Niklas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7555 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BECHMANN, Gotthard & Sociol. USP, S. Luhmann. Tempo Social; Rev. Sociol. USP, S. Paulo, A R T I G Tempo Social; Rev.STEHR, Nico. NiklasPaulo, 13(2): 185-200, novembro de 2001. 13(2): 185-200, novembro O de 2001.

Niklas Luhmann
GOTTHARD BECHMANN NICO STEHR

RESUMO: O artigo traça um sintético retrato intelectual de Niklas Luhmann, focalizando essencialmente sua teoria social; em especial, asidéias expostas em A sociedade da sociedade, que revelam o núcleo construtivista da moderna teoria dos sistemas societais. Por meio da discussão da distinção central dessa obra, entre sistema e ambiente, os autores identificam os pontos básicos de ruptura da teoria de Luhmann em relação ao modelo cognitivo clássico da tradição européia e sua cosmologia humanista. Em seguida, expõem trêsconcepções básicas de sua análise sociológica: sociedades sem pessoas; a sociedade como comunicação; e sociedade como sociedade mundial. Finalmente, apresentam algumas reflexões críticas acerca das possibilidades e dos limites da teoria pós-ontológica da sociedade como sistema auto-referencial.

PALAVRAS-CHAVE: Niklas Luhmann, sociologia, sociedade, teoria dos sistemas.

Introdução

m alguns dos muitose extensos obituários publicados nos jornais e revistas europeus em 1999, Niklas Luhmann é lembrado como o mais importante teórico social do século XX. No entanto, na maior parte do mundo anglo-saxão, ele é virtualmente desconhecido entre os cientistas sociais profissionais. Luhmann nasceu numa família de classe média em Lünemburgo, Alemanha, no dia 8 de dezembro de 1927. Depois de se formarmuito cedo no 1o ciclo (Notabitur), ele foi recrutado em 1944 e feito prisioneiro de guerra das Forças Americanas. De 1946 a 1949, ele estudou direito em Friburgo, entrou para o serviço público e trabalhou por 10 anos como advogado administrativo em Hanover. Em 1962, ele recebeu uma bolsa de estu-

E

Pesquisador associado do Institute for Technology Assessment and Systemsanalysis, KarlsruheResearch Center, Kar lsr uhe, Alemanha. Professor emérito de Sociologia da University of Alber ta, Edmonton, Alberta, Canadá e Professor visitante do Center for Advanced Cultural Studies, Essen, Alemanha. 185

BECHMANN, Gotthard & STEHR, Nico. Niklas Luhmann. Tempo Social; Rev. Sociol. USP, S. Paulo, 13(2): 185-200, novembro de 2001.

dos para ir a Harvard onde passou um ano com Talcott Parsons.Em 1968, ele foi nomeado professor de sociologia na recém-criada Universidade de Bielefeld, onde trabalhou até se aposentar. Pouco antes de sua nomeação, perguntaram-lhe com que objeto desejaria trabalhar na universidade. Sua resposta foi: “A teoria da sociedade moderna. Duração: 30 anos; sem custos”. Conseqüentemente, ele cumpriu à risca esse programa teórico. No momento de sua morte em dezembrode 1998, aos 70 anos de idade, sua obra consistia de mais de 14.000 páginas publicadas. A viagem de Luhmann em direção à teoria da sociedade moderna deu-se por meio de dois enfoques; primeiro, na forma de ensaios, desde o fim dos anos 60; e, segundo, a partir dos anos 80 na forma de monografias sobre sistemas individuais de funcionamento da sociedade tais como direito, ciência e arte. Sua evoluçãointelectual culmina em 1997 com a publicação de seu magnum opus A sociedade da sociedade. Qualquer pessoa que suspeite de redundância ou repetição aqui pode achar, à primeira vista, que seu ceticismo está confirmado. Esse trabalho em dois volumes não contém nenhum assunto novo, muito menos qualquer enfoque até então inédito. Na verdade, está mais para uma conclusão, uma recapitulação, do que aexploração de um novo território. No entanto, uma segunda olhada cuidadosa revela muito que não havia sido dito antes – ou, pelo menos, não dessa forma. Contrastando com os ensaios, que são às vezes experimentais e em um tom jocoso, e que ocasionalmente terminam num ponto de interrogação, o formato do livro requer uma apresentação mais sistemática. A sociedade da sociedade é a pedra final de sua...
tracking img