John dewey

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1058 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Referenciação e Progressão Referencial
Denomina-se referenciação as diversas formas de introdução, no texto, de novas entidades ou referentes. Quando tais referentes são retomados mais adiante ou servem de base para a introdução de novos referentes, tem-se o que se denomina progressão referencial

Estratégias de Referenciação

Introdução (construção): quando algo é introduzido no texto,sem ter sido especificado anteriormente, ficando saliente no modelo textual.
(1)Pedro Malasartes andava pelo mundo, sempre criando novas artimanhas para sair de suas dificuldades. Um dia, em companhia de dois amigos andarilhos, chegou a uma estalagem cujo dono era bem conhecido por sua avareza.
-Retomada (manutenção): trata-se da reativação de um referente já previamente introduzido no texto. Em(1), o pronome nulo em: ‘(ele) chegou a uma estalagem..’ representa um processo de retomada do referente Pedro Malasartes. Tal retomada é denominada anáfora(*) pronominal.
- Desfocalização: quando um novo objeto de discurso é introduzido passando a ocupar o foco. No entanto, o objeto retirado fica em ‘stand by’, ou seja, continua disponível para ser reutilizado. Abaixo, o elemento estalagemrepresenta uma nova posição focal no texto. Vejamos uma estratégia de desfocalização do ‘objeto’ Pedro Malasartes












Introdução e retomada de referentes

Existem duas maneiras de se introduzir referentes no discurso. Koch e Elias (2007) as nomeiam como introdução ancorada e introdução não ancorada. A não ancorada representa a entrada de um objeto-de-discurso totalmente novono texto, como em (1) Pedro Malasartes. Já na introdução ancorada é possível que se estabeleça uma relação associativa com o co-texto ou com o contexto sociocognitivo. Vejamos o exemplo:

No último quadrinho da tirinha, foi introduzido um novo referente – o vinho – que associamos aos elementos contextuais alcoólatra e vício no primeiro quadrinho e ao contexto sociocognitivo.
Estão entre essescasos as chamadas anáforas indiretas e anáforas associativas, de modo geral.

(*) “Anáfora é o mecanismo linguístico por meio do qual se aponta ou remete para elementos presentes no texto ou que são inferíveis a partir deste. Comumente, reserva-se a denominação de anáfora à remissão para trás (por ex. Paulo saiu, ele foi ao cinema) e de catáfora, à remissão para frente (por ex. Só quero isto: quevocês me entendam).









Principais estratégias de referenciação

Uso de pronomes ou formas que tenham valor pronominal: representa a pronominalização, endofórica ou catafórica, de elementos co-textuais. Em (2) temos exemplos do uso dessa estratégia como em “...(eles) sentiam-se famintos...” (pronome nulo); “...dinheiro deles junto...”. No texto falado, a pronominalização possuicaracterísticas peculiares:

(2) Pedro Malasartes andava pelo mundo, sempre criando novas artimanhas para sair de suas dificuldades. Um dia, em companhia de dois amigos andarilhos, chegou a uma estalagem cujo dono era bem conhecido por sua avareza. Já começava a escurecer, e os três, que estavam andando há horas, sentiam-se famintos. Da estalagem recendia um cheirinho apetitoso de carnes e pãesassados, hum!... um jantarzinho cairia bem! Mas como pagar por uma refeição?Tudo ali era caro e o dinheiro deles junto, não passava de alguns vinténs; além disso, os três sabiam da fama de sovina do estalajadeiro.

Uso de expressões nominais definidas: são formas linguísticas que se constituem de um determinante definido (artigo definido ou pronome demonstrativo) acompanhado de um nome. Operamuma seleção dentre as diversas possibilidades de caracterização de um referente (propriedades ou qualidades que o caracterizam). Tais escolhas são determinadas em consonância com a intenção discursiva do enunciador. Vejamos o exemplo abaixo :

Só Pedro Malasartes não se apertou. Pensou um pouquinho e disse aos companheiros: - Pois vocês querem apostar como sou bem recebido por aquele pão duro?...
tracking img