Ilha de itamaraca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5363 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Turismo em Análise, v. 14, n. 1, p. 117-130, maio 2003. ISSN 0103-5541

TURISMO E REPRESENTAÇÕES NA ILHA DE ITAMARACÁ (PE): O ESPAÇO
VIVIDO EM FOCO1
TOURISM AND REPRESENTATIONS IN ITAMARACÁ ISLAND: THE LIVED
SPACE IN FOCUS
Lenilton Francisco de Assis2
RESUMO: Este artigo analisa as mudanças engendradas pelo turismo na Ilha de Itamaracá-PE, onde o crescimento
das segundas residências temmodificado o meio ambiente e incidido nas representações do espaço vivido dos
“nativos”.
PALAVRAS-CHAVE: turismo e espaço; crescimento de segundas residências; impactos; representações; Ilha de
Itamaracá; Pernambuco; Brasil.
ABSTRACT: This article analyzes the changes engendered by the tourism in Itamaracá Island (PE), where the
increase of second homes has been modifying the environment andinfluenced the representations of the lived space
of the "native ones".
KEYWORDS: tourism and space; increase of second homes; impacts; representations; Itamaracá Island;
Pernambuco; Brazil.

1

Texto adaptado da dissertação defendida pelo autor (Assis, 2001) no Mestrado em Geografia da UFPE, sob a orientação da
Profa. Dra. Edvânia Torres Aguiar Gomes.
2
Professor Assistente do Curso deGeografia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA / Sobral/CE). E-mail:
lenilton@yahoo.com

Lenilton Francisco de Assis 118

Introdução
As ilhas são arquétipos do imaginário coletivo humano que evocam diversas representações e remetem a idéias
de aventuras, paraísos, prisões e até riscos. A peculiaridade geográfica de serem porções de terra menores que os
continentes e cercadas deágua por todos os lados, confere às ilhas status de um mundo exótico, diferente de
qualquer lugar.
As ilhas tropicais e sub-tropicais exercem um peculiar fascínio às representações dos continentais, integrando as
principais rotas do turismo internacional, modelo SSSS: sea, sand, sun and sex – mar, areia, sol e sexo.
Em muitos casos, o turismo intensifica a urbanização das ilhas tropicais,transformando-as, principalmente, em
balneários de veraneio. Por outro lado, esse processo também resulta em modificações na paisagem natural, assim
como nos gêneros de vida e no espaço vivido da população “nativa3” que cada vez mais expropriada do espaço,
confere às representações o sentido de uma dimensão e de uma relação perdidas. Vale ressaltar que consideramos
representações na perspectiva deMoscovici (1978), ou seja, representação social como “um corpus organizado de
conhecimentos e uma das atividades psíquicas graças às quais os homens tornam inteligível a realidade física e
social, inserem-se num grupo ou numa ligação cotidiana de trocas, e liberam os poderes de sua imaginação”. Assim,
a representação social corresponde ao conhecimento particular, às imagens, idéias e valoresconstruídos pelos
indivíduos na vida coletiva que lhes permitem se comunicar, “interpretar e reinterpretar” o espaço em que vivem.
Sendo assim, este artigo objetiva analisar, através das representações do espaço vivido, as mudanças acarretadas
pelo turismo na Ilha de Itamaracá-PE. Para tanto, o dividimos em duas partes: na primeira, faremos uma breve
apresentação dos principais elementosrecorrentes nas representações do nosso objeto de estudo; e, na segunda,
analisaremos, com o aporte da História Oral, as representações do espaço vivido de cinco moradores “nativos”.

3
Ao utilizarmos neste trabalho os termos “nativo”, “ilhéu”, faz-se necessário esclarecer que não os consideramos apenas
referentes às pessoas que nasceram na Ilha, mas também aos imigrantes que nasceram em outras cidadese Estados e que fixaram
uma moradia permanente em Itamaracá. Este enquadramento é justificado pelo fato de muitos imigrantes já terem filhos que
nasceram no território insular, demonstrando o “amplo espectro do termo nativo” (Fantin, 2000).

Turismo em Análise, v. 14, n. 1, p. 117-130, maio 2003. ISSN 0103-5541

Representando o objeto de estudo
Localizada ao norte, cerca de 50 km da...
tracking img