H1n1

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7617 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

Introdução4
1 - Influenza “A” H1n1 6
2 – História da Influenza 8
3 - Contágio 11
4 - Sintomas 12
5 - Diagnóstico 14
6 - Tratamento 16
7 - Vacina 18
8 - Epidemiologia 21
9 - Prevenção 22
10 – A Influenza “A” em 2011 28
Conclusões31
Referencias Bibliográficas39

INTRODUÇÃO

Este trabalho tem como objetivo, levantar discussões sobre a evolução da Influenza “A”, pelo fatode ser uma doença que mata tão rápido e em grande escala, não se deve simplesmente ignorar a gravidade deste vírus, que muitos consideram como “nova doença”. Porém esta expressão não condiz com a realidade.
O vírus Influenza tem sido responsável por algumas das piores pandemias da história humana.
Desde a antiguidade, a INFLUENZA “A”, vem circulando entre a população do mundo inteiro, de acordocom pesquizadores, podemos afirmar que isso vem ocorrendo a mais de 90 anos. Com o passar do tempo, este vírus vem sofrendo diversas mutações, dessa forma surgindo então, outros novos tipos de influenzas. Como por exemplo a gripe russa, a gripe espanhola, a gripe asiática, a gripe de hong kong, a gripe aviária, e atualmente a gripe suína.
No ano de 2009, a gripe suína causou uma grande pandemia,causando assim, a morte de milhares de pessoas e deixando outras milhares, apavoradas. Foi tomada medidas de intervenção urgentes, e num tempo recorde, foram produzidas vacinas para que se fizesse a imunização da população. Porém, houve muitas contradições á respeito da vacina e também do medicamento utilizado para o tratamento, o TAMIFLU.
Foram, portanto tomado medidas consideráveis, agilizandoo atendimento urgencial, diagnóstico rápido e preciso, imunização da população através de vacinas, tratamento, assim como campanhas de conscientização da prevenção, para que a população, usando do bom senso, contribuisse também com o controle desta pandemia.
A população foi orientada á adiar as viagens internacionais, meio em que o víros percorreu com facilidade todo o mundo, no entanto, a OMS,não sugeriu restrição as viagens internacionais, também a população foi orientada a evitar ambientes fechados, cujo ambientes assim, são propícios à disseminação do vírus. O MS, tomou medidas radiacais, como por exemplo, o uso em escolas e ambientes de trabalho, do álcool 70% (álcool em gel), bem como o uso de máscaras, para não só se proteger como também, evitar de contaminar o indíviduo ao lado.Hoje em dia, esta pandemia esta praticamente controlada, no entando, segundo pesquisadores, ainda no período de pandemia, chegaram a prever, que neste ano de 2011, seria provável uma segunda pandemia.
O Ministério da Saúde, diante destas previsões, já se anteciparam, com um novo calendário de vacinas para inicio em abril de 2011.
Este tipo de vírus, lembram-nos constantemente que o Influenzanão deve ser completamente ignorado, e que as epidemias podem acontecer novamente.

1 - INFLUENZA “A” H1N1

SIGNIFICADO

Influenza - gripe violenta e epidêmica
A gripe é causada por três tipos de vírus — Influenza A, B e C. O tipo A pode ser responsável por epidemias mundiais, que geralmente ocorrem a cada 10 ou 40 anos. O tipo B pode leva a epidemias menores, mais regionalizadas. O tipo Cnunca foi ligado a uma grande epidemia.
O Influenza tipo C é um vírus claramente estável, mas os tipos A e B estão em constante mudança, com novas mutações aparecendo regularmente. Uma vez que se adquire a gripe, o organismo desenvolve anticorpos contra determinado tipo de vírus. Mas como o Influenza está em constante mutação, esses anticorpos não protegerão o organismo de novas infecções. Essa éa razão pela qual os médicos recomendam a vacinação contra a gripe a cada ano, pois a vacina varia de acordo com o tipo de vírus mais presente na época.
Hemaglutinina
É uma proteína que se situa na camada mais externa do vírus, o envelope. Ela reconhece um açúcar da nossa membrana celular, o ácido siálico, e é a responsável pelo reconhecimento e ligação do vírus a nossas células do sistema...
tracking img