• Resenha sobre o documentário os impressionistas
    RESENHA SOBRE O DOCUMENTÁRIO : “OS IMPRESSIONISTAS” O documentário que é baseado em cartas, entrevistas e registros da época, 1862-1920, mostra um grupo de artistas em Paris que começam a enxergar a arte de maneira diferente, fugindo dos conceitos e...
    869 Palavras 4 Páginas
  • Um olhar para um movimento e uma analise de um artista para exemplificar o sujeito e sua subjetividade.
    militar caso Monet se comprometesse a cursar arte na universidade. Assim Monet deixou o exército e foi para universidade de artes. Foi por causa de sua decepção com os conceitos artísticos tradicionalistas da pintura académica, que Monet abandonou a universidades de arte e foi para a Paris estudar com...
    806 Palavras 4 Páginas
  • A realidade e a consciencia – giulio carlo argan - impressionismo
    Estetica e Historia da Arte II A realidade e a consciencia – Giulio Carlo Argan - Impressionismo O Impressionismo foi um movimento artistico do século XIX, que começou como uma associação privada de artistas de Paris e que fizeram a sua aparição publicamente em 1874 no estudio do fotografo...
    775 Palavras 4 Páginas
  • Um resumo sobre o movimento artististico expressionismo alemão e a cidade de são paulo
    mudou o rumo das artes no seu tempo. 2. EXPRESSIONISMO ALEMÃO O rótulo expressionismo, assim como a maioria do nome dos movimentos, não surgiu dos próprios artistas, “...floresceu na literatura promocional e nas resenhas críticas das exposições então em curso” (Behr, 2000, p.6). O...
    1586 Palavras 7 Páginas
  • História da arte
    . ATIVIDADE ARTISTICA E CONTEMPLACAO O conceito de arte como finalidade de obra/imitação E o conceito de belo como contemplação pura, agora se juntam. Natureza e arte se unem, pois a natureza gera a matéria prima que a arte trabalha conserva e da forma a obra, são atividades geradas pelas...
    9154 Palavras 37 Páginas
  • Impressionismo
    Europa se debatia com as mudanças provocadas, de certa forma, por um conjunto de revoluções que se fizeram sentir, surge em França, um movimento essencialmente pictórico, que viria a ser conhecido pelo nome de Impressionismo. É uma nova arte em que se busca, não percepcionar o objecto em si, mas a...
    6727 Palavras 27 Páginas
  • Resenha sobre Jorge Coli
    Para um desempenho melhor em fazer uma resenha sobre o livro, iremos tratar de cada capítulo de forma separada. Capítulo 1 - Introdução Não existe só uma ideia do que é a arte, para algumas pessoas um objeto qualquer pode ser definido como arte. Mesmo com essa liberdade para uma definição...
    1902 Palavras 8 Páginas
  • Resumo 02 Historia do Cinema
    Pré Cinema Arte nova, arte de apropriação de outras artes, como Fotografia, Teatro, Performance, Música. Tudo faz parte do cinema. Cinema articua as artes do tempo e do espaço. Era uma arte menos nobre. Nasce para pobres - define cinema. Projeção imagem, publico, cobrança de ingresso. Thomas...
    1622 Palavras 7 Páginas
  • Resenha do texto de charles baudelaire
    . Ele também faz uma alusão dos sonhos a um cristal, tal como é possível perceber em sua afirmação “as pedras e as matérias são sublimes: o homem é o verdadeiro caos”. Já na fantasia, encontramos a mais importante contribuição de Baudelaire para a lírica e a arte modernas. Conceitos de decomposição e...
    1687 Palavras 7 Páginas
  • Metodologia científica: o que é fichamento, resenha, resumo, sinopse, resenha crítica, esquemas
    leitura, resumo, na crítica e na formulação de um conceito de valor do livro feitos pelo resenhista. A resenha crítica, em geral é elaborada por um cientista que, além do conhecimento sobre o assunto, tem capacidade de juízo crítico. Também pode ser realizada por estudantes; nesse caso, como um...
