Estudo dos gases

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1869 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SENAI – SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL

TEORIA CINÉTICA DOS GASES

NIQUELÂNDIA - GO
2012

BRUNA MUTHIELLY PEREIRA
NAIARA MEIRELLES FRANÇA
SAMUEL SUED SOARES
THIAGO DA SILVA PEREIRA

TEORIA CINÉTICA DOS GASES
Relatório apresentado à componente Físico Química I sob orientação da profª Fernanda Spadão. Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI.
Curso: Assistentede Laboratório Industrial

NIQUELÂNDIA- GO
2012
1. INTRODUÇÃO
Gases são fluidos no estado gasoso onde as moléculas tem maior liberdade de movimento e não tem força própria. O estado gasoso caracteriza-se pela grande compressibilidade e a capacidade de expansão de um gás. Outra coisa importante é que um gás não tem volume definido nem forma definida.
São substâncias cujas moléculas perdemtotalmente a atração entre si e se dispersam muito umas das outras, além disso, estas moléculas estão sempre em movimento desordenado. Este movimento faz com que algumas partículas se choquem quando estão confinadas em algum recipiente, e este choque gera o que chamamos de pressão que o gás exerce sobre determinadas superfícies. 
Um gás, seja ele qual for, pode sofrer três tipos de variação. Astrês variáveis de um gás são volume, temperatura e pressão. A pressão (P) de um gás pode ser definida como a força que o mesmo exerce na direção perpendicular sobre a área de uma dada superfície.  O volume (V) de um gás ocupa todo o recipiente que o contém, isso se explica pela grande capacidade de expansão dos gases. A
temperatura (T) é medida em Kelvin e se relaciona com o grau de agitação daspartículas, quanto maior a agitação maior será a temperatura do sistema. 
A teoria cinética dos gases se baseia em quatro postulados:
* O gás é formado por moléculas que se encontram em movimento desordenado e permanente. Cada molécula pode ter velocidade diferente das demais.
* Cada molécula do gás interage com as outras somente por meio de colisões (forças normais de contato). A únicaenergia das moléculas é a energia cinética.
* Todas as colisões entre as moléculas e as paredes do recipiente que contém o gás são perfeitamente elásticas. A energia cinética total se conserva, mas a velocidade de cada molécula pode mudar.
* As moléculas são infinitamente pequenas. A maior parte do volume ocupado por um gás é espaço vazio.

2. OBJETIVO
Compreender a teoria cinética dosgases através da relação pressão x volume x temperatura.
3. EXPERIMENTO 1 - FERVENDO ÁGUA NA SERINGA
4.1 MATERIAL
* Seringa descartável;
* Béquer;
* Chapa aquecedora;
* Água.
4.2 METODOLOGIA
1. Um pouco de água foi colocada em um béquer e aquecida na chapa aquecedora até ser observado o aparecimento das primeiras bolhas de ar.
2. 3 mL de água forampuxados para dentro da seringa, foi tomado o cuidado de não deixar entrar bolha de ar.
3. A ponta da seringa foi tampada com um dedo e o êmbolo foi puxado, mas sem ser retirado completamente da seringa.
4. Foi observado.
5. O êmbolo foi solto e observado novamente.
4.3 RESULTADOS E DISCUSSÕES
Ao puxar o êmbolo da seringa fechada, estamos diminuindo a pressão no interior da seringa,induzindo dessa forma uma pressão atmosférica menor que a real. Com a diminuição da pressão, a temperatura de ebulição da água fica menor do que a temperatura da água na seringa. Foi observado nessa experiência que a água contida na seringa começou a ferver dentro dela.
4. EXPERIMENTO 2 - AMASSANDO A LATA
4.1 MATERIAL
* Lata de alumínio;
* Água fria;
* Garra metálica;
*Recipiente (prato)
* Chama do fogão.

4.2 METODOLOGIA
1. O prato foi cheio com água fria.
2. Foi adicionado um pouco de água na lata de alumínio o suficiente para cobrir seu fundo.
3. A lata foi aquecida diretamente na chama do fogão, até a ebulição da água.
4. Quando se observou uma névoa saindo pela boca da lata, inverteu-se a lata no prato contendo água fria de forma que a sua...
tracking img