Drogas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (481 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O tema “drogas” envolve várias questões que
vão além da saúde, como, por exemplo, tráfico,
violência, delinqüência, aspectos morais, entre
outros. Dessa forma, a população recebe, pelos
meios decomunicação, informações contraditórias
em alguns aspectos. Um evidente descompasso
diz respeito ao conjunto de informações
sobre “drogas ilícitas” (maconha, cocaína,
entre outras) em comparaçãoàs “lícitas” (álcool
e tabaco). De um lado, a população recebe
uma série de informações sobre a violência relacionada
ao tráfico e sobre os “perigos das drogas”
e, de outro, é alvo de sofisticadaspropagandas
para estímulo da venda de bebidas alcoólicas
e de cigarro. Nesse contexto, esses grupos
de “drogas”, semelhantes em vários aspectos
farmacológicos, passam a ser encarados de
mododistinto pela opinião pública, gerando
posturas extremamente incoerentes sob a ótica
da saúde.
Além dessa questão, também merece destaque
um posicionamento histórico da mídia
sobre as “drogasilícitas”. No fim da década de
70, em função do movimento norte-americano
de “guerra às drogas” e da carência de estudos
epidemiológicos brasileiros, a imprensa nacional
começou a divulgar uma série deespeculações
sobre uma suposta “explosão” do uso de
“drogas ilícitas”, como maconha, cocaína, ácido
lisérgico (LSD) e heroína, sobretudo entre
estudantes brasileiros (Carlini-Cotrim et al.,
1995). Osprimeiros estudos epidemiológicos
realizados no Brasil no fim da década de 80
mostraram que, até aquele momento, a realidade
era muito diferente da alardeada pela imprensa:
o número de estudantesusuários de
substâncias ilícitas era relativamente pequeno
e estável. No entanto, alguns anos mais tarde,
no início da década de 90, o número de usuários
de maconha e cocaína de fato começou aaumentar, passando a justificar um posicionamento
um pouco mais alarmista (Galduróz et
al., 1997; Noto, 1999).
O fato de a imprensa ter alardeado um aumento
do uso de alguns psicotrópicos anos...
tracking img