Os Conceitos Da Arte Impressionismo Resenhas artigos e trabalhos de pesquisa

  • Resenha sobre o documentário os impressionistas

    RESENHA SOBRE O DOCUMENTÁRIO : “OS IMPRESSIONISTAS” O documentário que é baseado em cartas, entrevistas e registros da época, 1862-1920, mostra um grupo de artistas em Paris que começam a enxergar a arte de maneira diferente, fugindo dos conceitos e costumes de arte que se era acostumado a ver, causando assim uma coisa nova, estranha, que de inicio não era reconhecida e nem considerada arte. Era o inicio do movimento artístico conhecido como impressionismo...

    869  Palavras | 4  Páginas

  • A realidade e a consciencia – giulio carlo argan - impressionismo

    Estetica e Historia da Arte II A realidade e a consciencia – Giulio Carlo Argan - Impressionismo O Impressionismo foi um movimento artistico do século XIX, que começou como uma associação privada de artistas de Paris e que fizeram a sua aparição publicamente em 1874 no estudio do fotografo Nadar. O movimento foi nomeado depois da exibição do quadro de Claude Monet chamado “Impression, soleil Levant” (1872/1873), sendo este o termo cunhado pelo crítico Louis Leroy. Para retaliar contra a dominância...

    775  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha crítica -O clássico e suas transições históricas

    RESENHA SOBRE O TEXTO o CLÁSSICO E SUAS TRANSIÇÕES HISTÓRICAS 1 OBRA Mattos, Paula de Vicenza Fidelis Belfort; O Clássico e suas transições históricas; 2008; 19 p. 2 CREDENCIAIS DO ARTISTA Paula de Vicenza Fidelis Belfort Mattos, é doutora em história da arquitetura pela FAU/USP; mestre em artes visuais pelo instituto de artes da UNESP; Especialista...

    1448  Palavras | 6  Páginas

  • Impressionismo

    ................... 3 IMPRESSIONISMO ............................................................................................ 4 PRÉ-IMPRESSIONISMO..................................................................................... 5 – EM DIRECÇÃO AO IMPRESSIONISMO – ...................................................................... 6 - ORIENTAÇÕES GERAIS QUE CARACTERIZAM A PINTURA IMPRESSIONISTA - ............................ 7 A INFLUÊNCIA DO IMPRESSIONISMO ..........................

    6727  Palavras | 27  Páginas

  • História da arte

    Yasmin Alves Poloni Universidade Anhembi Morumbi RA: 20192902 PORTIFÓLIO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Arte e Cultura Julho 2012 01/03/2012 – ARTE E CULTURA Textos: * NUNES, Benedito. Introdução à filosofia da arte. São Paulo, Ática, 2000. * CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 1995. O BELO E A ARTE Essência comum das artes, imitação (mimese) da realidade natural que já existe (paisagens, universo). A filosofia da antiguidade adota três princípios:...

    9154  Palavras | 37  Páginas

  • Resenha sobre Jorge Coli

    Para um desempenho melhor em fazer uma resenha sobre o livro, iremos tratar de cada capítulo de forma separada. Capítulo 1 - Introdução Não existe só uma ideia do que é a arte, para algumas pessoas um objeto qualquer pode ser definido como arte. Mesmo com essa liberdade para uma definição, sabemos que a Mona Lisa, que a Nona Sinfonia de Beethoven, que a Divina Comédia, que Guernica de Picasso ou o Davi de Michelangelo são, indiscutivelmente, obras de arte. Mas as vezes somos surpreendidos como...

    1902  Palavras | 8  Páginas

  • Metodologia científica: o que é fichamento, resenha, resumo, sinopse, resenha crítica, esquemas

    METODOLOGIA CIENTÍFICA: O QUE É FICHAMENTO, RESENHA, RESUMO, SINOPSE, RESENHA CRÍTICA, ESQUEMAS O que é fichamento, resenha , resumo, sinopse, resenha critica, dentre outros e exemplo de todos. Introdução O trabalho a seguir trata de assuntos acerca de métodos científicos, sendo estudado neles, sinopses, resumos, esquemas, resenhas criticas, resumos críticos e fichamentos. Expondo dados relevantes no conhecimento, para que se possa fazer bem os descritos acima, apresentando definições e exemplos...

