Escola e democracia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4177 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
As teorias da Educação e o problema da marginalidade.

A marginalidade relativa ao fenômeno escolar, pode ser explicada pelas teorias educacionais.
Existem as teorias que vêem a educação como um instrumento de superação da marginalidade.
Outras vêem a educação como um instrumento de discriminação social, que leva à marginalidade.
Ambos os grupos teóricos partem do princípio das relaçõesentre educação e sociedade.
O primeiro grupo concebe a educação com uma ampla margem de autonomia, em face da sociedade, evitando sua desagregação e garantindo a construção de uma sociedade igualitária.
O segundo grupo vê a educação como inteiramente dependente da estrutura social geradora de marginalidade.
As teorias do primeiro grupo são denominadas pelo autor como “teorias não críticas” e as dosegundo grupo, “teorias críticas”.
Como ambas entendem que a função básica da educação é a reprodução da sociedade, são denominadas “teorias crítico-reprodutivistas”.

Teorias não críticas
Nesse bloco o autor coloca três pedagogias: Tradicional, Nova, Tecnicista.

A pedagogia Tradicional.

A “escola para todos” surgiu no século passado, como um instrumento para resolver o problema damarginalidade, causado pela ignorância.
As escolas eram organizadas em forma de classes, com um professor razoavelmente preparado, que expunha as lições.
Os alunos seguiam atentamente à aula e realizavam os exercícios disciplinadamente.
Essa escola tradicional não realizou seus objetivos como educação democrática e, as críticas foram se avolumando, levando a educação a formular outra teoria.

Apedagogia Nova.

A nova pedagogia começa esboçando uma nova maneira de interpretar a educação. Segundo essa nova teoria a marginalidade deixa de ser vista sob o ângulo da ignorância.
Vê-se o marginalizado como um rejeitado, pelo grupo e por toda a sociedade.
Os principais representantes da nova pedagogia, como: Montessori, Decroly e outros, viam marginalização também pelas crianças normais.Dessa preocupação com esses rejeitados, é que se pretendeu generalizar procedimentos pedagógicos para o conjunto do sistema escolar (BIOPSICOLOGIZAÇÃO).
Nasce então a pedagogia que advoga um tratamento diferencial, com a constatação de que as pessoas são diferentes; não só na raça, cor, classe social, mas principalmente no domínio do conhecimento, no desempenho cognitivo e participação do saber.Por isso a escola tradicional falhou, por ver o homem como um objeto em série, tudo igual.
A nova teoria considera que o importante não é aprender, mas aprender a aprender.
A “Escola Nova” organizou-se basicamente na forma de escolas experimentais, muito bem equipado e circunscrito a pequenos grupos de elite, pois envolvia altos custos. O importante dessa reforma educacional foi à abertura damente dos educadores.
Paradoxalmente a “Escola Nova” , com toda a revolução que causou, agravou o problema da marginalidade.
Ao criticar a Escola Tradicional o “escolanovismo” reforçava a idéia de que: É melhor uma boa Escola para poucos, do que uma Escola deficiente para muitos.
Para Saviani, esse fenômeno é chamado de “mecanismo de recomposição da hegemonia da classe dominante”.

A pedagogiaTecnicista.

A pedagogia nova tornou-se ineficaz em face da questão da marginalidade.
Novos educadores como Paulo Freire, Freinet tentaram desenvolver uma espécie de “Escola Nova Popular”. Outros se preocupavam em manter os métodos pedagógicos do escolanovismo, por causa da eficiência instrumental.
Nesse caos nasce a “Pedagogia Tecnicista”, que advoga a reordenação do processo educativo demaneira a torna-lo objetivo e operacional.
Para a pedagogia Tecnicista a marginalidade não será identificada com a ignorância, nem será detectada a partir do sentimento de rejeição.
Marginalizado será o incompetente, isto é, o ineficiente e improdutivo.
Cabe então a educação proporcionar um eficiente treinamento para a execução das múltiplas tarefas demandadas continuamente pelo sistema social....
tracking img