Crack um problema de saude publica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2600 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CRACK: UM PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA









Trabalho apresentado ao Curso Serviço Social daUniversidade Norte do Paraná -UNOPAR, para as disciplinas Psicologia Geral,Antropologia,Formação Socia,Política e Econômica do Brasil,Fundamentos Históricos,Teóricos e Metodológicos do Serviço Social I.

Professores: Lisnéia Rampazzo, Giane Albiazzetti, Gleiton Lima e Rosane Malvezzi.Rio Negro
2012
SUMÁRIO

1 INTRODUÇAO 5
2 CRACK, ENFRENTAMENTO DO PROBLEMA NA SAÚDE PÚBLICA 6
2.1 ENTREVISTAS COM PROFISSIONAIS 8
2.2 CONSIDERAÇOES FINAIS 8
3 CONCLUSÃO 9
4 REFERÊNCIAS: 10
ANEXOS – Entrevistas com profissionais da Área de Saúde 11


RESUMO

O crack, além de ser considerada uma substância ilícita, contra a lei, também é um grande problema de ordempública, política e social. E está diretamente relacionada a um gravíssimo problema de saúde pública, a qual os usuários, dependentes e familiares ficam expostos.
O enfrentamento deste problema deve ser abordado sob uma ótica de conscientização para a sociedade, expondo os danos que o consumo dessas substâncias pode causar tanto no corpo como no fator psicologico dos envolvidos.
O Governo Federal eo Ministerio da Saúde, através de programas como CAPS, ESF entre outros, trabalham para amenizar este grave problema social. Porém ainda que estas iniciativas existam, elas são insuficientes para atender esta demanda e ineficiente ao combate deste mal.
Pesquisas com profissionais da área da saúde, que atuam dando assistência aos usuários de drogas, ajudaram a dar um direcionamento afim deconhecer algumas caracteristicas dos usuários e formas de como funcionam estes tratamentos.
Muito precisa ser feito para combater ou amenizar este problema, devemos ter consciencia que o ser humano precisa ser tratado com toda a dignidade e respeito, sem infringir nenhum de seus direitos.




1 INTRODUÇAO

O uso de substâncias lícitas e ilícitas, bem como todos tipos de drogas que hojeencontram-se nas mais diversas cidades do país sendo comercializadas legal ou ilegalmente, disciminam problemas de ordem social e acabam acarretando transtornos nas diferentes áreas e seguimentos públicos que estão relacionados ao uso, consumo e dependência dessas substâncias entorpecentes que são as drogas.
Este problema de carater social, além de estar relacionado a criminalidade também trazimplicações psicológicas, econômicas e políticas que são evidentes. Por essas implicações acabam sendo ofertados tratamentos inspirados em modelos de exclusão, causando uma separação dos usuários do convívio social.
Algumas das iniciativas do governo para prestar apoio aos dependentes químicos, são identificadas e abordadas pelo dentro do Sistema Único de Saúde – SUS, que responsável pela promoçãoda saúde pública em nosso país, com programas ESF onde ocorre o primeiro contato do usuario com a rede de saúde que então depois é encaminhado ao CAPS AD, entre outros.
Considerado o consumo do crack um grande problema de saúde, este trabalho irá buscar alternativas que estão sendo utilizados em nossa região para oferecer a estes usários, a fim de, entender melhor este problema social.  
2CRACK, ENFRENTAMENTO DO PROBLEMA NA SAÚDE PÚBLICA

O uso de substâncias ilícitas, com ênfase à abordagem em relação ao Crack, pode ser considerado um problema social e de saúde pública, que com o passar dos anos vem se agravando e trazendo dados alarmantes sobre o consumo dessas substâncias.
Pode se considerar que o enfrentamento deste problema constitui uma demanda mundial, de acordo com aOrganização Mundial de Saúde, cerca de 10% das populações dos grandes e pequenos centros urbanos de todo o mundo, consomem abusivamente substâncias psicoativas, independentemente de idade, sexo, nível de instrução e poder aquisitivo.
Percebemos uma certa ausência no estabelecimento de políticas relacionadas à saúde pública, voltada para este segmento de entorpecentes e drogas, notamos que o único...
tracking img