Marx

Páginas: 2 (259 palavras) Publicado: 11 de fevereiro de 2013
* Capital se apresenta, [quase que] erroneamente, sob duas formas elementares: mercadoria ou dinheiro; enquanto que o capitalista se apresenta comopossuidor de mercadorias ou de dinheiro.
* Os economistas erraram em identificar o capital em suas formas elementares (dinheiro e mercadoria) com o capital; eque o capital como valor de uso (formas de trabalho) é capital.
* Sob forma de dinheiro (ponto de partida da formação do capital), o capital existe apenascomo dinheiro (soma de valores de troca). Mas ele deve valorizar-se; deve gerar mais valores de troca. Ademais, o valor existente deve conservar-se e sersomado a um acréscimo (mais valia).
* O capital existe, aqui, como uma dada soma de valor (dinheiro) no qual se extinguiu todo valor de uso. A grandezadessa soma de valor (dinheiro) está limitada pelo montante/quantidade da soma de dinheiro que deve transformar-se em capital. Essa soma de valor (dinheiro)converte-se em capital na medida em que sua grandeza aumenta e se transforma em uma grandeza variável.
OBS: Grandeza constante: meios de trabalho.
* Estasoma de dinheiro só é considerada capital porque foi gasta com o objetivo de seu aumento. Esse aumento se dá da seguinte forma: Se o capital inicial era umasoma de valor (dinheiro) = x, então a finalidade é transformar esse x em capital, que se dá por x + Δx; onde Δx corresponde à mais-valia, excedente ou dinheiroadicional.
* Em sua condição de soma de dinheiro dada, x é grandeza constante e no curso do processo deverá se transformar em grandeza variável.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Marx
  • marx
  • marx
  • MARX
  • Marx
  • Marx
  • Marx
  • Marx

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!