Pesquisas de psicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1200 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Qual é o vírus da catapora?
Vamos falar da vida do vírus da catapora. Os vírus são organismos incrivelmente pequenos (na casa dos milionésimos de centímetro) que se prendem às células hospedeiras para viver e se reproduzir. Eles entram no corpo através do nariz, da boca ou de fissuras na pele. O vírus da varicela também gosta de entrar pelas membranas mucosas que revestem a pálpebra e o globoocular.
Uma vez dentro, agarra-se às células hospedeiras no nariz e nos linfonodos ao redor e se reproduz com grande velocidade. Os vírus da varicela replicados seguem até o fígado, baço e tecidos nervosos sensitivos. Após outro ciclo de reprodução viral, eles infectam as células da pele. Essa infecção cutânea causa o aparecimento de erupções da catapora.
Até o aparecimento das erupções, aspessoas geralmente não sabem que o vírus da varicela já está incubado no corpo há cerca de 10 a 21 dias. O período de incubação se refere ao tempo entre o momento em que a pessoa é infectada e o momento em que ela começa a apresentar os sinais da doença. As pessoas com catapora normalmente transmitem a doença nos dois últimos dias desse período, antes de aparecerem às erupções. Esse período deincubação torna a catapora altamente contagiosa, mas as pessoas normalmente só percebem que têm a doença depois que ela se espalha. Nove entre dez pessoas não imunes que vivem com alguém que tenha o vírus da varicela ficarão doentes.

O vírus da varicela pode passar de sua corrente sangüínea para a de outra pessoa de diversas maneiras. Uma simples tosse ou espirro de uma pessoa infectada pode expelirpartículas com o vírus, que, pelo ar, serão inaladas involuntariamente a partir do ar. O contato físico com as erupções antes de as bolhas terem secado também pode transmitir o vírus a outra pessoa.

Vírus do Câncer

O câncer não é considerado uma doença transmissível, como um resfriado ou uma infecção na pele; entretanto, novas pesquisas têm demonstrado cada vez mais que infecções comdeterminados tipos de vírus podem ter um papel importante no surgimento e desenvolvimento do câncer. Mais de uma dúzia de diferentes tipos de vírus já foram ligados às várias formas do câncer. Muitas vezes a presença de um vírus específico aumenta o risco do surgimento do câncer, ou acelera o seu desenvolvimento. Por exemplo, o vírus do HIV, causador da AIDS, afeta o sistema de defesa do organismo e torna ospacientes infectados mais propensos ao surgimento de uma variedade de cânceres

Sarampo

O sarampo é uma doença infecciosa imunoprevenível, altamente transmissível, causada pelo vírus do sarampo. A doença, que tem transmissão respiratória, geralmente ocorre na infância, mas pode também afetar adultos susceptíveis (não imunes), que nunca tiveram a doença ou não foram não adequadamentevacinados. O sarampo ainda é uma das causas mais freqüentes de óbito em crianças no mundo, particularmente em países onde a cobertura vacinal é insatisfatória.
Transmissão
O ser humano é o único hospedeiro natural do vírus do sarampo e a doença ocorre apenas uma vez na vida. O período de transmissão do sarampo começa quatro dias antes do aparecimento do exantema cutâneo (manchas avermelhadas na pele) ese estende até quatro dias depois. A transmissão para uma pessoa susceptível (não imune) ocorre através do contato com as secreções respiratórias (gotículas de saliva, espirro, tosse) de um indivíduo infectado. O risco de transmissão do sarampo é maior entre  início e o quarto dia do período de exantema cutâneo.

Rubéola
A rubéola é uma doença infecciosa imunoprevenível de transmissãorespiratória. A infecção é causada pelo vírus da rubéola que, freqüentemente, produz manifestações discretas ou ausentes (assintomática). A doença geralmente tem evolução benigna e é mais comum em crianças, mas pode ocorrer em adultos susceptíveis (não imunes). Durante a gravidez, a infecção pelo vírus da rubéola pode resultar em aborto, parto prematuro e mal-formações congênitas. Como regra geral, a...
tracking img