Filosofia diversos rostos da infancia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1837 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Filosofia

A construção histórico-filosófica do conceito de infância

Desafio de aprendizagem da Disciplina de Fundamentos Filosóficos da Educação do Curso de (nome do curso a que os acadêmicos do grupo pertencem: Pedagogia ou Letras) da Universidade Anhaguera-Uniderp.

Valparaíso/GO011
Introdução

A educação é transmitida de geração parageração e o conteúdo dado pode ser passado de formas diferentes, respeitando os costumes da região onde esta sendo passado o assunto. Conforme o tempo vai passando o ser humano vai se evoluindo e os conteúdos se modificando, havendo assim, a necessidade do professor estar sempre se atualizando para acompanhar as transformações mundial, buscando meios criativos para ter uma aula produtiva e que prendaa atenção da criança, ensinando-os de forma coerente e precisa.

A construção histórico-filosófica do conceito de infância

O ser humano é uma criança no início de seu desenvolvimento, seus aspectos psicológico da personalidade, desenvolve com a presença ou não de transtornos do comportamento, de transtornos emocionais, e/ou presença de neurose infantil. A pedagogia, especialmentefalando os professores são responsáveis por cuidar dos aspectos cognitivos (intelectual e social), nas formalidades da vida escolar.
A infância é o período que inicia no nascimento do individuo e vai até aproximadamente o décimo-segundo ano de vida de uma pessoa, sendo assim um período de intenso desenvolvimento físico, marcado pelo crescimento da altura e do peso da criança - especialmente nosprimeiros três anos de vida e durante a puberdade.

Os estágios da infância

[pic]

Uma garota deitada na areia.

Na infância há um grande desenvolvimento da criança. O pai e a mãe servem como modelo para a criança aprender ou imitar e isso ocorre do nascimento até o início da adolescência. Filhos que sofrem abusos ou são negligenciados pelos os pais tendem a sofrer de váriosproblemas psicológicos, inclusive, depressão.

As brincadeiras são de extrema necessidade para uma criança, pois ajudam a estimular o desenvolvimento do intelecto infantil, a coordenação motora e diversos outros aspectos importantes ao desenvolvimento pleno da criança.

0 A 18 MESES – CONFIANÇA VERSUS DESCONFIANÇA

[pic]http://brasil.babycenter.com/stages/2300/

A criança neste estagioaprende a confiar e deixa o desconfiar de lado. O bebê é dependente dos pais ou de terceiros para realizar todas as coisas, como locomover , alimentar ou higieniza-se. É neste período também, que o bebê aprende a locomoção, sentar, engatinhar e andar. Aconselha-se o aleitamento materno exclusivo até que o sexto mês de vida; pois o leite materno tem uma composição mais adequada e por possuianticorpos e outros fatores que protege o lactente de infecções, e ainda é útil para fortalece a relação entre a mãe e seu filho. Quando o aleitamento materno é contra-indicado, leites são usados para substituí-lo, como de vaca, cabra ou soja, além de leites de vaca modificados para ter composição mais semelhante ao humano. Estes leites, possui maior risco de induzir alergias na criança(especialmente os leites animais in natura) na maioria das vezes, e exigem suplementação de nutrientes como ferro ou ácido fólico, exceto aqueles que têm adição de vitaminas.

A introdução lenta e gradual de novos alimentos é feita após o sexto mês de vida e é
neste período da vida que a criança cresce rapidamente e os primeiros cabelos, bem como os primeiros dentes, começam a aparecem .

Nos 18meses de vida, a maioria dos bebês já falaram suas primeiras palavras, esse período é caracterizado pelo egocentrismo, porque o bebê não entende que faz parte de uma sociedade, e o mundo para ele gira em torno apenas de si mesmo.

18 A 03 ANOS – AUTONOMIA VERSUS DÚVIDA E VERGONHA

[pic]

Criança soprando um dente-de-leão.

A criança aprende a ser independente ao invés de sentir vergonha....
tracking img