Caso estudo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (838 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Restauração em Portugal
O que esperar da próxima década?

1

Copyright © 2011 The Nielsen Company. Confidential and proprietary.

A Restauração Tradicional tem quebras de Facturaçãosuperiores a 5% desde 2008
Evolução do INCIM – Índice Nielsen de Consumo Imediato
Volume de Vendas (Milhões de Euros) +8,3%
10.238

+0,3%
10.264

+0,2%
10.289

-0,8%

-1,3%

-0,3%

10.22610.096

10.060

-8,8% -5,3%
9.170 8.683

Previsão 2010

-3,3%

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

Fonte: Recenseamento Nielsen (7000 Entrevistas a pontos devenda de INCIM)
Dados não incluem Fast Food

2

Conferência Nielsen 2011
Copyright © 2011 The Nielsen Company. Confidential and proprietary.

Em 2 anos diminuíram 3 000 pontos de vendaEvolução do INCIM – Índice Nielsen de Consumo Imediato
Numero de Lojas

+8,2%

-1,7%

-1,2%

-0,2%

-0,9%

+1,0%

-2,7%

-1,6%

81.800

80.433

79.485

79.341

78.625

79.42477.241 76.007

Previsão 2010

-1,5%

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

Fonte: Recenseamento Nielsen (7000 Entrevistas a pontos de venda de INCIM)
Dados não incluem FastFood

3

Conferência Nielsen 2011
Copyright © 2011 The Nielsen Company. Confidential and proprietary.

Os pontos de venda que ficam abertos perdem vendas
Evolução do INCIM – Índice Nielsende Consumo Imediato
VENDA MÉDIA LOJA

0%

2%

1%

0%

0%

-1%

-6,3%

-3,8%

127.609 125.159

129.446 128.890 128.407

126.662

118.719 114.238
Previsão 2010

-1,8%

20022003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

Fonte: Recenseamento Nielsen (7000 Entrevistas a pontos de venda de INCIM)
Dados não incluem Fast Food

4

Conferência Nielsen 2011Copyright © 2011 The Nielsen Company. Confidential and proprietary.

Portugal segue tendência de outros países
2010 – Var %Valor ALIMENTAR RESTAURAÇÃO

+1%
Espanha

-4,4%

+1%
Irlanda...
tracking img