    4219 Palavras 17 Páginas
  • Fichamento
    realizar um resumo mais exaustivo quanto às informações contidas num texto. Suponha-se agora que o estudioso esteja realizando um texto sobre a arte impressionista e necessite de informação sobre o conceito desse movimento. Tomemos novamente o texto de Serullaz para elaborar a ficha de resumo...
    6832 Palavras 28 Páginas
  • Resenha do livro: História Social da Arte e da literatura – HAUSER, Arnold (Capítulo 1)
    História da Arte I – Paloma Oliveira Aluna: Mariana Fernandes Ribeiro Resenha do livro: História Social da Arte e da literatura – HAUSER, Arnold (Capítulo 1) 1. OS TEMPOS PRÉ- HISTÓRICOS PERÍODO PALEOLÍTICO: MAGIA E NATURALISMO Não há muitos...
    1490 Palavras 6 Páginas
  • Impressionismo: paris e modernidade
    Universidade do Estado do Rio de Janeiro Faculdade de Comunicação Social Curso de Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas Resenha sobre a exposição:  Impressionismo: Paris e a modernidade Aluno(a...
    385 Palavras 2 Páginas
  • Resenha sobre o documentário "The impressionists"
    Resenha sobre o documentário “Os impressionistas” UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA – UNAMA CENTRO DE CIÊNCIAS EATAS E TECNOLÓGICAS – CCET CURSO : ARQUITETURA E URBANISMO Disciplina : Estética e História da Arte Professor : Jorge Eiró Aluna : Yasmim Barros Turma : 1AUM2 1 A busca pelos...
    533 Palavras 3 Páginas
  • impressionismo
    O impressionismo foi um movimento artístico que surgiu no século XIX, na França. Considerado o marco inicial da Arte Moderna. Começou com um grupo de jovens pintores que rompeu com as regras da pintura vigentes, criando assim uma nova visão da natureza, demonstrando a sensibilidade do artista e a...
    326 Palavras 2 Páginas
  • Por que as comunicações e as artes estão convergindo?
    RESENHA PRONTA Porque as comunicações e as artes estão convergindo? I – OBRA:FORMULÁRIO DE RESENHA BIBLIOGRÁFICAAdaptado do modelo de ANTÔNIO RUBBO MÜLLER1. RESENHISTA:Samantha Pavan Sorpreso2. AUTOR: Maria Lúcia Santaella 3. TÍTULO: Porque as comunicações e as artes estão convergindo? 4...
    2704 Palavras 11 Páginas
  • Resenha do Impressionismo
    Resenha sobre o Impressionismo O Impressionismo revolucionou a pintura por dar novas tendências á arte no século XX O Impressionismo dava mais ênfase ao efeito da luz do sol sobre os objetos e pessoas e as alterações das cores sobre o efeito da iluminação do sol. Não havendo nenhuma teoria de...
    669 Palavras 3 Páginas
  • Por uma Sociologia Menor
    POR UMA SOCIOLOGIA MENOR: G. SIMMEL Resenha do livro de SIMMEL, Georg. Questões fundamentais da sociologia: indivíduo e sociedade. Tradução de Pedro Caldas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006, 120p. Antonio Crístian Saraiva Paiva1 Num texto em homenagem a um dos autores clássicos do cânone da...
    3440 Palavras 14 Páginas
  • Contra cultura no Brasil e nos Estados Unidos
    marcada por um momento temporal que é essencialmente cultural, ou seja, identifico no surgimento do pós-moderno através da Pop-Art uma expressão inequívoca da influência do movimento da contracultura sobre a concepção de arte. Porém, Jean-François Lyotard não aceita tal conceito como período histórico, vê...
    3553 Palavras 15 Páginas
  • Resenha do livro argumentação contra a morte da arte ferreira gullar
    RESENHA DO LIVRO ARGUMENTAÇÃO CONTRA A MORTE DA ARTE FERREIRA GULLAR “... Sei que sou as duas coisas mas é muito melhor ser estilingue. Gostaria que as pessoas concordassem comigo, acharia ótimo. Só que isso não acontece e termino levando muita pedrada..” Ferreira Gullar Conforme Gullar...
    6719 Palavras 27 Páginas