Caso gm

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (275 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
As vantagens obtidas pela GM com a descentralização das operações e centralização dos controles foram:

1. Rapidez nas decisões.
2. Ausência de conflito entre a altaadministração e as divisões.
3. Sentimento de equidade com executivos e ausência de "politicagem" na organização.
4. Informalidade e democracia na organização.
5. Pouca separaçãoentre administradores e subordinados.
6. Disponibilidade de reserva de pessoal administrativo para promoção.
7. Visualização dos resultados das divisões semi-independentes queconcorrem entre si.
8. Substituição da "administração por editais" por informações sobre as decisões da Administração Central.

O impacto do livro de Drucker provocouinfluências na reorganização de empresas de grande porte, como a General Electric, a própria Ford, a Imperial Chemical Ind. etc. A nova GM tornou-se um sucesso e passou a ser veneradacomo o modelo de administração. Hoje, a abordagem de Sloan parece inflexível e complexa para ser eficaz. Por volta da década de1960, o delicado equilíbrio foi desfeito - finançassurgiram como função predominante - e a GM ficou amarrada e paralisada pelo mesmo sistema que um dia a transformou em uma mega empresa dinâmica. A abordagem correta na década de1970, ainda eficaz na década de 1980, transformou-se em uma passagem para o inferno na década de 1990.26 Mas isso não significa que o legado de Sloan tenha morrido. Aorganização baseada em divisões ou departamentos - o velho formato M-continuou dominante até o início da Era da Informação. Além do mais, a grande empresa tornou-se o baluarte docapitalismo. As grandes corporações inspiram confiança. Não tardou muito para que estudiosos buscassem fazer pesquisas para entender o que faz uma grande empresa ser bem-sucedida
tracking img