Marketing frize

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2287 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice

Conteúdo
Índice 2
1. Introdução 3
2. FRIZE 4
2.1 Cronologia 4
3. Evolução de vendas Frize 6
4. Quotas de mercada Frize 7
5. A Compal 8
5.1 Modelo Pluralista 9
5.2 Volume de vendas da Compal 10
6. O Sector – Bebidas não alcoólicas – Águas minerais naturais e de nascente - Águas com gás 11
7. Análise de Mercado 12
8. Concorrentes 12
8.1 Concorrentesdiretos 12
8.2 Concorrentes indiretos 13
9. Circuito de distribuição 14
10. Analise SWOT 14
11. Posicionamento 15
12. Marketing Mix 16



1. Introdução

A nossa escolha para a realização da análise SWOT é a marca Frize. A frize existe no mercado português desde 1994, foi adquirida pela Compal em 1999. Desde então a Frize tem vido a crescer de ano para ano. Posicionando-secomo uma marca irreverente, inovadora, a Frize, e em parte graças à sua grande aposta na comunicação, é actualmente uma referência no sector de mercado onde actua.

2. FRIZE

2.1 Cronologia

1994
* Lançamento da empresa Águas de bem Saúde e início de comercialização
1995
* Vendas 933 MLT
* Distribuição pelo grupo Empresa Águas do Areeiro
* Assinatura: “17 cmde puro prazer”
1999
* Crescimento a 40% ao ano
* Vendas de 3,4 MLT 91%
* Assinatura: “Frize, simples ou com limão”
* Aquisição da empresa pela COMPAL
2000
* fusão efectiva entre as empresas em Janeiro
2001
* Vendas de 4,5MTL
* Frize cresceu 32%, não se tendo registado crescimento de mercado.
* Assinatura: “Até para quem não gostavade água com gás!”
2002
* Lançamento de frize Limão em Agosto
* Vendas de 1 milhão de litros Frize Limão, quando o mercado no ano anterior valia 200.000 Litros.

2003
* Lançamento da Frize Tangerina em Março
* Vendas de Frize sabores ultrapassam os 7 milhões de litros
2004
* Aumento da capacidade de produção
* Lançamento da Frize Figo em Funho(edição limitada) e da frize Ananás em Outubro
* 2005
* Novas campanha de comunicação “Marca a sério”
* Lançamento de dois novos sabores: Frize Maracujá em Abril e Frize Morango em Junho
2006
* Alargamento das ocasiões de consumo com o lançamento em Abril da FRize Limão Cola e reforço da comunicação
* Desenvolvimento de uma acção global “Prova que Metes Água”

3. Evolução devendas Frize

4. Quotas de mercada Frize

5. A Compal

5.1 Modelo Pluralista



A COMPAL elege como nuclear o negócio das Bebidas Não - Alcoólicas e define como sua missão:
* Ser uma empresa de referência no mercado Ibérico, liderando-o em imagem e valor;
* Atingir posições de influência noutros mercados geográficos em que, por afinidade geográfica ou cultural, esteja ou venhaa decidir estar.
Nos negócios não - nucleares, a COMPAL pretende assegurar a sua rentabilidade:
* Manter a liderança do mercado português de vegetais em conserva
* Reforçar a sub - liderança no mercado português de derivados de tomate.




5.2 Volume de vendas da Compal



6. O Sector – Bebidas não alcoólicas – Águas minerais naturais e de nascente - Águascom gás

Segundo dados oficiais do INE (Instituto Nacional de Estatística) e da DGGE (Direcção Geral da Geologia e Energia) em 2008 o volume de negócios do sector das águas minerais naturais e das águas de nascente foi de, aproximadamente, 286 milhões de euros, a que correspondeu à transacção de mais de 1000 milhões de litros de água engarrafada.
O sector representa cerca de 3 por centodo conjunto da indústria portuguesa alimentar, assegurando mais de 10 000 postos de trabalho, entre os gerados directa (entre 1400 e 1600 trabalhadores considerando as variações sazonais) e indirectamente, a jusante e a montante da actividade (fornecedores, serviços, distribuidores).
CATEGORIA | MILHÕES DE EUROS |
| VOLUME DE NEGÓCIOS | NACIONAL | IMPORTAÇÃO |
ÁGUAS MINERAIS NATURAIS E...
tracking img