Analise do documento: manifesto do partido comunista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1643 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Analise de documento, Manifesto do Partido Comunista
Fonte histórica é o documento em si, aquele com o qual o historiador maneja, afim de construir um conhecimento histórico.As fontes podem ser variadas desde, cartas oficiais, vestígios, fósseis, escritos, como fotografias, roupas, móveis; qualquer material que seja uma vestígio do passado.A bibliografia é o resultado de um trabalho feito com asfontes, elas são importantes pois representam o trabalho de historiadores, que refletiram sobre determinado tema, ou, investigaram sobre algum assunto, nos auxiliam na construção de um pensamento histórico.
O Manifesto Comunista, originalmente denominado Manifesto do Partido Comunista ,publicado pela primeira vez em 21 de fevereiro de 1848, em Londres, um pequeno panfleto que acabaria por setornar o documento político mais importante de todos os tempos ,de Karl Marx e Friedrich Engels. Passado mais de um século e meio, a atualidade e o vigor deste texto continuam a ser reafirmados por intelectuais das mais diversas correntes de pensamento.
Este tem o caráter hibrido , pois pode ser usado como fonte primária, já que foi analisado em diversos livros e por diversos autores, e reproduz asituação política de uma época é um documento escrito em seu tempo. Mas por ter sido escrito com base no pensamento do proletariado e exprime a diferença entre a burguesia e o proletariado, no próprio documento já existe uma análise e uma crítica do período histórico em que foi produzido.
O manifesto comunista tem um caráter panfletário, ou seja, a intenção era agregar o maior número deproletários para a luta contra a burguesia. Neste caso podemos observar que Marx e Engels a pedido partido comunista tinham a pretensão de:
*Convocar todo o proletariado para a luta contra a burguesia
*De forma viável e alternativa fazer uma proposta que a organização política e econômica fosse feita, ou seja, o Comunismo.
*Fazer com que os proletários se vissem como uma classe social, assim como aburguesia se via, com isso haveria uma maior possibilidade e facilidade para eu o proletariado lutasse pelos seus interesses.
No entanto, não e obteve êxito no que se esperava do manifesto, uma vez que os proletários não se viam como classe social e por sua vez não lutavam pelo interesse desta classe de forma revolucionária. O tão "aclamado" até os dias de hoje, Manifesto do Partido Comunista, é feitoem uma estrutura simples, até porque era necessário, uma vez que era destinado a trabalhadores que na sua maioria possuíam pouca instrução, é dividido em uma curta introdução seguida de três capítulos e uma breve conclusão.
O que se pode observar ao fazer a leitura do manifesto é que existia uma tentativa de atrair os movimentos operários, para que assim pudessem formar um em comum acordo meiopara derrotar aquilo que era algo ruim a todos, a burguesia, e através disso mudar toda a estrutura política, econômica e social das nações até onde o manifesto pode ir. Para que assim existisse um regime de igualdade de condição a todos.
Sendo assim podemos dizer que o Manifesto foi um apanhado de ideias carregadas de caráter científico, para uma revolução em toda a estrutura da sociedade, poresse motivo o manifesto é considerado por muitos como a bandeira como símbolo de poder do comunismo, ou seja, um marco da luta dos proletários. O manifesto é mais que um documento é uma fonte histórica um estandarte para o proletariado de todo o mundo.
O ano de 1848 foi marcado por movimentos revolucionários que tiveram rápida propagação nos grandes centros urbanos, pela consolidação do poderpolítico da burguesia e o surgimento do proletariado industrial enquanto força política foram os reflexos mais importantes daquele ano. O ano de 1848 também foi marcado pela publicação do "Manifesto Comunista" de Marx e Engels.
Segundo Eric Hobsbawm a “Primavera dos Povos” foi à primeira revolução global, onde se tornou uma “revolução mundial”. A Primavera dos Povos ocorreu em 1848 e foi...
tracking img