Perspectiva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7449 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
P E R S P E C T I V A

Perspectiva é um método de representação de objetos tridimensionais em um plano bidimensional de objetos num sistema parecido como se estes pudessem ser visualizados pelo ser humano a partir de um determinado ponto de vista, dando a ilusão de proximidade e distância desses objetos do observador. Segundo Ostrower (1987), a posição do espectador corresponde ao planofrontal de onde os objetos parecem se afastar alterando cores, tamanhos e nitidez. Uma diminuição constante e graduada de objetos e espaços intermitentes dá a idéia de afastamento progressivo para o fundo, resultando numa visão integrada da profundidade do espaço na forma de uma seqüência única, unificada e causal.
A representação perspectiva não serve para observar fielmente as característicasmétricas de um objeto ou espaço, mas para visualizá-los de uma forma semelhante à captada pela nossa visão.

• História

Se a perspectiva é "a ciência da representação dos objetos numa superfície, da forma como surgem ao olhar humano, vistos de uma certa distância", seria descabido não reconhecer que, neste contexto, a perspectiva já existia na antiguidade.
Na antiguidade egípcia, muito antes dosurgimento dos processos de perspectiva, as pinturas e desenhos normalmente utilizavam uma escala para objetos e personagens de acordo com seu valor espiritual ou temático, por exemplo, o faraó fatalmente era representado em tamanho várias vezes maior que o de seus súditos. Conograficamente a tradição impunha que os elementos retratados tomassem a forma mais fácil de reconhecimento, o que terminavapor fragmentar os "modelos" a partir de pontos de vista "frontais" (lei da frontalidade).
Os gregos, depois de terem seus desenhos fortemente influenciados pela lei da frontalidade, partiram para o naturalismo e quase descobriram as leis da perspectiva geométrica, mas uma experiência mal sucedida os afastou dessa ideia, pois os corpos mais distantes se projetaram maiores no plano de projeção,quando na realidade o que está mais distante deve parecer menor.


Iustração da tradução em Francês antigoda Histoire d'Outremer de Guillaume de Tyr, entre 1200 e1300. As arestas paralelas dos objetos, ao se distanciarem do observador, fixo, deveriam convergir para um ponto (ponto de fuga), porém, elas não o fazem.
Durante o período medieval alguns estilos abandonaram por completo qualquerintenção de se alcançar uma ilusão visual de profundidade. No entanto, a influência dos esforços gregos (e romanos, em evolução à arte grega) permaneceu viva e os artistas pré-perspectivistas usaram as linhas diagonais como formas de obtenção de espaço, embora não tenham se dado conta da existência do ponto de fuga.

Georgische Madonna de Meister der Schule von Nowgorod
A base óptica, daperspectiva pode ter sido definida no ano 1000, quando o matemático e filósofo árabe Alhazen, na sua obra Perspectiva, pela primeira vez demonstrou que a luz projeta-se em formato cônico no olho humano. Isto era, teoricamente, suficiente para traduzir objetos de modo convincente em uma pintura, mas Alhalzen estava preocupado apenas com a óptica, não com métodos de representação. Traduções cônicas sãomatematicamente difíceis, de forma que a construção de um desenho utilizando-se delas seria bastante demorado.
Giotto foi um dos primeiros artistas italianos, já em um contexto que se aproximava do Renascimento naquele país, a utilizar-se de métodos algébricos para determinar a distância entre linhas. No entanto, tal método possuía deficiências e não retratava fielmente uma sequência de linhas em umdeterminado campo visual. Uma das primeiras obras de Giotto, na qual ele se utiliza dessa técnica, foi Jesus ante Caifás (figura abaixo).

Embora esta obra não se encaixe na definição de perspectiva, ela fornece uma ilusão incrível de profundidade e pode ser considerada como um passo importante na arte ocidental.
Na era moderna adotou-se o conceito de perspectiva em sua acepção estrita,...
tracking img