Pindoba

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 103 (25737 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PAULO FREIRE

EXTENSÃO OU COMUNICAÇÃO?
Tradução de Rosisca Darcy de Oliveira 8ª EDIÇÃO

Paz e Terra

Coleção O MUNDO, HOJE Vol. 24

Ficha catalográfica (Preparada pelo Centro de Catalogação-na-fonte do SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ) (LINHA)

F934e

Freire, Paulo. Extensão ou comunicação? tradução de Rosisca Darcy de Oliveira ¿ prefácio de Jacques Chonchol 7ª ed. Riode Janeiro, Paz e Terra, 1983 93 p. (O Mundo, Hoje, v. 24) l. Agricultura – Serviço de extensão 2. Educação rural I. Título II. Série

77-0264

CDD – 630.715 CDU – 63:37.035.3

EDITORA PAZ E TERRA Conselho Editorial Antonio Candido Celso Furtado Fernando Gasparian Fernando Henrique Cardoso

Copvright © Paulo Freire

Capa: Maria do Céu Diagramação: Orlando Fernandes Direitos adquiridospela EDITORA PAZ E TERRA S / A Rua São José, 90 – 18.º andar Centro – Rio de Janeiro, RJ Tel. : 221-3996 Rua Carijós, 128 Lapa – São Paulo, SP

1985

_________________________

Impresso no Brasil Printed in Brazil

Este livro foi publicado em 1969, sob o título de Extención o Comunicación?, pelo Instituto de Capacitación e Investigación en Reforma Agrária, em Santiago de Chile.

ÍNDICEPREFÁCIO A EDIÇAO CHILENA – Jacques Chonchol ......................................... 7 INTRODUÇÃO .......................................................................................... 9 CAPÍTULO I a) Aproximação semântica ao têrmo extensão ............................................... 11 b) O equívoco gnosiológico da extensão ....................................................... 14CAPÍTULO II a) Extensão e invasão cultural .................................................................... 25 b) Reforma agrária, transformação cultural e o papel do agrônomo educador ....... 37 CAPÍTULO III a) Extensão ou comunicação? ...................................................................... 44 b) A educação como uma situação gnosiológica.............................................. 51

PREFÁCIO
NESTE ENSAIO, Paulo Freire, educador brasileiro de renome universal que trabalhou no Chile durante os últimos anos, analisa o p roblema da comunicação entre o técnico e o camponês, no processo de desenvolvimento da nova sociedade agrária que se está criando. O conteúdo de suas linhas é profundo, por vêzes difícil de seguir, mas quando se consegue penetrar em sua essência,revela-nos um mundo nôvo de verdades, de relações entre elas, de ordenação lógica de conceitos. Ao lê-lo nos damos conta de que as palavras, seu sentido, seu contexto, as ações dos homens, sua luta por dominar o mundo, por impor sua marca na natureza, sua cultura e sua história, formam um todo em que cada aspecto tem sua significação não apenas em si mesma, mas em função do resto. Mais do que umaanálise do trabalho como educador, do agrônomo equìvocamente chamado “extensionista", o presente ensaio nos parece uma síntese muito profunda do papel que Paulo Freire assinala à educação compreendida em sua perspectiva verdadeira, que não é outra senão a de humanizar o homem na ação consciente que êste deve fazer para transformar o mundo. Paulo Freire começa seu trabalho com uma análise do têrmo“extensão”, partindo de pontos de vista diferentes: sentido lingüístico da palavra, crítica a partir da teoria filosófica do conhecimento e estudo de suas relações com o conceito de “invasão cultural”. Posteriormente discute a reforma agrária e a mudança, opondo os conceitos de “extensão” e de “comunicação” como idéias profundamente antagônicas. Mostra como a ação educadora do agrônomo, como a doprofessor em geral, deve ser a de comunicação, se quiser chegar ao homem, não ao ser abstrato, mas ao ser concreto inserido em uma realidade histórica. Ao folhear suas páginas nos damos conta da pobreza e das limitações do conceito de “extensão” agrícola, que tem perdurado tanto entre nós como em muitos outros países latino-americanos, apesar da generosidade e boa vontade daqueles que consagravam...
tracking img