Engenheiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1378 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
HIPOGLICEMIA
Definição: Situação clinica em que a glicemia é menor que 60 mg/dl. Em pacientes diabéticos, especialmente em insulinoterapia intensiva e controle rígido, é a complicação aguda mais comum. Para a confirmação do diagnostico de hipoglicemia, é necessário a existência da tríade:
* Hipoglicemia
* Sintomas de hipoglicemia
* Melhora dos sintomas após administração de glicoseFisiopatologia: Em pacientes saudáveis, após um período de jejum, a manutenção da glicemia é feita através da glicogenolise( hepática e muscular), porem, essa é limitada. De maneira geral, a hipoglicemia ocorre pelo desequilíbrio entre a produção dos hormônios hipoglicemiantes (hiperinsulinêmica) e dos hormônios hiperglicemiantes (glucagon, catecolaminas, hormônio do crescimento e cortisol). Aresposta hormonal à hipoglicemia ocorre de forma seqüencial de acordo com os valores de glicemia:
< 80 mg/dl = redução da secreção de insulina
60 e 65 mg/dl = aumento da secreção do hormônio do crescimento
< 60 mg/dl = aumento da secreção de cortisol
As causas de hipoglicemia são: esvaziamento gástrico acelerado, ingestão alcoólica, desnutrição grave, insuficiência renal, insuficiênciahepática, infecções: sepse, insulinoma: tumor raro de pâncreas, etc. Os achados clínicos da hipoglicemia se subdividem em neuroglicopênicos e adrenérgicos, sendo os neuroglicopenicos, a cefaléia, sonolência, tonturas, ataxia, astenia, confusão irritabilidade, alterações de comportamento, déficits neurológicos focais, convulsões e coma; os sintomas adrenérgicos são as palpitações, taquicardias,ansiedade, tremores, sudorese, fome e parestesias. Deve-se pensar em hipoglicemia em todo doente com alteração neurológica em pronto-socorro.
Em qualquer doente que chegue ao pronto-socorro com agitação, confusão, coma ou mesmo com déficit neurológico deve imediatamente verificar-se a glicemia capilar. Quanto mais precocemente for corrigida uma hipoglicemia, menor a chance de se causar seqüelasneurológicas. Confirmada a hipoglicemia, deve-se infundir 60 a 100 ml de glicose a 50%. Em doentes sem acesso venoso, pode-se fazer o glucagon IM/SC (1,0 a 2,0 mg) , embora seu efeito seja fugaz e ineficaz em segunda dose, pois depleta todo o estoque de glicogênio hepático. Se a hipoglicemia é pouco sintomática, pode-se tentar glicose por VO, através da ingestão de algum carboidrato de rápida absorção.Em doentes desnutridos, hepatopatas ou etilistas, deve-se prescrever tiamina junto com a glicose, com o objetivo de prevenir o surgimento de encefalopatia, na dose 100 mg de tiamina IV ou IM.

CONCLUSÕES
* A causa mais freqüente de hipoglicemia sintomática é diabetes melitos, principalmente pacientes em terapia intensiva para o controle glicêmico;
* O diagnostico de síndromehipoglicemica requer a presença da tríade: glicemia baixa, sintomas de hipoglicemia e correção após reposição de glicose;
* Sempre pensar em hipoglicemia em doentes que chegam ao pronto-socorro com alterações neurológicas, devendo-se realizar imediatamente uma glicemia capilar;
* Em diabético com hipoglicemia, em geral, deve-se colher uma função renal, haja vista a alta incidência de insuficiênciarenal nessa população;
* Os pacientes com hipoglicemia devem ser prontamente tratados com 60 a 100 ml de glicose a 50%%; se houver dificuldade no acesso0 venoso, prescrever de 1 a 2 mg de glucagon IM;
* Hipoglicemia documentada em não diabéticos, em geral, e uma doença e precisa ser investigada.
* Em hepatopatas, etilistas e desnutridos, prescrever 100 mg de tiamina( IM/EV) associado aglicose.

ALGORITIMO DO TRATAMENTO DA HIPOGLICEMIA

Qualquer doente com rebaixamento do nível de consciência ou déficit neurológico

Realizar imediatamente uma glicemia capilar

Glicemia capilar < 60 mg/dl

SIM NÃO
Procurar outra causa

* Acesso venoso imediato
* Colher bioquima e glicemia
* Glicose a 50%: 60 a 100 ml EV

Risco de desenvolver...
tracking img