Desastres ambientais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1691 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
EFOTEJ

Escola de formação técnica Josefa Gomes

Desastres ambientais

Paulo Afonso janeiro-2013
Ricardo soldá

Desastres ambientais



Trabalho apresentado ao professor Marcos Britoda disciplina Educação ambiental : turma
A, turno noturno do curso de segurança do trabalho.Paulo Afonso-2013
Introdução
O trabalho aqui apresentado foi solicitado pelo professor Marcos Brito da disciplina de proteção ambiental do curso de técnico em segurança do trabalho para o fechamento de notas de sua disciplina abordando o tema, desastres ambientais e pediu um breve comentário sobre cada um deles para que os alunos desse curso fiquem por dentro das causas e asconsequências que esses fenômenos podem causas aos seres humanos e também ao meio ambiente, podendo causar vários estragos.

Desastres ambientais
Um desastre natural é uma catástrofe que ocorre quando um evento físico muito perigoso (tal como uma erupção vulcânica, um sismo, um desabamento, um furacão, inundação, incêndio, ou algum dos outros fenômenos naturais listados abaixo) provoca diretaou indiretamente danos extensos à propriedade, faz um grande número de vítimas, ou ambas. Em áreas onde não há nenhum interesse humano, os fenômenos naturais não resultam em desastres naturais.
Como o próprio nome diz, um desastre natural sempre está vinculado à ocorrência de determinados fenômenos naturais. Estes fenômenos podem ser de ordem climático/meteorológica, geológica, biológica ouastronômica. Também podem se dar em decorrência da combinação de dois ou mais destes fatores.
Segue abaixo as principais categorias de desastres naturais passíveis de ocorrência na Terra.
Afundamento e colapso
Eventos causados pela acomodação natural do terreno. Essa acomodação pode causar pequenos tremores de terra, afundamento do solo e, caso existam edificações sobre o local, podem ocasionar ocolapso das estruturas[1].
Ciclones, furacões ou tufões
Ciclone, furacão ou tufão, são diferentes denominações para um mesmo fenômeno: trata-se de uma região de baixa pressão atmosférica, onde o ar relativamente quente se eleva e favorece a formação de nuvens e precipitação. Por isso, tempo chuvoso e nublado, chuva e vento forte estão sempre associados a esses centros de baixas pressões.
O ciclonede Bhola de 1970 foi o ciclone tropical mais mortífero na história, matando mais de 300.000 pessoas[2] e possivelmente mais de um milhão[3] após atingir a região altamente povoada do Delta do Ganges em Bangladesh, em 13 de novembro de 1970. A sua intensa maré de tempestade foi responsável pela maior parte das mortes.[2] Abacia do Oceano Índico norte tem sido historicamente a bacia onde ocorreumais mortes provocadas por ciclones tropicais, sendo que vários ciclones desde 1900 mataram mais de um milhão de pessoas.[4][5] Na bacia do Pacífico noroeste, o tufão Nina em 1975 matou 29 000 pessoas na China. A pior enchente em 2 000 anos foi causada pelo rompimento de 62 barragens, incluindo a barragem de Banqiao; outras 145 000 morreram devido a efeitos posteriores a tempestade, como a fome eepidemias.[6] Na bacia do Atlântico, o Grande furacão de 1780 é o furacão atlântico mais mortífero na história, matando cerca de 22 000 pessoas nas Pequenas Antilhas.[7] Um ciclone tropical não precisa ser particularmente intenso para causar danos memoráveis; as mortes podem ser causadas pelas chuvas torrenciais e consequentes deslizamentos de terra, que podem ser causados mesmo por ciclones...
tracking img