Divida Externa

Páginas: 6 (1379 palavras) Publicado: 25 de novembro de 2013
 Dívida Externa adiquirida no regime militar:
Histórico, problemas, consequencias e sua superação

Iuri Juliano de Sousa¹

Ana Maria Veiga

¹Graduando do curso de Relações Internacionais pela UniversidadeFederal de Santa Catarina

iurirhapsody@hotmail.com

1. A dívida externa, sua contração na época do Regime Militar e suas consequencias

Com a ascensão dos militares ao poder, uma legimitação ante a sua população era necessária e o desenvolvimento economico foi a alternativa escolhida para gerar essa legitimação. Vale lembrar, que a situação economica do Brasil segue uma tendenciahistórica de ausência de poupança interna, isto é, não há investimento dos próprios empresários no desenvolvimento do país. Com esse latente problema de poupança interna o Estado decide utilizar o capital estrangeiro para financiar o período que nós chamamos de milagre economico, no qual se caracterizou pelas altas taxas de crescimento registradas entre os anos de 68 a 73. Capital utilizado paraa construção de obras públicas e a expansão de setores que o governo considerava de alta importância para o desenvolvimento economico e o projeto de Brasil potência. Além do mais, esse capital foi ostensivamente utilizado para a compra de bens de consumo estrangeiros como geladeiras, aparelhos de som, secadores de cabelo e automóveis, simbolos do American Way of Life, modo de vida patrocinadopelos Estados Unidos e exportado para todos os países latino-americanos como um modelo de sociedade ideal.
O grande problema é que com as crises do petroleo os vencimentos da dívida começaram a ter um custo muito elevado ao país, pois economias centrais, que eram as principais credoras, passaram a aumentar as taxas de juros como condição para a aquisição de novos empréstimos, gerando uma bola deneve de dívidas acumuladas. Outro agravante, é que o setor automotivo, um dos carros chefes da economia, era afetado pelos preços altos do petroleo, assim o país exportava um menor volume, não tendo condição de pagar os endividamentos, tendo que recorrer a mais dívidas para saldar os primeiros débitos contraidos.
As consequências da aquisição destes débitos são os seguintes: PrimeiramenteMilagre Economico foi marcado por um período de alta concentração de renda e por assim dizer aumento das desigualdades sociais, enquanto o setor da classe média ia bem e cada vez mais possuia condições de comprar produtos que seus amigos norte americanos possuiam, as camadas populares viam sua condição social se deteriorar se tornando os mais afetados por esse período de “Milagre”, você cria umaeconomia totalmente dependente de um setor ao invés de massificar o consumo para promover o desenvolvimento, isso cria um problema no futuro de falta de investimento interno( o que é recorrente na história nacional) criando mais débitos. A mais grave consequência é a total submissão do país a interesses de credores internacionais, pois eles definem e exigem o pagamento destes débitos, limitando oinvestimento em outras áreas, condenando o desenvolvimento e tornando refém aos interesses estrangeiros. Nildo Ouriques, ao pensar os efeitos desta submissão, questiona:

A miséria de milhões produzida pelas políticas econômicas na maioria dos países latino americanos não tem uma intima relação com o endividamento? E a soberania limitada de nossos países, não é fruto das obrigações financeiras queestamos atados secularmente? (OURIQUES, 2004).

Esta dívida se torna altamente prejudicial ao desenvolvimento brasileiro, e utilizando pressupostos de autores como Alexander Sack, na próxima sessão apresento-lhes o conceito de dívida odiosa e sua aplicação ao caso brasileiro como uma possível explicação a dívida externa brasileira.

2. Conceito de dívida odiosa

Pouco citado...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A divida externa e o serviço da dívida
  • Divida externa
  • Divida Externa
  • Divida Externa
  • Divida externa
  • divida externa
  • Divida externa
  • Divida externa

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!