Parasitologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3014 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Materiais aparentemente pouco atrativos - fezes humanas desidratadas e mineralizadas com milhares de anos presentes em resquícios arqueológicos, os chamados coprólitos - ajudam os cientistas a compreender a dispersão dos parasitos no ambiente e as migrações dos homens no passado. De acordo com os resultados de uma pesquisa da Fiocruz, certos vermes - como Ascaris lumbricoides, Trichuris trichiurae Enterobius vermicularis - eram encontrados nas Américas bem antes da época colonial. Os dados geológicos e arqueológicos analisados sugerem que parasitas cujo ciclo de vida tem etapas no solo se espalharam pelo mundo, chegando ao continente americano, em conseqüência de viagens marítimas feitas há milhares de anos.

É o que mostra artigo assinado pela equipe de Marcelo Luiz CarvalhoGonçalves, da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), publicado em suplemento especial sobre paleoparasitologia da revista Memórias do Instituto Oswaldo Cruz.
A paleoparasitologia é a ciência que estuda os parasitos em material arqueológico, mais precisamente em resíduos fecais, em geral, encontrados durante escavações ou coletados diretamente de múmias. Essas fezesfossilizadas, chamadas coprólitos, são hidratadas segundo técnicas especiais, o que permite aos cientistas estudar os parasitas, sobretudo larvas e ovos, presentes no material.
O artigo resume as descobertas sobre parasitas intestinais feitas até hoje a partir da investigação de fezes humanas fossilizadas. "Estudos na área de paleoparasitologia revelam como o parasitismo humano é diverso e antigo",escrevem Marcelo e equipe. Como novidade, os autores apresentam os resultados das análises de coprólitos pertencentes à coleção do Laboratório de Paleoparasitologia da Ensp. Eles estudaram quase 900 amostras de fezes humanas e de outros materiais orgânicos, a maioria delas coletada no Brasil.

Hábitos do homem primitivo
Os achados em paleoparasitologia podem ainda oferecer informaçõesimportantes sobre hábitos alimentares de povos antigos. Certos parasitos, por exemplo, infectam insetos antes de parasitar o homem. Portanto, caso esses parasitas sejam identificados em fezes humanas fossilizadas, pode-se especular que na região das escavações arqueológicas viveram povos que tinham por hábito comer insetos.
"Novos achados em paleoparasitologia estão sendo divulgados em todo mundo,atualizando continuamente o conhecimento sobre a distribuição dos parasitas no passado", afirmam os autores. "Uma compreensão mais completa e acurada sobre infecção parasitária na Antigüidade vai ampliar nosso conhecimento sobre aspectos biológicos e sociais dos processos de saúde e doença durante a evolução da espécie humana".
Postado por Parasitologia Biomedicina-UFF às 04:01 Nenhum comentário:DOMINGO, 25 DE NOVEMBRO DE 2007
Hidatidose


A hidatidose está presente no mundo inteiro,principalmente em locais de criação de ovinos. É causada pela forma larval do cestóideo Echinococcus granulosus nos hospedeiros se apresenta em forma de cistos.
O cão é o hospedeiro definitivo, albergando o verme adulto que libera as proglotes grávidas contendo os ovos que chegam ao ambiente junto com suasfezes. Esses ovos contaminam a água, o solo, e chegam às pastagens, onde são ingeridos pelos hospedeiros intermediários (ovinos, bovinos e suínos), nos quais se formam os cistos. Os ovinos desenvolvem a maior porcentagem de cistos viáveis. O homem é um hospedeiro acidental, e se infecta ao ingerir os ovos em vegetais ou na água contaminada com os ovos liberados das proglotes oriundos das fezes dohospedeiro definitivo. Ele pode se infectar também pelo contato estreito com o cão portador.
A sintomatologia da Hidatidose depende do tamanho e da localização do cisto hidático, é dependente de efeito mecânico. Os órgãos mais atingidos são o fígado, os pulmões e o cérebro ocasionando quadro correspondente ao volume do cisto e à área do órgão atingido. Manifestações alérgicas podem ocorrer....
tracking img