    4219  Palavras | 17  Páginas

  • Resenha do texto de charles baudelaire

    Resenha do texto de CHARLES BAUDELAIRE A lírica, modalidade onde o autor exprime seus sentimentos ou ideias através do canto ou da rima, em versos, geralmente sem a necessidade de intermediários ou narradores, tomou forte influência e destaque, principalmente, com sua vertente francesa. Por sua vez, a lírica francesa sofreu influência de Baudelaire. Charles-Pierre Baudelaire, no século XIX, começa a realizar estudos e lançar teorias baseadas na modernidade, traçando um novo panorama para...

    1687  Palavras | 7  Páginas

  • Resenha do livro: História Social da Arte e da literatura – HAUSER, Arnold (Capítulo 1)

    História da Arte I – Paloma Oliveira Aluna: Mariana Fernandes Ribeiro Resenha do livro: História Social da Arte e da literatura – HAUSER, Arnold (Capítulo 1) 1. OS TEMPOS PRÉ- HISTÓRICOS PERÍODO PALEOLÍTICO: MAGIA E NATURALISMO Não há muitos registros da Era Paleolítica, mesmo assim, não se sabe o porquê do grande interesse sobre este período, que talvez possam estar ligados pela forma humanitária que os povos tinham em se relacionar e o valor que...

    1490  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha Crítica s/ Texto de Virgínia Moreira, "Da empatia à compreensão do lebenswelt (mundo vivido) na psicoterapia humanista fenomenológica

    estudo o indivíduo. O objetivo geral da obra é um aprofundamento nos principais conceitos teóricos e metodológicos da fenomenologia existencial e humana através do processo terapêutico e experiência clinica - compreensão da experiência e do conceito de lebenswelt (mundo vivido) e o desenvolvimento do processo terapêutico na perspectiva da intersecção entre o lebenswelt do sujeito e do terapeuta. Trata-se de uma resenha crítica que apresenta o artigo Da Empatia à Compreensão do Lebenswelt (Mundo Vivido)...

    1379  Palavras | 6  Páginas

  • Por que as comunicações e as artes estão convergindo?

    RESENHA PRONTA Porque as comunicações e as artes estão convergindo? I – OBRA:FORMULÁRIO DE RESENHA BIBLIOGRÁFICAAdaptado do modelo de ANTÔNIO RUBBO MÜLLER1. RESENHISTA:Samantha Pavan Sorpreso2. AUTOR: Maria Lúcia Santaella 3. TÍTULO: Porque as comunicações e as artes estão convergindo? 4. COMUNIDADE QUE FOI PUBLICADA: São Paulo – SP 5. FIRMA PUBLICADORA: Editora Paulus 6. ANO: 2005 7. NÚMERO DE PÁGINAS: 70 8. FORMATO: Brochura 9. PREÇO: R$19,90 10. EDIÇÃO: 3a Edição, 2008 II. – CREDENCIAIS...

    2704  Palavras | 11  Páginas

  • Resenha sobre o documentário "The impressionists"

    Resenha sobre o documentário “Os impressionistas” UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA – UNAMA CENTRO DE CIÊNCIAS EATAS E TECNOLÓGICAS – CCET CURSO : ARQUITETURA E URBANISMO Disciplina : Estética e História da Arte Professor : Jorge Eiró Aluna : Yasmim Barros Turma : 1AUM2 1 A busca pelos efeitos, sensações e impressões iniciaram-se em Paris, entre 1860 e 1870. Seus pintores procuraram, a partir da observação direta do efeito da luz solar sobre os objetos, registrar em suas telas as constantes...

    533  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha do Impressionismo

    Resenha sobre o Impressionismo O Impressionismo revolucionou a pintura por dar novas tendências á arte no século XX O Impressionismo dava mais ênfase ao efeito da luz do sol sobre os objetos e pessoas e as alterações das cores sobre o efeito da iluminação do sol. Não havendo nenhuma teoria de como proceder ao estilo impressionista os pintores apenas algumas regras práticas na hora da pintura sendo algumas delas: * Fazer alterações nas cores quando expostas a luz. * As figuras não possuíam...

