Ciberativismo

Páginas: 5 (1083 palavras) Publicado: 10 de março de 2014
“É uma arena complementar de mobilização e politização, somando-se a assembléias, passeatas, atos públicos e panfl etos”, diz o professor de comunicação da Universidade Federal Fluminense Dênis de Moraes em seu texto O Ativismo Digital, divulgado, claro, na internet. Usado principalmente por ONGs e entidades civis, o ciberativismo é uma alternativa mais democrática e acessível do que os meios decomunicação de massa tradicionais e pode ser praticado por qualquer pessoa que tenha acesso à internet. E de várias formas.

Você pode participar de fóruns e grupos de discussões, mandar e-mails a representantes políticos exigindo providências sobre determinada questão, assinar abaixo-assinados online cobrando de empresas e autoridades o cumprimento dos direitos do consumidor (acesse o Portal doConsumidor), apoiar a causa dos direitos humanos e defesa de minorias (como nos sites internacionais Amnesty, HRW e nos brasileiros OAB e DHNet) e até mesmo criar blogs para divulgar essas e outras causas, como o combate à corrupção, a conservação da natureza e a propagação da cultura de paz.Na década de 90, a internet chegou mostrando a facilidade de conectar pessoas diferentes em diversaspartes do mundo e logo se tornou popular. A velocidade que as informações levam para ir de um extremo ao outro chamou atenção e despertou o interesse, incluindo a de ativistas que divulgavam suas ideias através de outros meios de comunicação. Foi então que surgiram os primeiros vestígios do Ciberativismo. Em 1995-1998, a revista estadounidense Z magazine ofereceu cursos online através da Left OnlineUniversity, aceitando inscrições no curso de "Utilizar a internet e sistemas eletrônicos para o ciberativismo."1
O Ciberativismo geralmente busca apoio para suas causas (que costumam ser de cunho ambiental, político ou social) através da Internet e de outros meios mediáticos; divulgam e abrem espaço para discussões, procurando algumas vezes estabelecer uma rede de solidariedade. A utilização dasinformações na Internet passou a ter maior visibilidade até mesmo pelo baixo custo e eficácia na resposta a curto, médio e longo prazo pela comunidade virtual.
Apesar de estar basicamente tudo à distância de um clique, não quer dizer que o Ciberativismo se restrinja apenas a isso. Além do virtual, ainda é necessária a existência do ativismo real, por um ainda ser muito dependente do outro e ambosfazerem parte de um processo que se completa. É preciso também, o comprometimento e conhecimento do/a ativista pela causa que se está lutando e não apenas um clique a mais ou a menos.
O que acontece no nosso mundo real, muitas vezes pode ser reproduzido virtualmente de formas semelhantes, como, por exemplo, a existência de passeatas, abaixo assinados, petições e atos de vandalismo na web. Algunssites foram invadidos e pichados, levando a marca do/a invasor/a ou tendo seu conteúdo modificado. Já as passeatas virtuais são feitas na intenção de boicotar um site impedindo que outras pessoas possam acessar, através de acordos de data e horário para entrar em determinado site. Para se tornar mais eficiente o ativismo necessita buscar meios mais eficientes de interação e o Ciberativismo tem estapreocupação e busca esta ação inovadora.
Atitudes semelhantes se aproximam das ações da Mídia Tática ou “faça você sua própria mídia”, mais ou menos como o principio do punk, incentivando cada pessoa ou cada grupo que deseja tomar uma atitude, ou divulgar suas ideias, a fazerem por eles próprios de novas formas ou utilizando os mesmos meios de forma criativa, sem esperar que outros tomem umaatitude. A desmistificação da mídia e a quebra dos padrões de informações que se restringem a certos grupos sociais ou intelectualizados.
Existem alguns grupos aqui no Brasil, e um dos destaques é o Centro de Mídia Independente. Site de publicação aberta(sem moderação prévia) que divulga notícias, textos, fotos, vídeos e denúncias a toda hora enviados por voluntários/as, que, segundo eles, devem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ciberativismo
  • Ciberativismo
  • Ciberativismo
  • Ciberativismo
  • Ciberativismo
  • Ciberativismo Atual
  • Ciberativismo e Cibercultura
  • Ciberativismo e democracia nas redes sociais. Um espaço de reivindicações e direitos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!