Dheg

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1023 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 IDENTIFICAÇÃO

1.1 Tema

Avaliação do Ganho Ponderal em pacientes com DHEG.

2 INTRODUÇÃO

As síndromes hipertensivas são as complicações mais freqüentes na gestação e ocorre em 10 a 22% das gestações, sendo 20 a 50% progridem para preeclampsia, ou seja, presença de proteinúria.(ACOG;2002)

No Brasil a hipertensão gestacional é a primeira causa de morte materna especialmente quandose instalam nas suas formas mais graves. A moléstia hipertensiva representa a entidade clínica que maior obituário perinatal determina, acarretando, ainda, substancial número de neonatos vitimados, quando sobrevivem aos danos da hipóxia perinatal.(DATASUS;2010)

Estudos recentes mostram que para diagnosticar a hipertensão gestacional deve-se verificar a presença de dois dos mais comuns achadosda preeclampsia:
Hipertensão e proteinúria. Para um rastreio de hipertensão na gravidez medidas de pressão arterial maior ou igual a 140/90 mmHg devem ser encontradas. Um aumento de 30 mmHg na pressão sistólica (PAS) em relação aos níveis pré-gravídicos, já foi considerado patológico, mesmo na ausência de hipertensão.(JOGC;2008)

A elevação merece investigação subseqüente e rígidosacompanhamentos clínico da gestante. Para caracterizar realmente a hipertensão na gravidez devemos:
Medir a pressão com a paciente em repouso por pelo menos 10 minutos, sentada, no braço direito, o qual deve ser mantido em mesmo nível do coração. Deve ser confirmado em duas medidas espaçadas por, pelo menos, 6 horas, não devendo ser espaçadas por mais de sete dias. A pressão diastólica é computada no5º ruído de Korotkoff.( JOGC;2008)

As complicações hipertensivas da gravidez são mais comuns entre as nulíparas e nos extremos da vida reprodutiva. Uma gestante com hipertensão arterial prévia pode ter sua evolução complicada por uma síndrome de pré-eclâmpsia superposta. A história familiar de pré-eclampsia é um importante fator de risco, com uma herança provavelmente monogênica, embora omodelo multifatorial também tenha sido proposto. Outros fatores de risco incluem: Obesidade, Doença vascular hipertensiva crônica, diabetes mellitus e raça negra. (ZUGAIB;1996)

A nomenclatura atual é baseada num consenso proposto em 2000, que é aceito pela Sociedade Internacional de Hipertensão na Gravidez. Com base nesses textos, a hipertensão na gravidez é dividida em cinco classes:Pré-eclampsia, Eclampsia, Hipertensão crônica de qualquer etiologia, Hipertensão crônica com pré-eclampsia sobreposta e Hipertensão gestacional. (SOCEP; 2008)

Ao longo da década de 1990 discutiu-se muito acerca do ganho de peso ideal para o período gestacional. As discussões giravam em torno dos limites de ganho ponderal necessário para atender às necessidades metabólicas materno-fetais que, ao mesmo tempo,não comprometessem os desfechos gestacionais e neonatais. Apesar do debate, as recomendações do Institute of Medicine (IOM) vêm sendo adotadas desde 1990. O IOM reconhece o peso pré-gestacional como um dos principais determinantes do ganho ponderal; assim sendo, recomenda que o ganho de peso ideal seja avaliado em função do estado nutricional inicial da gestante, sendo este definido de acordo comas categorias de índice de massa corporal (IMC) pré-gestacional. (WHO; 1995)

Tendo em vista a contradição sobre o ganho de peso ideal na gestação, observou-se na literatura médica que esse valor ideal fica em torno de 500 g por semana e que ganho de peso superior a esse valor entre a 20º e 28º semana de gestação seria considerado como fator de risco para as DHEG. Devido a essa contradiçãovisamos implementar uma melhor utilização da curva de ganho ponderal, para daí reconhecer o ganho de peso das gestante na Unidade Básica de Saúde. Lembrando, que um ganho que excede 1 kg em uma semana ou 3 kg em um mês deve ser considerado anormal e sinal de alerta para desenvolvimento de toxemia.(GODERICH;2002)

3 JUSTIFICATIVA

Sabendo que as doenças hipertensivas da gestação compõem a...
tracking img