mesmo que de um consumo dito de massa. Sendo assim, a grande velocidade verificada no desenvolvimento tecnológico atual e sua vinculação imediata à mídia de todos os tipos, dá a entender que essa modernização tecnológica possibilitaria um acesso cada vez maior a esses produtos, o que num primeiro momento aconteceu. Contudo, já se verificam fronteiras a essaexpansão do consumo, pelos motivos abordados anteriormente.

Isso se dá na prática, por uma falência cada vez mais clara do modelo neoliberal e dos resultados drásticos dessa política, principalmente no Terceiro Mundo e nos países considerados em "desenvolvimento". Sendo assim, chega-se também a uma segunda conclusão que remete a influência do sistema econômico sobre a força dos Estados e suasoberania como definidores do sistema-mundo e da Globalização. Dessa maneira, entende-se que a crise ou a dúvida sobre o modelo a seguir, no tocante a economia, cria barreiras à globalização, o que gera contradição e incertezas, principalmente em se tratando de uma economia-mundo transnacional e cada vez mais frágil - vide as últimas crises desse sistema e a influência de instituições financeiras...
tracking img