    669  Palavras | 3  Páginas

  • IMPRESSIONISMO

    IMPRESSIONISMO Introdução à Fotografia Professora: Silvana Louzada Pedro Chaves - Publicidade IMPRESSIONISMO Foi um movimento artístico que surgiu na França. Passou a explorar, de forma conjunta, a intensidade das cores e a sensibilidade do artista. A denominação “impressionismo” foi dada após a declaração pejorativa do crítico de arte francês Louis Leroy ao ver a tela “Impression du Soleil Levant”( Impressão, nascer do Sol ), de Monet, um dos principais artistas do...

    515  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha do livro argumentação contra a morte da arte ferreira gullar

    RESENHA DO LIVRO ARGUMENTAÇÃO CONTRA A MORTE DA ARTE FERREIRA GULLAR “... Sei que sou as duas coisas mas é muito melhor ser estilingue. Gostaria que as pessoas concordassem comigo, acharia ótimo. Só que isso não acontece e termino levando muita pedrada..” Ferreira Gullar Conforme Gullar, antes do impressionismo os críticos conseguiam reconhecer de forma segura as produções artistas e classificá-las como arte ou não, porém, após esse período essa referencia foi perdida passando-se a aceitar...

    6719  Palavras | 27  Páginas

  • artes

    DE INTERIORES Ano: Habilitação: Tronco Comum Código: Disciplina: Arte da Pré-História à Idade Média Curso: Artes Visuais (Bacharelado) Semestre: 1ª CHA: 32 horas EMENTA: Arte pré-história. Arte das civilizações antigas. Arte das civilizações orientais. Arte da antiguidade clássica greco-romana. Arte medieval: arte paleocristã e estilos bizantino, românico e gótico. OBJETIVOS: Promover o conhecimento da arte como superestrutura cultural e reflexo da maneira de agir, pensar e sentir...

    14372  Palavras | 58  Páginas

  • História da arte

    Resenha PROENÇA, Graça. História da Arte. São Paulo: Editora Àtica, 1944. Em “A História da Arte” de Graça Proença é mostrado os grandes movimentos artísticos, desde o paleolítico até os tempos modernos, uma obra que abrange de forma contextualizada a História da Arte, bem detalhada e com figuras legendadas, onde seu principal objetivo é estudar a evolução da arte através dos tempos. A autora é licenciada em Filosofia...

    2296  Palavras | 10  Páginas

  • IMpressionismo

    Impressionismo Impressionismo foi um movimento artístico que surgiu na pintura europeia do século XIX. O nome do movimento é derivado da obra Impressão, nascer do sol (1872), de Claude Monet. Tudo começou com um grupo de jovens pintores que rompeu com as regras da pintura vigentes até então. Os autores impressionistas não mais se preocupavam com os preceitos do Realismo ou da academia. A busca pelos elementos fundamentais de cada arte levou os pintores impressionistas a pesquisar a produção pictórica...

    511  Palavras | 3  Páginas

  • Pos Impressionismo

    Pós- Impressionismo MÓDULO 8- TRABALHO PRÁTICO H I S T O R I A D A C U LT U R A E D A S A R T E S 11ºF - Design Interiores e ExterioresDaniela Leitão nº8 Disciplina : Historia da Cultura e das Artes Professor: Paulo Nunes Índice • • • • • • • • Classificação*************************** Pagina 4 Contexto Histórico********************** Pagina 5 Pós-impressionismo********************* Pagina 10 Analise ****************************** Pagina 13 Técnica******************************* Pagina 20 Significo...

    2575  Palavras | 11  Páginas

  • Impressionismo e modernismo

    LITERATURA: IMPRESSIONISMO: Na pintura: • A pintura deve registrar as tonalidades que os objetos adquirem ao refletir a luz solar num determinado momento, pois as cores da natureza se modificam constantemente, dependendo da incidência da luz do sol. • As figuras não devem ter contornos nítidos, pois a linha é uma abstração do ser humano para representar imagens. • As sombras devem ser luminosas e coloridas, tal como é a impressão visual que nos causam, e não escuras ou pretas, como os pintores...

    2988  Palavras | 12  Páginas

  • Impressionismo

    (escola) (nome) IMPRESSIONISMO (cidade – estado) 2014 Sumário Introdução ..................................................................................................3 Impressionismo História do Impressionismo .................................................................. 5 Pintura Impressionista...........................................................................7 Escultura Impressionista...........................

