Fungos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1461 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
OBSERVAÇÃO MICROSCÓPICA DE LEVEDURAS E BACTÉRIAS

INTRODUÇÃO
Os fungos são organismos heterotróficos que eram considerados plantas primitivas ou degenerativas sem clorofila. No entanto está claro que as únicas características dos fungos em comum com as plantas são: a natureza séssil e a forma de crescimento multicelular. As diferenças entre os fungos e as plantas são: na parede celular daplanta é celulose e do fungo é quitina, seus tipos de armazenamento são amido na planta e glicogênio nos fungos. Importante ressaltar que os fungos são mais próximos dos animais devido seu armazenamento de glicogênio e assim como a quitina nos artrópodes. Os fungos verdadeiros são um grupo monofilético, um ancestral comum, podendo ser unicelular como as leveduras, pluricelular como os cogumelos,todos os fungos possuem fase sexuada e assexuada. Como pode ser analisado os fungos tem forma de vida bem distinta dos outros seres vivos, o que faz pertencer a um reino próprio – o reino Fungi. A identificação dos fungos é baseada quase que exclusivamente em sua morfologia tanto macro como microscopicamente. Macroscopicamente os fungos podem apresentar vários tipos morfológicos com colôniasfilamentosas, cotonosas, pulverulentas e outras (bolores) e cremosas (leveduras) e com os mais diversos tipos de pigmentos.














OBJETIVOS
A aula pratica de Observação Microscópica de Leveduras e Bactérias realizada no dia 22 de fevereiro de 2013 no laboratório teve como principais objetivos analisar e verificar as principais diferenças entre Candida albicans e E. coli através dacoloração diferencial de Gram e entre os próprios fungos. Nesta ultima parte pode observar-se através do verso se o fungo tinha micélio reprodutivo, se o micélio era aéreo, quais eram as cores do esporos e dos micélios e se o fungo era filamentoso ou leveduriforme. No reverso observou se o fungo produz pigmento e qual o pigmento.






















MATERIAL E MÉTODOSMaterial Utilizado
Água
Tubo de ensaio com fungos
Placas de Petri com meio de cultura
Cultura de Aspergillus, Bacillus subtilis, E. coli, C. albicans
Lâminas e lamínulas de microscopia.
Alças de platina
Bico de Bunsen
Frascos com lactofenol
Lugol
Violeta
Óleo de imersão
Lâminas preparadas.
Microscópio













Procedimento Utilizado
PARTE 1
Como é difícilobservar as bactérias e fungos ao microscópio, pela sua transparência, a utilização de corantes é extensamente empregada em Microbiologia. Os processos de coloração são utilizados para evidenciar a estrutura geral, ou alguma particularidade da estrutura dos microrganismos, auxiliando sua identificação. A coloração mais importante e mais amplamente utilizada é o métodRepique de microorganismos paralâminas de cultura 
Flambagem, esfriamento do metal, repique. 
Rizhopus o diferencial de Gram. Esta técnica foi descrita por Cristian Gram em 1884, na Dinamarca, quando o autos procurava uma forma de caracterizar pneumococos do tecido pulmonar de pacientes mortos de pneumonia.
Primeiramente o material foi coletado dos meios de cultura com uma haste estéril de raspagem. Esfregar o material coletadona lâmina e em seguida fazer a fixação no microrganismo através do Bico de Bussen(fogo). No processo, um esfregaço fixado e conforme utilizado em aula prática, realizamos o seguinte tratamento:
- solução de cristal violeta durante 1 minuto
- retirada do material com água
- visualização das lâminas

PARTE 2
A morfologia Macroscópicados fungos permite dividi-los em grupos, os bolores que apresentam uma colônia filamentosa, e as leveduras que apresentam geralmente uma colônia cremosa. São importantes no estudo saber o tipo de colônia, verso e reverso, velocidade de crescimento e formação de pigmentos. Na morfologia microscópica a unidade estrutural dos fungos é representada pela hifa que forma um conjunto denominado...
tracking img