John dewey

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2726 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
IESA – INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DA AMAZÔNIA
FMF – FACULDADE MARTHA FALCÃO
COORDENAÇÃO DE PEDAGOGIA

SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO
JOHN DEWEY

ANA CLÁUDIA SOUZA DA SILVA

Manaus
2011

ANA CLÁUDIA SOUZA DA SILVA

SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO
JOHN DAWEY

Trabalho apresentado ao IESA – Instituto de Ensino Superior da Amazônia – FMF – Faculdade Martha Falcão, como requisito parcial para aobtenção de nota na Disciplina Sociologia da Educação, realizado sob a orientação do Prof.ª Maria do Carmo.

Manaus
2011

INTRODUÇÃO
.

Este trabalho tem como objetivo apresentar a Biografia e contribuições do filosofo psicólogo e pedagogo norte-americano John Dewey, para a educação, psicologia, filosofia, artes dentre outrascontribuições; seus conceitos, projetos, frases, criticas e etc. John Dewey revolucionou o país e o mundo com seus conceitos. O trabalho o apresenta de forma clara e objetiva mostrando algumas situações de sua vida, destacando apenas suas principais contribuições e algumas de suas obras publicadas.

Biografia

Dewey foi um filosofo psicólogo e pedagogo norte-americano nascido emBurlington-Vermont, no dia 20 de outubro de 1859 e morreu aos 93 anos no dia 1ª de junho de 1952 Graduou-se pela Universidade do Vermont em 1879 e exerceu as funções de professor do secundário durante dois anos, tempo em que desenvolveu um profundo interesse por Filosofia. Em Setembro de 1882 deixou o ensino e retornou à universidade para estudar Filosofia, na Universidade Johns Hopkins, onde obteve o doutoramento.Dewey exerceu a função de professor de Filosofia na Universidade de Michigan, onde ensinou a partir de Setembro de 1884. Três anos mais tarde (1887), publicava o seu primeiro livro, Psychology, onde propunha um sistema filosófico que conjugava a estudo científico da psicologia com a filosofia idealista alemã. Esse livro foi importante para o passo seguinte da carreira de Dewey: o cargo deprofessor de Filosofia Mental e Moral na Universidade de Minnesota, que assumiu em 1888. Porém, no ano seguinte, após a morte súbita do seu mentor, George Morris, regressou à Universidade de Michigan para se tornar chefe do Departamento de Filosofia. Em 1894, no entanto, saiu de Michigan para a recém-criada Universidade de Chicago onde em breve passava a liderar o departamento de Filosofia e odepartamento de Pedagogia, criado por sua Depois de problemas graves na política interna do Departamento de Educação da Universidade de Chicago, Dewey abandonou a instituição para se ligar à Universidade de Columbia, em Nova Iorque, onde permaneceu até ao fim da sua carreira no ensino, em 1930. Continuou, no entanto, a ensinar como Professor Emérito até 1939, e continuou a escrever e a intervir socialmenteaté às vésperas da morte.
Pedagogia e projetos
Seu interesse por pedagogia nasceu da observação de que a escola de seu tempo continuava, em grande parte, orientada por valores tradicionais, e não havia incorporadoras descobertas da psicologia, nem acompanhara os avanços políticos e sociais. Dewey criou uma escola-laboratório ligada à universidade onde lecionava para testar métodos pedagógicos.Foi também editor, contribuindo de na enciclopédia unificada de ciência dentre outros.

Educação

A experiência educativa é, para Dewey, reflexiva, resultando em novos conhecimentos. Deve seguir alguns pontos essenciais: que o aluno esteja numa verdadeira situação de experimentação, que a atividade o interesse, que haja um problema a resolver, que ele possua os conhecimentos para agir dianteda situação e que tenha a chance de testar suas idéias. Reflexão e ação devem estar ligadas, são parte de um todo indivisível. Dewey acreditava que só a inteligência dá ao homem a capacidade de modificar o ambiente a seu redor.

Liberdade intelectual para os alunos
A filosofia deweyana remete a uma prática docente baseada na liberdade do aluno para elaborar as próprias certezas, os próprios...
tracking img