    2055  Palavras | 9  Páginas

  • Impressionismo

    IMPRESSIONISMO O impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura. Este movimento que surgiu na França em meados do século 19 , Este movimento é considerado o marco inicial da arte moderna. O nome “impressionismo” deriva de uma obra de Monet chamada Impressão, nascer do Sol (1872). Eles buscavam fugir do conceito do realismo, e sim tentavam dar movimento e luz a obra. Utilizando pinceladas soltas tornam-se o principal elemento da pintura, sendo que geralmente as...

    670  Palavras | 3  Páginas

  • Impressionismo

    Impressionismo (séc XIX) Índice Introdução 1. A origem do Impressionismo 1.1 Édouard Manet 1.2“Le Salon des Refuses” 1.3 As características da Pintura Impressionista 1.4 Camille Pissaro 1.5 Mulheres na Pintura Impressionista 1.6 1863- 1926 1.7 O impressionismo nos dias de hoje Conclusão Bibliografia INTRODUÇÃO Procuro com este trabalho mostrar como se iniciou o movimento artístico do séc. XIX- O impressionismo. A importância deste tipo de pintura. A aceitação pelo público...

    1888  Palavras | 8  Páginas

  • Impressionismo

    IMPRESSIONISMO Recebe o nome de Impressionismo, a corrente artística que surgiu na França, principalmente na Pintura, por volta do ano de 1870. Esse movimento, de cunho antiacademicista, propôs o abandono das Técnicas e temas tradicionais saindo dos ateliês iluminados artificialmente para resgatar ao ar livre a Natureza, tal como ela se mostrava aos seus olhos, segundo eles, como uma soma de cores fundidas na Atmosfera. Assim, o nome impressionismo não foi casual. Considerado um marco da arte moderna...

    3485  Palavras | 14  Páginas

  • impressionismo

     UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Artes e Letras IMPRESSIONISMO Alexandre Mourão Santos nº34335 Trabalho de investigação para a Unidade Curricular de História da Arte (1º ano/1ºsemestre) Licenciatura em Ciências da Comunicação (1ºCiclo de estudos) Orientador: Profª Doutora Fátima Oliveira Caiado Covilhã, 18 de Novembro de 2014 Índice INTRODUÇÃO:………………………………………………………….…………………………(pág.3) CAPÍTULO I: IMPRESSIONISMO……………………….…………………………………..(pág.4) I.1. Enquadramento...

    3967  Palavras | 16  Páginas

  • Arte e cultura

    Aula: 23/02 Tema: Eixo diacrônico Resumo dos Conceitos expostos em sala: O eixo diacrônico permite retomar ao passado, reconstituindo determinados períodos históricos ;as condições sociais, econômicas e políticas, remetendo à transmissão de práticas e costumes. Acompanha os acontecimentos e pode ser caracterizado pelas transformações ocorridas no tempo. É apreciada a formação histórica local como revelador de diferentes processos. A diacronia na linguagem é o eixo em que acontecem as modificações...

    4988  Palavras | 20  Páginas

  • impressionismo

    O Impressionismo:  é um movimento artístico surgido na França no século XIX. Na exposição de 1874, Edmond Renoir, irmão do pintor Auguste Renoir, dá o nome à tela "Impressão: Nascer do Sol", de Claude Monet. Foi então que o crítico Louis Leroy (1812-1885) escreveu no "Charivari", publicação política, literária e satírica popular: "Selvagens obstinados, não querem por preguiça ou incapacidade terminar seus quadros. Contentam-se com uns borrões que representam suas impressões. Que farsantes! Impressionistas...

    6646  Palavras | 27  Páginas

  • impressionismo

    Impressionismo________________________________________5 4.1- Impressionismo na Pintura ______________________________________6 4.1.1- Édouard Manet________________________________________7 4.1.2- Claude Monet_________________________________________7 4.1.3- August Renoir_________________________________________8 4.1.4 –Edgar Degas__________________________________________8 4.2-Impressionismo na Escultura_____________________________________9 4.3- Impressionismo na Literatura___________________________________10 ...

