Estudo dos gases

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1535 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Estudo Dos Gases

Propriedade

Os gases podem sofrer compressão, isto é podem ser reduzidos a volumes pequenos. Sua densidade pode ser aumentada com o aumento da pressão;

Os gases sofrem expansão sem limites, isto é, eles ocupam completamente e uniformemente o volume de um recipiente fechado;

Os gases difundem-se completamente uns aos outros, isto é, dois gases diferentes em umrecipiente fechado misturam-se completamente;

As propriedades dos gases são descritas em termos de volume, temperatura, pressão e número de moléculas existentes.

Cinética dos Gases (Teoria cinética dos gases)

História

Em 1738, o físico matemático Daniel Bernoulli, publicou Hidrodinâmica, a base para a teoria cinética dos gases. Nesse trabalho, Bernoulli posicionou seu argumento, aindasólido até a atualidade, que os gases consistem em um grande número de moléculas se movendo em todas as direções, onde elas colidem entre si e esse impacto causa uma pressão na superfície de contato que podemos sentir, assim como o que nós sentimos como calor é simplesmente a energia cinética do seu movimento. A teoria não foi imediatamente aceita, em parte por causa da conservação de energia que nãoestava bem estabelecida, e ainda, não era óbvio aos físicos que as colisões entre as moléculas eram perfeitamente elásticas.
Em 1820, o físico inglês John Herepath, foi motivado por Geoges-Luis Le Sage com sua teoria da gravitação cinética, que considerava um sistema de colisão de partículas poderiam ser causadas por uma ação à distância. Neste sentido, quando pensava sobre o efeito da elevação datemperatura perto do Sol com suas partículas gravitacionais, foi conduzido a uma relação entre a temperatura e a velocidade das partículas.

Informações

O estudo do gás perfeito realizado sob a perspectiva microscópica leva-nos à teoria cinética dos gases. Nesse modelo teórico, pelo fato de encontrarmos um número muito grande de partículas por unidade de volume (1020 partículas por cm³), ashipóteses impostas representam o que deve acontecer, em média, com as partículas do gás.
A seguir as hipóteses da teoria cinética, a respeito dos gases perfeitos:
• Uma porção de gás perfeito é constituída por um grande número de moléculas em movimento caótico.
• As moléculas são consideradas pontos materiais.
• As colisões entre duas moléculas ou entre uma molécula e uma parede dorecipiente são supostas perfeitamente elásticas.
• Cada colisão tem duração desprezível.
• Entre colisões sucessivas, o movimento das moléculas é retilíneo.
• As forças intermoleculares só se manifestam durante as colisões.
• O estudo das colisões das moléculas pode ser feito com base na mecânica newtoniana.

Energia interna de um gás perfeito

Das hipóteses do modeloteórico do gás perfeito, conclui-se que a energia interna resume-se na energia cinética de translação de suas moléculas.
A energia interna de um gás perfeito é função exclusiva do número de mols (n) e da temperatura absoluta (T) do gás.
Na verdade a energia interna de um gás é função não exclusiva da temperatura e sim da soma da Energia Cinética com a Energia Potencial. Há, no ensino médio, tendênciade se atribuir toda energia interna à Energia Cinética e, por conseguinte, à temperatura do gás. Mas, se analisarmos as mudanças de estado de um modo geral, fica fácil perceber uma variação da energia interna mesmo não havendo variação da temperatura se a pressão for mantida constante.
Podemos definir a Energia cinética pela fórmula:
[pic]
Ec = energia cinética
n = número de molsR = constante dos gases perfeitos
T = temperatura

GAS IDEAL

Um gás perfeito ou ideal é um modelo idealizado para o comportamento de um gás.

Leis que regem os gases perfeitos

Um gás perfeito obedece às seguintes leis:
|Lei |Pub. |Condições |Enunciado |
|Lei de Boyle-Mariotte |1662 |Δm = ΔT = 0...
tracking img