Marketing das cidades

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3356 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADES INTEGRADAS CAMÕES
4ª PERIODO DE CIENCIAS CONTABEIS











MARKETING DAS CIDADES
















CURITIBA 2010
FACULDADES INTEGRADAS CAMÕES
4ª PERIODO DE CIENCIAS CONTABEIS












MARKETING DAS CIDADES




ALUNOS:JULIANA CZAIA ; MARCOS ANTONIO; NIWESLEI GONÇALVES; SOLANGE FERREIRATrabalho apresentado para avaliação na disciplina de Marketing, do curso de Ciências Contábeis, turno noite, da Faculdades Integradas Camões ministrado pelo professor (a) Valéria












CURITIBA 2010







Conteúdo
1. INTRODUÇÃO 4
2 MARKETING E TURISMO 5
2.1 Turismo 5
2.2 Marketing 5
2.3 Marketing turístico: 6
3. CURITIBA, UM CONCEITO EM SOLUÇÕES DEURBANISMO, EDUCAÇÃO E ECOLOGIA 6
3.1 Desenvolvimentos urbano de Curitiba 7
3.2 ATRATIVOS TURÍSTICOS DE CURITIBA 7
3.2.1 PARQUES: 7
3.1.2 Parque Tingüi 8
3.1.3 Parque Barigüi 9
3.1.4 Jardim Botânico 10
3.1.5 Parque Tanguá 11
3.1.6 Parque do Passaúna 12
3.1.7 Parque das Pedreiras 13
3.1.7.1 - Ópera de Arame 13
3.2.2 - Centro Histórico 14
3.2.2.1- O Largo da Ordem 14
3.2.2.2- O Bebedourodo Largo da Ordem 14
4. Curitiba: cidade modelo? 15
5. CONCLUSÃO. 16
6. Bibliografia : 17















1. INTRODUÇÃO

O setor do turismo tem sido alvo, nos últimos tempos, de uma forte explosão do desenvolvimento de idéias e ações. A demanda é crescente por causa do aumento da população e da complexidade urbana, provocada pelo capitalismo e seus modos de produção, e dabusca por opções diferenciadas para a satisfação pessoal. O turismo é evasão, sonho, saída do cotidiano e da mesmice. E o Marketing Turístico vem impulsionar o consumo desta necessidade pós-moderna: o “sair da rotina”.

O Turismo não se encaixa no quesito das necessidades básicas, como alimentação, moradia, saúde e educação, por ser considerado secundário na escala de prioridades dos consumidores.Mas a atividade turística deixou de ser vista como um capricho. Uma vez atendidas as suas necessidades primárias, o ser humano passa a relacionar suas necessidades principalmente com status, cultura e lazer – e é aqui que o turismo encontra sua atuação. 

E o turista procura aonde ir. Para se aproveitar possíveis potenciais turísticos de uma localidade, um município, um país, é preciso muitoplanejamento. Cabe às Administrações Públicas definirem seus objetivos - que serão descobertos através de um diagnóstico quase clínico da vocação turística a ser praticada e que poderá trazer os resultados esperados - e investir nisso, além do envolvimento da comunidade (da qual é necessário extrair quais os rumos seguir em relação à atividade).

De nada servirá uma cidade oferecer várias opçõesturísticas como, por exemplo, grande riqueza natural e cultural, se a Administração não desenvolver as medidas indicadas para impulsionar o desenvolvimento turístico. 

Concluindo-se que é função das Administrações Públicas desenvolver um conjunto de atuações fundamentais que caracterizam o mercado turístico em seu torno, este trabalho apresenta algumas reflexões a propósito da aplicaçãoespecífica do marketing à atividade turística, e traz o estudo da cidade.

Para isso, este artigo apresenta uma discussão sobre a aplicação do marketing ao turismo, que pode ser essencial para o desenvolvimento de um município, para propiciar a compreensão dos temas básicos do marketing e aplicá-los diretamente ao setor turístico e identifica as ações de marketing que auxiliam uma Administração Públicaa investir no potencial turístico da cidade. Unindo a teoria à prática, traz no estudo de caso um exemplo real e atual para mostrar que é possível se investir no marketing turístico e atingir bons resultados no desenvolvimento de um município, além de apresentar uma análise dos feitos da Administração da cidade 

A execução se deu por meio de uma pesquisa bibliográfica em registros escritos e...
tracking img