Desenvolvimento de comunidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2661 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso de Serviço Social
Fundamentos Teóricos e Metodológicos do Serviço Social II

 Desenvolvimentismo e Desenvolvimento de Comunidade na América Latina:

- Países do continente americano que obtiveram sua independência em finais do séc. XVIII (Estados Unidos) e os princípios do séc. XIX (países da América de tradição ibérica) procuravam reforçar as bases de sua unidade geográfica, buscavamunir esforços para suas mútuas defesas;
- Nesta época é possível distinguir duas propostas alternativas: 1 – Bolivarismo: ideal dos povos hispano-americanos (eis colônia da Espanha) de criar uma confederação a envolver todos os povos de cultura espanhola. Avançou pouco no séc. XIX, apesar dos esforços; 2 – Monorísmo: ideal anglo-saxônico de incorporar as vinte nações hispânicas do império donorte (América do Norte) mediante a política do pan-americanismo. Este nada mais significava que uma estratégia dos EUA para ganhar hegemonia no continente. No período de 1889 a 1933 o pan-americanismo não implicou de imediato no predomínio norte-americano sobre o continente;

1 – O pan-americanismo posterior a Guerra e a OEA:

- A experiência do período da Segunda Guerra e a força acumuladapelos EUA depois do triunfo dos aliados permtiram ao mesmo organizar sua hegemonia a nível mundial;
- Durante a Segunda Guerra se engendra e com o TIAR (Tratado Inter-Americano de Assistência Recíproca) e a OEA (Organização dos Estados Americanos), se consolida uma segunda fase do pan-americanismo-moroísta. Instaura-se uma situação de dependência dos países latino-americanos com relação aos EUA(citação pág. 134);
- A UPA (União Pan-americana) criada em 1910 é recuperada e inserida na categoria de Secretaria Geral da OEA, sediada em Washington;
- Dentro da UPA, no bojo do que seria o Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais, sob a direção da Divisão de Assuntos Sociais, organiza-se a Seção de Serviço Social, através do qual a OEA desenvolveu influência direta na formação e prática dosassistente sociais latino-americanos, mobilizando ideológica, política e economicamente a proposta norte-americana de Desenvolvimento de Comunidade (DC) como técnica e campo de intervenção profissional;
- A OEA, através da Divisão de Habitação e Planejamento criou o Centro Inter-Americano de Habitação (CINVA) que desde sua fundação em 1952, passou a influir decisivamente na formação dosassistentes sociais, não só no campo da habitação, mas no do desenvolvimento de comunidade, do planejamento e da prática profissional integrada em equipes multidisciplinares;
- Este estímulo ao planejamento, ao DC, à renovação das equipes técnicas e quadros profissionais não foi uma proposta singular ou dirigida fundamentalmente para orientar a prática dos assistentes sociais. Ao contrário, trata-se de umaestratégia ampla com a qual os países desenvolvidos, em especial os EUA procuraram criar condições (políticas, administrativas e culturais) para integrar e dinamizar o desenvolvimento capitalista e o mercado latino-americano sob a sua hegemonia financeira;
- Profissões aptas, na época, a se adequarem às novas demandas: 1 – as de maior prestígio como a medicina, a advocacia, e a arquitetura; 2 –aquelas que tendiam a se alocar nos escalões médios e inferiores da administração pública como a pedagogia e o Serviço Social. Em meados dos anos 50 estes foram os profissionais que receberam formação especializada à nível de pós-graduação (planejamento, administração em DC);
- Com o boom universitário multiplicam-se os centros docentes e o corpo discente e profissões como a sociologia,antropologia e psicologia tambêm passam a ser influenciadas;
- O assistente social é o profissional convocado, desde cedo, para ocupar-se do “social” no interior das equipes multidisciplinares que se formavam nos diversos centros de especialização. Foi a profissão que mais precocemente ficou exposta às influências das teorias funcionalistas e das colocações desenvolvimentistas;

2 - O desenvolvimento...
tracking img