Biologia aplicada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 37 (9147 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Disponibilidade de carboidratos e Formação
Adaptação: efeitos sobre o metabolismo celular
John A. Hawley1 e Louise M. Burke2
1Health Inovações Research Institute, Faculdade de Ciências Médicas, da Universidade RMIT, Bundoora, Victoria;
e 2Departamento de Nutrição Esportiva, Australian Institute of Sport, Belconnen, ACT, Australia
Hawley, J. A. e L.M. BURKE. Carboidrato disponibilidade eadaptação ao treinamento: efeitos sobre o metabolismo celular. Exerc. Sci esporte.
Rev., Vol. 38, No. 4, pp 152Y160, 2010. Vários marcadores de resistência a formação de adaptação são melhoradas em maior extensão quando
indivíduos realizar sessões de treinamento selecionados com baixo quando comparado com conteúdo normal de glicogênio muscular ou com baixo exógena
carboidratos disponibilidade. Osmecanismos potenciais subjacentes às respostas celulares decorrentes de tais nutrientes exercício interações
São discutidos no contexto de promover a adaptação da formação. Palavras-chave: AMPK, citrato sintase, treinamento de resistência, gordura
oxidação do glicogênio muscular, p38 MAPK, PGC-1
INTRODUÇÃO
A relação entre a ingestão de carboidrato dietético muscular,
conteúdo de glicogênio,e resistência a capacidade de exercício está bem
documentada, e tornou-se amplamente aceito que um highcarbohydrate
ingestão antes, em combinação com a suplementação de carboidrato
durante o exercício prolongado, submáximo, pode
adiar o desenvolvimento da fadiga muscular e aumentar
desempenho (5,11). Uma crença comum decorrente desta premissa
é que uma alta ingestão de carboidratos duranteo treinamento vai permitir
um atleta para treinar mais e mais e, assim, alcançar um
resposta formação superior. Assim sendo, nutricionistas esportivos e
fisiologistas do exercício consistentemente têm recomendado que
atletas que realizam treinamento que é dependente de glicogênio muscular
como uma fonte de combustível primário ou limitar consumir uma dieta que
fornece disponibilidadecarboidratos (6).
Nós propositadamente destacar a terminologia usada aqui, notando
que tem havido uma modificação subtil e frequentemente negligenciado
para as atuais diretrizes sobre nutrição esportiva
ingestão de carboidratos na dieta diária do atleta. Em vez de
promover uma ingestão'''' padronizada de alto teor de carboidratos para todos
atletas (independentemente de esta se expressa como umaporcentagem
do consumo de energia, total gramas, ou gramas por quilograma de corpo
massa (BM)), as diretrizes agora promover uma escala de
ingestão que está mais estreitamente alinhados com os custos de combustível previstos de
a formação do atleta e de recuperação (6). Esta recomendação é
sustentados pela lógica de que as sessões de formação deve ser
empreendidas com o fornecimento decombustível adequados de glicogênio muscular
e outros hidratos de carbono baseados em combustíveis.
No entanto, este ponto de vista não considerar a questão da
se se trata de uma falta ou um excesso de substrato e que desencadeia
promove o processo de adaptação da formação. Com efeito, o valor de
da disponibilidade de carboidratos para apoiar as exigências
de treinamento foi cumprida poralguns com ceticismo. Tal
ponto de vista é, sem dúvida, com base no facto de a longo prazo
estudos de indivíduos treinados para mostrar evidência clara de superior
resultados de desempenho de dietas ricas em carboidratos
em comparação com uma dieta de energia combinado baixo em carboidratos.
No entanto, revisões recentes desta literatura surpreendentemente escassa
identificaram que muitos dosestudos não podem ter
alcançados grandes diferenças na disponibilidade de carboidratos para
necessidades de formação, certamente, no contexto do contemporâneo
definição de ingestão de carboidratos recomendada (6).
Mudanças na ingestão de um dos atletas dieta e programa de treinamento
que altera a concentração de pelo sangue substratos ea
perturbações ambiente hormonal causam grandes no...
tracking img