Marketing de causa e social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3745 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
* Sumário
1. Introdução 2
2. Marketing de Causa e Marketing Social 2
3. Processo de Planejamento do Marketing Social 4
4. Casos práticos de Marketing de Causa. 5
5. Outras fontes de recursos 5
5.1. Cofrinhos 6
5.2. McLanche Feliz 6
5.3. Troco Premiado 6
5.4. Programa Coleta de Óleo 6
5.5. Membros contribuintes 7
5.6. Licenciamento de marcas 7
5.7. VIIInvitational Golf Cup 7
5.8. II Jantar de Gala do Instituto Ronald McDonald 7
5.9. 1ª Etapa do Circuito Infantil de Corridas Contra o Câncer 7
6. Demonstrações de resultados 8
7. Histórico de ações realizadas pelo McDonald’s no Brasil. 10
8. Motivos pela prática de Marketing de Causa. 11
9. Estratégia de Marketing 12
10. Caso prático de marketing Social 13
11. Conclusão 15
12.REFERÊNCIAS 16

*
Introdução
A sociedade espera resultados concretos, que transformem em atendimento a ausência de participação interrompendo o ciclo vicioso da exclusão.
Neste contexto segundo Kotler como a criação, implementação e controle de programas de empresas voltadas para influenciar a aceitabilidade das idéias sociais e envolvendo considerações de planejamento de produtos, preço,comunicação, distribuição e pesquisa de marketing.

Marketing de Causa e Marketing Social
Marketing de Causa – de acordo com Kotler, o marketing de causa está relacionado às contribuições da empresa em prol de determinada causa com a disposição dos clientes para manter transações com essa empresa e, assim, gerar receita para ela, e tem como objetivo não econômico relacionado ao bem estar social,e para alcançá-lo usa os recursos da empresa e/ou dos seus sócios.
Temos dois tipos de Marketing de causa: positivo e negativo.
Marketing de causa positivo – um programa bem sucedido pode produzir vários benefícios, como melhorar o bem estar social, criar posicionamento de marca diferenciada, criar fortes laços com o consumidor, aprimorar imagem pública da empresa, melhorar o clima interno dosfuncionários, impulsionarem as vendas, e assim à empresa ficará cada vez mais com vínculo forte ao consumidor.
Marketing de causa negativo – são esforços promocionais por trás de um programa de marketing de causa, podem sair pela culatra, caso consumidores desconfiados questionem a ligação entre o produto e a causa ou encarem a empresa como uma escaladora, interesse apenas no próprio interesse.Porém a maioria das empresas tende á escolher causas que se adotam a sua imagem corporativa ou de marca dizem respeito a seus funcionários e acionistas.
A ligação implícita com uma causa já existente ajuda as empresas a completar sua imagem de marca com associações específicas, emprestadas ou transferidas de uma causa, a criação do próprio programa pode ser útil quando a empresa está tentando,por meio de apelos emocionais e de imagens, aumentar as associações que os consumidores já fazem com ela, porém essa ligação une vantagens, pois permite estabelecer uma forte conexão com uma causa já existente, mas ao mesmo tempo manter uma identidade distinta.

Marketing Social – é feito por uma organização não lucrativa ou governamental para prover uma causa. Exemplo: Diga não as drogas.
OMarketing Social é um fenômeno global que se originou há anos, na década de 1950.
Foram vários países que iniciaram o marketing social:
* Índios iniciaram campanhas de planejamento familiar;
* Suécia criou campanha, país não fumante;
* Austrália, campanha use cinto de segurança;
* Canadá, campanha não use drogas, pare de fumar, faça exercícios;

Escolher objetivo ou metacerta, para um programa de marketing social é fundamental. Uma campanha de marketing social pode ter como objetivo mudar cognições, os valores, o comportamento das pessoas.

Exemplo de campanhas:
* Cognitivas – explicar o valor nutritivo dos diferentes alimentos, explicar a importância da preservação ambiental, etc.
* Ação – atrair público vacinação em massa, motivar público doar sangue,...
tracking img