Pagamento online

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3713 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
-------------------------------------------------
PAGAMENTO PELA INTERNET

Apenas 12% dos web sites brasileiros permitem a realização de pagamento
(Fonte: http://www.ecommercebrasil.com.br/noticias/apenas-12-dos-web-sites-brasileiros-permitem-a-realizacao-de-pagamento/)

Dentre todos os web sites existentes no Brasil, apenas 12% permitem a realização de pagamento /conclusão de transações decompra, sendo este o recurso menos visado por empresas ao construírem sua plataforma on-line, segundo um estudo realizado pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). O percentual se manteve inalterado, quando se leva em conta a edição anterior da pesquisa.

Proporcionalmente, as empresas da região Centro-Oeste são as que mais disponibilizam este recurso, com 16%, seguido pelas companhiasdas regiões Norte + Nordeste e Sudeste (ambas com 12%) e região Sul (10%). Ainda assim, a região Sul (e a região Centro-Oeste ) possui a maior proporção de empreendimentos com operação de comércio eletrônico, com 13%, à frente da média do país que é de 12 pontos percentuais.

Os maiores objetivos das empresas ao projetarem seus web sites são incluir informações sobre a empresa – institucional,contato, endereço, mapas (93%), catálogos de produtos e listas de preços (49%), fornecer suporte pós-venda (33%), personalização ou customização de produtos para clientes (29%) e sistema de pedidos ou reserva / carrinho de compras. No caso deste último, embora seja considerado um recurso de comércio eletrônico, parte do volume de transação / pagamento é realizado em plataformas externas ou atravésde métodos off-line, como o pagamento na entrega, por exemplo.

O estudo também mostra que as empresas brasileiras estão se conscientizando sobre o potencial de manter um canal on-line, com 6 em cada 10 companhias revelando possuir um web site. Entre as regiões com maior proporção de empreendimentos dispondo de uma plataforma, a região Sul lidera com 65%, seguido pela região Sudeste ( 63%) eCentro-Oeste (56%). A região Norte aparece em último lugar neste quesito, com apenas 42%.

No entanto, a probabilidade de que uma empresa possua um web site está mais relacionada ao seu porte do que sua localização: 91% das empresas com mais de 250 colaboradores afirmam ter construído uma plataforma digital, enquanto apenas 50% das companhias com 10 a 49 funcionários dizem o mesmo. Dentre asempresas que possuem este canal on-line, a maioria (87%) afirma alojá-los em domínios com extensão .com.br, seguido por .com (6%) e outras extensões .br (5%).
-------------------------------------------------

Acesso a banco por telefone deve alcançar a internet em sete anos (Zero Hora - 26/04/2012)

Serviços de mobile banking cresceram 49% em 2011, quando chegaram a 3,3 milhões de pessoas

Apopularização dos smartphones e a descoberta dos tablets pelo consumidor brasileiro têm elevado o acesso a serviços bancários por meio de dispositivos móveis. O uso do mobile banking cresceu 49% no país no ano passado, conforme pesquisa da Federação Brasileira dos Bncos (Febraban) divulgada ontem.

Conforme o estudo, havia 3,3 milhões de correntistas com acesso a contas bancárias em plataformasmóveis no final de 2011. No ano anterior, eram pouco mais de 2 milhões de usuários. Se persistir tal ritmo de crescimento, em até sete anos o mobile banking terá a mesma relevância do acesso aos serviços pela internet, que já tem 42 milhões de usuários mas cresce em ritmo mais lento. Além da expansão do número de smartphones no país – hoje há 15 milhões de aparelhos no país –, o lançamento deaplicativos por parte dos bancos estimula a utilização das plataformas móveis. No ano passado, 30% dos investimentos bancários em tecnologia da informação foram direcionados a softwares. Até 2015, os aportes crescerão 42%.

– Os bancos estão preocupados em desenvolver aplicativos para tornar os clientes fiéis e reduzir o fluxo nas agências. Com mais smartphones, o movimento vai se acelerar – afirma...
tracking img