Desenvolvimento local

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2278 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 3

AS POLITICAS BRASILEIRAS PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL................ 4

3 EXEMPLOS DE ELEMENTOS DE APOIO AO TEXTO 5
3.1 EXEMPLO DE GRÁFICO 5
3.2 EXEMPLO DE FIGURA 5
3.3 EXEMPLO DE QUADRO6
3.4 EXEMPLO DE TABELA 6

4 CONCLUSÃO 7

REFERÊNCIAS 8

APÊNDICES 9
APÊNDICE A – Instrumento de pesquisa utilizado na coleta de dados 10

ANEXOS 11
ANEXO A – Título do anexo 12
INTRODUÇÃO

A reestruturação por que passa o capitalismo, a partir da década de 70, implicando mudanças no conjunto do padrão de acumulação e do modo de regulação do sistema (globalização,flexibilização da produção etc), configura um novo ambiente em que as Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) tornam-se essenciais no que se refere à questão do desenvolvimento regional. Todos os processos produtivos, adequando-se à necessidade de flexibilização, e os processos comunicativos mais diversos tornam-se intimamente ligados à expansão das TIC. Os investimentos nesses setores,portanto, passam a ser condição sine qua non à inserção da economia local na global e ao desenvolvimento regional. Nesse sentido, percebe-se claramente a importância do Estado e suas políticas públicas no intuito de expandir as TIC na região, tanto no que se refere aos investimentos em infra-estrutura de telecomunicações e redes telemáticas, como também na qualificação da sociedade para a suautilização. O objetivo deste trabalho é mapear os esforços de implementação e expansão das Tecnologias da Informação e da Comunicação no Brasil e no Mundo Esta etapa deve conter parágrafos que falem sobre a importância do tema escolhido, sua relevância e aplicabilidade.





DESENVOLVIMENTO

Vivemos hoje um período de profundas transformações no sistema capitalista. Tais mudanças devemser entendidas a partir da crise, iniciada nos anos 70, do padrão de acumulação e de regulação da economia, que configurou o longo período de crescimento do pós-guerra. As reformas observadas apontam para uma maior concentração do capital nas mãos de grandes grupos oligopolistas, fazendo com que os estados nacionais fossem perdendo forças quanto a sua capacidade de atuação na economia, agravada,pela desregulamentação do sistema financeiro internacional. Assiste-se, desde então, a um crescente processo de privatizações e desregulamentações nas economias capitalistas, apoiado nos ideais neoliberais, cada vez mais difundidos. A evolução tecnológica apresentada nesse período faz parte do próprio acirramento da competição capitalista em busca de novos mercados. É nesse contexto que asTecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) adquirem papel fundamental no que se refere à expansão daquelas economias, pois vêm ao encontro das necessidades gestadas no seio da própria transformação por que passa o sistema. Desde os idos mais remotos da humanidade, mesmo nas sociedades mais primitivas ou mesmo entre os animais, a busca pelo alívio da dor e pela cura das doenças sempre foi tentada.AS POLITICAS BRASILEIRAS PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL


Questões ligadas à geração de trabalho, emprego e renda vêm sendo trabalhadas num campo de ações e de políticas públicas denominado Desenvolvimento Econômico Local – DEL. Nesse campo entram em disputa diversas concepções e propostas, cujas abordagens se apresentam como portadoras dos elementos centrais dasteorizações e proposições de políticas públicas cujo núcleo são as mudanças que ganharam relevo nas últimas três décadas no mundo da economia e que têm por objetivo promover o desenvolvimento econômico à escala local e regional, dentro das novas condições concorrenciais do capitalismo.
No Brasil, as evidências se encontram no conjunto de ações, programas e projetos que se...
tracking img