Estudo de caso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1884 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ATENEU
INSTITUTO DE PÓS-GRADUAÇÃO
MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS ORGANIZACIONAIS
DISCIPLINA DE CONTROLADORIA
PROFESSOR LAURO CHAVES











ESTUDO DE CASO
BIG JEANS





Equipe:
Carolina Nogueira Adriano
Marcos Paulo Valente
Arilson Martins















Junho-2008
Fortaleza - Ceará

1. INTRODUÇÃO



O presente trabalho é umestudo de caso sobre os sistemas de controles internos da empresa Big Jeans. O estudo foi desenvolvido a partir da disciplina de Controladoria da MBA em Finanças Organizacionais e Controladoria da Faculdade Ateneu e do Instituto de Pós-Graduação. O referido trabalho escrito faz parte de uma avaliação da disciplina, aplicando de forma prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula.


Nadisciplina tivemos contato com ponderamentos voltados aos sistemas de controle das organizações. A partir desses pontos trabalharemos as estratégias da empresa nessa visão, entendendo, desenvolvendo e sugerindo.


Primeiramente iremos iniciar o estudo a partir do histórico da instituição, contextualizando a empresa no mercado em que desenvolve atividades, a confecção. Posteriormentedescreveremos a situação da empresa na tomada de decisão. Por fim iremos propor algumas sugestões no âmbito da controladoria para melhorias na empresa.















2. O MERCADO

Segundo dados do SEBRAE (2006) o mercado de confecções no Brasil trabalha atualmente a procura de produtos com design moderno, qualidade e de marca forte. Os preços varejistas estão sob pressão intensa daconcorrência tanto interna (com as pequenas empresas que se foram) quanto externa (com a inserção de produtos importados). Há uma redução significativa na produção nacional de roupas e calçados nos últimos 20 anos. Apesar disso, vivemos momento singular, o segmento têxtil lança sua própria moda, destinada e consumida diretamente ao público brasileiro.

No Ceará em decorrência do baixo crescimentoeconômico junto a forte pressão cambial e a concorrência de outros estados o setor cresce lento, mas produz números elevados de empregos e vendas. Em Fortaleza, estima-se que existam mais de 3.000 empresas de confecções, entre lojas, pequenas e grandes fábricas de bairros, shoppings e outras em municípios da região metropolitana, produzindo moda masculina, feminina, infantil, praia, gestante,ginástica, lingerie e acessórios. (Sindicato do Corretores de Moda do Estado do Ceará, 2008).

Com relação aos fornecedores, temos um impasse bastante problemático. As empresas do setor de roupas jeans são alimentadas por oligopólios fortes; existem dois (02) fornecedores de tecido que respondem por 80% das vendas, dois (02) fabricantes de zípers (90% das vendas, sendo um deles responsável por 60%sozinho), quatro (04) fornecedores de linhas, sendo que dois (02) deles respondem por 60% da venda. Ou seja, a maioria dos fornecedores são grandes e sólidas empresas, que resistem mesmo às investidas dos importados, e que importam também. Dando segurança por um lado, na entrega e distribuição de seus produtos, porém ditando os preços e barganhando as vendas sem perspectivas de melhores planos.3. A EMPRESA

A empresa Big Jeans Ltda surgiu em 1976, num contexto peculiar da indústria têxtil mundial. Entre os anos de 1975 e 1985 houve transformações significativas, originadas da competição entre os fornecedores europeus e asiáticos, apoiados pelo desenvolvimento de novas máquinas e pela criação de novos materiais têxteis (microfibras).

A empresa, de gestão familiar, estáno mercado há 32 anos e trabalha com confecções de todas as idades no varejo e atacado. Atualmente há sete lojas com perspectiva de ampliação.

A empresa Big Jeans iniciou suas atividades em Setembro de 1976 com o nome de “A Vencedora”. Atuando no ramo de confecções masculina, feminina e infantil (varejo e atacado), estabelecia-se à Rua General Sampaio, 1122.

     Em 1980 foi aberta...
tracking img