Desenvolvimento de comunidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1319 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Desenvolvimento de Comunidade e Participação

SOUZA, Maria Luiza de. Desenvolvimento de Comunidade (DC): atualidade e importância, Atuação comunitária de cooperação social, Identidade e processo histórico do DC. São Paulo, Cortez, 2010.
A prática do desenvolvimento de comunidade, patrocinado ou não por instituições do setor público, pode ser trabalhada numa perspectiva departicipação popular, o usuário mais direto dessa prática são as camadas populares.
A utilização de alguns capítulos apresentados em termos de análise e confronto com textos e experiências de vários autores. Importa se discutido e confrontado, de modo a poder produzir experiência nova de produção de conhecimento e habilidades que ajude realmente a chegar ao necessário amadurecimentoteórico-metodológico da prática do DC.
A preocupação desse trabalho é atender à estudantes de graduação e também a pessoas interessadas numa iniciação teórico-metodológica que ajude flagrar uma prática do DC, voltada para os interesses fundamentais da sua população usuária. A partir de estudos e reflexões correspondentes a trabalhos de pesquisa que contaram com a valiosa contribuição de alguns órgãos, quedeixam seus agradecimentos.
A cooperação é uma relação baseada na colaboração entre indivíduos ou organizações, no sentido de alcançar objetivos comuns. A ação comunitária tem a ser uma forma de cooperação que tem como objetivo a recuperação das barreiras que, em nível da comunidade, impedem o desenvolvimento do homem enquanto ser coletivo.
Existem processos distintos de ação comunitária, queoriginaram a demandas que são comuns a todos eles, operar de sugerem em momentos diferentes, que são: a ação comunitária; a ação social e a organização de comunidade.
A sociedade capitalista esta dividida em 2 grandes grupos, aos quais cada um apresentam problemas e interesses comuns.
Podemos citar algumas ideias e práticas de cooperação:
Fourier com a criação dasfalanges;
Louis Blanc com ás oficinas nacional;
Robert Owen que formulou a teoria que o homem está tão sujeito ao meio social em que vive que até seu caráter é determinada por ele.
É uma prática de ajuda mútua e cooperação que se articula e se opera a partir da comunidade. Essa prática é pensada como processo técnico-metodológico de estimular e animar a população comunitária e refletirsua realidade além da aparência e a agir sobre ela de acordo com as exigências da realidade desvendada.
A ação comunitária tem como característica básica da sua origem, a organização e cooperação conscientes para enfrentamento de problemas e objetivos comuns.
A ampliação dos problemas que afetam a ordem social, para requerer a presença do Estado, que assume formas de ação jáexistentes e cria outros. Uma das preocupações da ação social é alcançar resultados em massa e atingir o maior número possível de indivíduos.
A ação social tem a ver com a organização da comunidade que surge nos Estados Unidos com objetivo de realizar o bem-estar social.
A organização de comunidade surge como ação a ser desencadeada junto aos males do processo deindustrialização existentes nos países ditos desenvolvidos. É nítida a preocupação com o ajustamento social da comunidade.
A organização de comunidade tem sua origem nos Estados Unidos com a preocupação de reconstrução da pequena comunidade nos países, industrializados, e penetra na América Latina na década de 40. Mas contínua um processo atual e necessário.
No Brasil final dos anos50 e inicio dos anos 60, a organização de comunidade antecede o DC, é um processo de trabalho originário dos Estados Unidos que adota as práticas institucionais do Estado do bem-estar social. Havia certa preocupação quanto à metodologia de trabalho desenvolvida com as comunidades em relação às problemáticas sociais, pois existiam duas correntes de pensamento, uma dizia que se devia trabalhar o...
tracking img