Crack um problema restrito as metropoles

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (666 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Entre as drogas que circulam em grande quantidade no país, ele é o mais destrutivo. Especialistas alertam que um em cada três usuários morre em média após cinco anos de uso contínio do crack. Confiraa seguir seu efeito sobre o organismo e uma comparação com as demais drogas

Foi nas calçadas e ruas de São Paulo, no início da década de 90, que as cracolândias se incorporaram ao cenário dasmetrópoles brasileiras. Hoje, o problema está longe de ser uma exclusividade da maior cidade do Brasil. Levantamento da Confederação Nacional dos Municípios realizado no ano passado em 4.430 das 5.565cidades brasileiras revelou que o crack e seus efeitos devastadores estão presentes em 91% delas. No caso do Rio de Janeiro, o quadro é alarmante: cerca de 3.000 usuários (sendo 20% menores) padecem empelo menos 11 cracolândias e mais seis pontos itinerantes de consumo da droga, de acordo com mapeamento da prefeitura.

Nesse contexto, as três esferas de governo se unem para lidar com a questão. Aprefeitura e o governo do estado assinam, nesta sexta-feira, a adesão ao programa do governo federal 'Crack, é Possível Vencer', através do qual a União investirá recursos de 240 milhões de reais até2014 para o aumento da oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários drogas, enfrentamento ao tráfico e ampliação das atividades de prevenção. A verba será utilizada em todo o estado, tanto porrepasses como aplicação direta. Pernambuco e Alagoas também já aderiram ao programa, que tem orçamento de 4 bilhões de reais até 2014.

Também nesta sexta-feira, o ministro da Saúde, AlexandrePadilha, e o secretário municipal de Assistência Social, Rodrigo Bethlem, visitam um dos Centros Especializados de Atendimento à Dependência Química (CEADQ) da Secretaria Municipal de Assistência Social(SMAS), em Guaratiba, na Zona Oeste do Rio. Esses centros são o eixo da principal política da prefeitura na luta contra o crack. Em 31 de março de 2011, a SMAS deu início a operações de recolhimento...
tracking img