Direitos dos idosos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2739 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 ÁREA DE CONCENTRAÇÃO : O Serviço Social nas Organizações e Instituições.




TEMA: Trabalhando os direitos dos idosos na Clínica São Vicente




1.1 APRESENTAÇÃO DO TEMA






O projeto será realizado na Clínica São Vicente, localizada na Rua Nestor Ribeiro, s/n, na cidade de Jequié – BA. O interesse pelo tema proposto nasceu durante observações ocorridas no período deestágio supervisionado onde foi possível perceber um grande número de pessoas idosas que não tinham seus direitos atendidos e muitos que nem sabem quais são estes direitos tanto na área hospitalar quanto no cotidiano da sociedade, os familiares também desconhecem muitas vezes quais os direitos que atendem os idosos e é importante que o saibam sendo que muitas vezes são os familiares osresponsáveis pelos idosos e respondem pelos mesmos, sendo assim é de grande valia uma mobilização através da sensibilização e principalmente da informação para estes idosos e suas famílias acerca de seus direitos para que desta forma os idosos possam viver com mais dignidade e respeito.





1.2 DELIMITAÇÃO DO PROBLEMA

Durante o processo de levantamento de demandas, em meio as demandas levantadas,tratar sobre os direitos dos idosos na área da saúde foi bastante pertinente, pois é possível perceber que muitos idosos entendem que existem leis que lhes asseguram direitos, porém não sabem de que maneira podem estar tendo acesso a esses direitos e ainda como exigir que os órgãos responsáveis e a sociedade cumpram os mesmos, sendo então oportuno a aplicação de um trabalho de orientação eesclarecimento por parte do assistente social direcionado aos idosos da Clínica São Vicente e seus familiares, afim de minimizar esta situação complexa que se encontram muitos idosos, que é uma situação de exclusão e violação de direitos.

Para Faleiros (2001)

O desafio do Serviço Social diante da questão do idoso, o qual vive momento de exclusão social, constitui-se emoportunizar o diálogo entre as diferentes faixas etárias, a fim de despertar a sensibilidade por todas as pessoas que sofrem diversas formas de discriminação, além de potencializar a pessoa idosa a acreditar em si como pessoa de direitos. Dessa forma o profissional estará contribuindo para a redescoberta, por parte do idoso, da sua verdadeira identidade, assumindo-se como pessoa.




2 JUSTIFICATIVAA legislação brasileira, por meio da Política Nacional de Idoso (Brasil,1998) e pelo Estatuto do Idoso (Brasil, 2003) considera como tal (idoso) todo individuo com 60 anos ou mais. Pesquisas já comprovaram que a população idosa cresce rapidamente a cada dia, e a sociedade, a família e o Estado não vem se preparando para o acompanhamento deste crescimento, apesar de estaclasse muitas vezes tão discriminada ter conquistado alguns avanços ao longo do tempo como o Estatuto do Idoso, benefícios através da LOAS, a Política Nacional dos Idosos entre outros, muito ainda tem que se avançar nesta questão, pois mesmo com todos estes direitos garantidos pelas legislações, na prática não é bem assim muito se deixa a desejar, entre muitos problemas pode-se destacar idososviolentados, vítimas de maus tratos, agressões e abandono, descaso, preconceito, falta de assistência médica, entre outros, daí a importância de fazer tanto idoso quanto família, sabedores de seus direitos para que assim lutem e exijam o cumprimento desses direitos, devido a questão de muitos idosos e familiares não poderem ou estarem muitas vezes impossibilitados de se dirigirem a órgãos quepoderiam estar tendo acesso a informações acerca deste tema e foi que nasceu o desejo de aplicar este projeto na Clínica São Vicente. .









“A sociedade brasileira ainda não teve tempo de se adaptar às grandes mudanças ocorridas, e o idoso ainda está longe de se sentir integrado a tais mudanças. ( Dr. João Roberto D. Azevedo)


Segundo Renato Veras (2003)...
tracking img