Epidemiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1927 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2010
Ler documento completo
Amostra do texto
Glândula Tiróide

Objetivo: Descrever a localização, a histologia, os hormônios e as funções da glândula tiróide.
A glândula tiróide, em forma de borboleta, fica situada logo abaixo da laringe: os dois lobos laterais, direito e esquerdo, ficam, cada um, em um dos lados da traquéia. Conectado esses dois lobos, existe uma massa de tecido, chamada istmo situada à frente da traquéia. Em certoscasos, um pequeno lobo de forma piramidal se estende para cima, a partir do istmo. A glândula normalmente, pesca cerca de 30 g e tem rico suprimento de sangue, recebendo 80-120 mL de sangue a cada minuto.
Sacos esféricos microscópicos, chamados folículos tiroidianos, compõem a maior parte da glândula tiróide. A parede de cada folículo consiste, primariamente, em células chamadas célulasfoliculares, que em sua maioria se entendem até o lúmem (espaço interno) do folículo. Quando as células foliculares estão inativas, sua forma é cubóide a escamosa, com pouca altura, mas, quando sob influência do THS, apresentam-se cubóides ou colunares, ficam mais altas e são ativamente secretoras. As células foliculares produzem dois hormônios: a tiroxina, também chamada tetraiodotironina, ou T4 contendoquatro átomos de iodo, e a triiodotironina, ou T3, com três átomos de iodo. T3 e T4 também são conhecidas como hormônio tiroidianos. Algumas células chamadas células parafoliculares, ou células C, podem existir nos folículos ou entre eles. Elas produzem o hormônio calcitonina, que participa da homeoatasia do cálcio.

Formação, Armazenamento e liberação dos hormônios Tiroidianos
A glândulatiróide é a única glândula endócrina que armazena seus produtos de secreção em grande quantidade – normalmente, suprimento para 100 dias. Essencialmente, sob a estimulação do TSH, T3 e T4 são sintetizados pela ligação de átomos de iodo ao aminoácido tirosina, em seguida, são armazenados por certo tempo e, por fim, secretados para o sangue, da forma seguinte.

1. Seqüestro do iodeto. As célulasfoliculares tiroidianas seqüestram os íons iodeto (I-) por transporte ativo do sangue para o citosol. Como resultado, a glândula tiróide contém a maior parte do iodeto no corpo.
2. Síntese da tiroglobulina. Enquanto as células foliculares estão seqüestrando I- elas também estão sintetizada a tiroglobulina (TGB), glicoproteína de alto peso molecular, com cerca de 5.000 resíduos de aminoácidos. ATGB é produzida no retículo endoplasmático rugoso, modificado no complexo de Golgi e empacotada em vesículas secretadoras. O material, que se acumula no lúmen desse modo, é chamado colóide.
3. Oxidação do iodeto. Os íons iodeto, com carga negativa, não se prendem à tirosina, antes de serem oxidados (remoção de elétrons) a iodo: 2I- \ I2. As enzima que catalisa essa reação é a peroxidase.4. Lodetação da tirosina. À medida que são formadas as moléculas de iodo (I2), elas reagem com os aminoácidos tirosínicos, que fazem parte das moléculas de tiroglobulina, no colóide. A ligação de um átomo de iodo produz a monoiodotirosina (T1)e a segunda iodetação produz diodotirosina (T2).
5. Acoplamento de T1 e T2. Durante a última etapa na sínte dos hormônios tiroidianos, duas moléculas deT2 se combinam para formar T4, ou uma moléculas de T1 e outra de T2 se combinam para formar T3. Desse modo, os hormônios tiroidianos são armazenado como parte das moléculas de tiroglobulina, no colóide.
6. Pinocitose e digestão do colóide. Gotículas de colóide reentram nas células foliculares por pinocitose, mesclando-se com os lisossomas. Enzimas digestivas degradam a TGB, liberandomoléculas de T3 e de T4. A T1 e a T2 também são clivadas, mas passam por desiodetação (remoção do iodo). Esse iodo é reutilizado, para sintetizar mais T3 e T4.
7. Secreção dos hormônios tiroidianos. Dado que T3 e T4 são lipossolúveis, eles se difundem através da membrana plasmática, chegando ao sangue.
8. Transporte no sangue. Mais de 99% de T3 e de T4 se combinam a proteínas de transporte no...
tracking img