Dilexia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1085 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE IMPERATRIZ - FACIMP
COORDENAÇÃO DE RAIMUNDO LEAL
CURSO DE ADMINISTRACAO




LORENA DA SILVA BARBOSA








1 O LIXO NOS CENTROS URBANOS












1


2


3


4


5


6


7


8 Imperatriz

2012


LORENA DA SILVA BARBOSA









2 PROJETO DE MONOGRAFIA



Projeto apresentado àFaculdade de Imperatriz (FACIMP), como requisito parcial e indispensável à elaboração do trabalho de pesquisa para obtenção de nota Metodologia.

Orientador: Profº. MsC. Raimundo Leal













1 Imperatriz

2012







INTRODUÇÃO

O LIXO NOS CENTROS URBANOS

A natureza e muito sabia. Todo o lixo que ela produz, ela recicla, pois se uma folha cai da arvorepermanece no solo por um tempo, mas logo se decompõe e se transforma em húmus material de que se alimentam as plantas. Um ciclo necessário a vida dos seres vivos . Pode-se, então dizer que a natureza não produz lixo.

O homem, que também vem da natureza, produz lixo, mas nem sempre se preocupa em cuidar dele. As grandes cidades brasileiras jogam fora, diariamente, embalagens, fracos, garrafas pet eoutros recipientes, gerando uma grande quantidade de lixo, que os recursos dispostos pela natureza podem levar ate dez mil ano para decompor. Mas mesmo assim, poucas pessoas se dão conta de que ao jogar um copo plástico na rua, uma latinha de refrigerante na rua ou em uma praia ate mesmo uma embalagem de bolacha nas estradas, esse material ficara La a muito tempo. O lixo fora do lugar provocarariscos que a população mal vê mas que traz muitos danos a saúde. Os detritos atraem moscas , baratas, ratos e tantos outros animais transmissores de doenças, pois esses bichos liberam uma substancia , que , com as chuvas podem poluir a água que abastece a população.





1


2


3









4



5


6


7 2- JUSTIFICATIVA


8


9A reciclagem do lixo pode reduzir o impacto ambiental. Restos de alimentos e outros materiais, ou seja, produtos que sofrem rápida deterioração ao entrar em contato com o meio ambiente, podem transforma-se em bom adubo para aagricultura. Mas para ser aproveitado, e preciso separa-lo antes de de ir para a lixeira. Vidros de um lado, plásticos de outro, papel de outro e metal. Uma tarefa simples que começa de dentro de casa para não prejudicar a si mesmo.

Podemos observar que as crianças estão indo cada vez mais cedo para a

Ainda existem diferenças entre instituições publicas e particulares, a falta de in





Alunoeducação diferenciada, pois o que encontram em uma escola p



















3 OBJETIVOS.

3.1. Objetivo Geral:
E tentar sensibilizar o indivíduo à construir consciência sócio ambiental e praticar sua cidadania através da educação ambiental.


3.1.1 Objetivos Específicos:
O lixo deve ser tratado com maior prudência, pois compromete as reservas de recursosnaturais, além de poluir e comprometer outros ambientes.
Assoreamento de mananciais e enchentes causados pelo lixo.
O lixo estraga a paisagem .














4 PROBLEMA:
O lixo e um dos principais problema que prejudica a natureza e a população pois com o acumulo de lixo em esgotos, nas ruas, nos rios isso causa enchente e doenças.
Mas as soluções são diversas e são de acordocom a fonte que as emite, um exemplo claro disso é o lixo hospitalar, a única maneira de eliminá-lo é calcinar esse detrito, isso porque a fonte é insalubre, pois pode oferecer riscos de contaminação a população. .


















5- HIPÓTESES
A falta de organização da sociedade, em si que não cuida da sua própria cidade deixa que os lixos se acumulam cada vez...
tracking img