Brainstorming ou tempestade mental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3381 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Brainstorming ou “tempestade mental”
Se você conscientemente tira vantagem dos seus processos de pensamento naturais através do
recrutamento das energias de seu cérebro na forma de uma “tempestade”, você poderá transformar estas
energias em palavras escritas ou diagramas que o conduzirão a uma escrita viva e vibrante. A seguir, você
encontrará uma breve discussão do que é brainstorm (outempestade mental), por que você deve empregá-la,
e sugestões para como fazê-la.
Se você está começando a escrever seja com muitas ou insuficientes informações, a tempestade
mental pode ajudá-lo a colocar em prática uma nova tarefa de redação ou reviver um projeto que não
alcançou o seu fim. Vamos considerar cada caso:
- Quando você não tem nada: Você pode precisar de uma tempestade para abordarsua tarefa quando dá
aquele “branco” sobre o tema, sente aquela falta de inspiração ou ansiedade quanto ao tópico, ou tão somente
desmotivação para remodelar um delineamento ordenado. Neste caso, a tempestade mental sacode a poeira,
dá uma golfada de ar novo no seu pensamento e põe as correntes de inspiração em movimento de novo;
- Quando você tem demais: Há vezes em que você tem um caos em suamente e precisa dar alguma ordem a
este caos. Neste caso, a tempestade mental força o caos e os pensamentos aleatórios a gotejarem na página,
dando-lhe algumas palavras ou esquemas concretos que você consiga organizar de acordo com suas relações
lógicas.
Técnicas de Brainstorm
O que se segue são grandes idéias em como fazer uma tempestade mental – idéias de escritores
profissionais enovatos, de pessoas que prefeririam não ter de escrever e de pessoas que passam horas em
tempestade mental para determinar... bem, como fazer tempestades mentais.
Tente várias destas opiniões e desafie-se a variar as técnicas em que confia; algumas técnicas podem
servir melhor para um tipo de escritor em particular, outras para uma disciplina acadêmica, ou ainda outras
para uma determinada tarefa.Se a técnica que você tentar primeiro não parecer ajudá-lo, vá em frente e tente
algumas outras.
1) Escrita livre:
Quando você empregar a escrita livre, deixe o fluxo de seus pensamentos se externalizar livremente,
colocando a caneta no papel e escrevendo tudo o que aparecer na sua mente. Não julgue o que escrever e não
se preocupe com estilo ou outras questões superficiais de formato, comoortografia, gramática e pontuação.
Se você não conseguir pensar em o quê dizer, escreva isso também – mesmo. A vantagem desta técnica é que
você dá um descanso ao seu crítico interno e permite-se escrever coisas que você não escreveria se estivesse
totalmente auto-consciente.
Quando você escrever livremente, você pode fixar um limite de tempo (“Escreverei por 15 minutos!”)
usando até umcronômetro de cozinha ou o despertador; ou pode fixar um limite espacial (“Escreverei até
preencher quatro páginas de meu caderno, independente do que puder me interromper”; e então escreva até
alcançar seu objetivo). Pode-se fazer isso no computador ou no papel, e pode-se até tentar com os olhos
fechados ou o monitor desligado, o que encoraja a velocidade e a liberdade de pensamento.
O ponto crucialé que você deve manter-se escrevendo mesmo se parecer que você não está dizendo
nada. Palavra depois de palavra, não importa a relevância destas. Sua escrita livre deve parecer algo como
isso:
“Esta dissertação deveria ser sobre as políticas da produção de tabaco, mas, mesmo tendo
comparecido a todas as aulas e lido o livro, eu não consigo pensar em nada a dizer e sinto isto já há quatrominutos e eu ainda tenho onze minutos e fico pensando se continuarei a não pensar nada nestes próximos
onze minutos, mas não tenho certeza se realmente vale alguma coisa eu ficar aqui divagando e não sei o que
mais dizer sobre este tema e o tempo está chuvoso e eu jamais tinha me dado conta da quantidade de
rachaduras na parede e estas rachaduras me lembram das paredes da fazenda de meu avô e...
tracking img