Divida externa

Páginas: 21 (5147 palavras) Publicado: 19 de janeiro de 2014
A DÍVIDA EXTERNA E O MERCOSUL - A DÍVIDA EXTERNA COMO PROBLEMÁTICA PARA O
DESENVOLVIMENTO DO MERCOSUL

JOÃO HÉLIO FERREIRA PES*
Introdução


A dívida externa dos países do terceiro mundo tem sido um dos grandes problemas para o desenvolvimento econômico dessas nações e por conseqüência uma das causas provocadoras de exclusão social que atinge milhões de seres humanos.
Os paísesintegrantes do Mercosul, assim como os demais blocos econômicos formados por países em desenvolvimento, também são vítimas dessa situação, pois ao serem devedores de vultosas quantias passam a ser dependentes de políticas traçadas pelos organismos internacionais e pelas grandes potências, que não tem compromissos com o desenvolvimento econômico endógeno e, muito menos, com as populações de cada país. 
Apreocupação com a dívida externa fez com que, recentemente, representantes de altas instâncias dos países em desenvolvimento, como o Grupo dos 77, Movimento dos Não-Alinhados, Cnuced e organização da unidade
Africana(OUA), reunissem, um dia antes do encontro do G-8, realizado em Nago - Okinawa (Japão), para pedir aos países ricos o cumprimento da promessa, feita na reunião anterior em Colônia(Alemanha), de reduzir a dívida dos países mais pobres.
No encontro de Okinawa os representantes dos ricos, G-8: Estados Unidos, Canadá, Grã-Bretanha, Alemanha, França, Itália, Japão e Russia, decidiram quanto à dívida , apenas, "acelerar o tratamento dos expedientes dos 20 países pobres muito endividados para que possam ter suas dívidas aliviadas neste ano". Segundo Adrian Lovett, dirigente da ONG"Jubileu 2000" em depoimento noticiado pela imprensa mundial, esta decisão atingirá só uns US$ 15 bilhões dos US$ 100 bilhões de dólares de anulação de dívidas prometidos pelos oito mais poderosos do planeta em reunião de 1999 na Alemanha.
Os líderes das sete nações mais industrializadas, mais a Rússia, ou seja, o G-8, incluíram na pauta de discussão o tema do alívio da dívida dos países pobrescomo forma de enfrentar as críticas de que a globalização, o crescente fluxo de comércio e o investimento internacional só beneficiam os mais ricos e os conglomerados multinacionais. No entanto, as principais decisões foram quanto às políticas econômicas e monetárias de interesse dos ricos. Por tudo isto é que os debates giraram em torno da liberalização do comércio, regulamentação da internet,novas tecnologias e outros assuntos.
A pretensão deste texto é de contribuir com a discussão atualizadíssima, mas também permanente, da problemática acerca da dívida externa, analisando a origem e o crescimento da dívida brasileira, que não é diferente da realidade dos demais países em vias de desenvolvimento, especialmente os da América Latina, concluindo com uma análise sobre os efeitos provocadospelo endividamento externo no desenvolvimento da política integracionista, almejada na criação do Mercosul
Origem da dívida externa brasileira

A dívida externa do Brasil surgiu com o advento da chegada da família real portuguesa ao nosso país em 1808, quando D. João VI, fugindo da invasão Francesa comandada por Napoleão, trouxe junto a dívida contraída pela Casa Real Portuguesa na Inglaterra.Já em 1822, por ocasião do acordo da independência, o Brasil assumiu a dívida da coroa portuguesa de 1,3 milhões de libras esterlinas, correspondente a 30% do valor de nossas exportações, o que eqüivale hoje a cerca de 15 bilhões de dólares(GONÇALVES & POMAR, 2000).
A dívida, sempre crescendo, em 1889, na proclamação da república, era de 30,4 milhões de libras esterlinas e em 1930, no fim daRepública Velha, era de 237,3 milhões de libras esterlinas, sendo que 64,5% eram empréstimos
britânicos e 30,3% norte-americanos.
Grande parte da dívida contraída pelo Brasil nunca chegou ao nosso território, tendo ficado nos Estados Unidos, na Europa e, mais recentemente, no Japão, para pagar dívidas velhas. Das contraídas pelo Império junto a Londres boa parte era para cobrir as comissões de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A divida externa e o serviço da dívida
  • Divida Externa
  • Divida externa
  • Divida Externa
  • Divida Externa
  • Divida externa
  • divida externa
  • Divida externa

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!