    1737  Palavras | 7  Páginas

  • Conceitos de arte moderna

    CONCEITOS DE ARTE MODERNA SANDRA ASSENÇO NAVARRO, R. A. 1056183 LICENCIATURA EM ARTES Mogi Guaçu 2010 1. IMPRESSIONISMO Não há como falar do impressionismo sem citar Edouard Manet por ser precursor do impressionismo. Com seu jeito controvertido e contestador, passou a utilizar cores puras, brilhantes e não se ateve ao costume da época em retratar temas históricos. Podemos observar estas características...

    1637  Palavras | 7  Páginas

  • Arte seculo XX

    ARTE DO SÉCULO XX CAPITULO 1 INTRODUÇÃO AO MODERNISMO Foi no século XIX na sofisticada Paris, que um grupo de amigos pintores, teve a oportunidade de expor seus trabalhos. Os quais muitas vezes foram recusados pelos júris das exposições dos salões oficiais, ou haviam sido expostas de uma forma onde as cores frescas e vivas desabrochavam sem serem notadas. Foi o fotógrafo Nadar, que disponibilizou um espaço para os amigos pintores, os quais escolheram as obras, e nenhum especialista...

    1530  Palavras | 7  Páginas

  • Impressionismo

    fictícia onde o espaço escolhido foi o Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo. O tema da exposição é “A Importância da Arte para a Humanidade do século XXI”. O período escolhido foi o Impressionismo. Aqui se relata por escrito alguns tópicos de justificativa da exposição e do cartaz produzido. Palavras-chave: impressionismo, exposição, século XXI SUMÁRIO INTRODUÇÃO .............................................................................

    1521  Palavras | 7  Páginas

  • Impressionismo

    http://www.historiadaarte.com.br/linha/impressionismo.html A HISTÓRIA DO IMPRESSIONISMO           IMPRESSIONISMO          O Impressionismo foi o movimento das artes plásticas, desenvolvido na pintura, no final do século XIX, na França, e que influenciou muito a música. Constitui-se no marco da arte moderna por ser o início do caminho rumo ao Abstracionismo. Embora mantenha temas do realismo, não se propõe a fazer denúncia social. Retrata paisagens urbanas e suburbanas, como o naturalismo...

    3300  Palavras | 14  Páginas

  • Impressionismo

    UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS – UEMG Faculdade de Educação – FaE / CBH Curso de Pedagogia – NF VII C Disciplina: Arte A CAPTURA DO INSTANTE - IMPRESSIONISMO - Bárbara Sousa Abreu - Joyce Santos - Suzana Morais BELO HORIZONTE, NOVEMBRO, 2014. IMPRESSIONISMO O Impressionismo é um movimento artístico surgido na França no século XIX que criou uma nova visão conceitual da natureza utilizando pinceladas soltas dando ênfase na luz e no movimento...

    2116  Palavras | 9  Páginas

  • Pós Impressionismo

    1 Introdução Pós-impressionismo é o nome que se dá a diferentes estilos e tendências artísticas cuja origem encontra-se no Impressionismo, tanto como uma reação contrária a ele como visando um desenvolvimento maior da escola. Alguns autores dizem que o pós-impressionismo não caracteriza propriamente um movimento artístico, mas sim uma reação ao impressionismo e neo-impressionismo francês, e veio contra o impressionismo devido à sua superficialidade ilusionista da análise à realidade. A expressão...

    2312  Palavras | 10  Páginas

  • CONCEITOS DE ARTE MODERNA Libre

    CONCEITOS DE ARTE MODERNA” DO IMPRESSIONISMO AO SURREALISMO      CLARETIANO – CENTRO UNIVERSITÁRIO DISCIPLINA: HISTÓRIA DA ARTE PROFESSORA: MARIA CAROLINA R DE ALMEIDA ALUNA: SANDRA JULIANA DOS SANTOS RA 1133262 LICENCIATURA EM ARTES - 2ºSEM – POLO CAMPINAS/SP INTRODUÇÃO O conceito de arte moderna designa toda criatividade e produção artística que iniciou no fim do século XIX, e se estendeu até os anos de 1970. A arte modernista, segundo alguns estudiosos, “conversa” com todos os estilos...

    5632  Palavras | 23  Páginas

  • artes

    Trabalho de Arte Renovação Artistica e cultural da segunda metade do século XIX Julho/2014 Nas últimas décadas do século XIX, vários acontecimentos mudaram o rumo da sociedade: a Revolução Industrial estabeleceu novas relações sociais, econômicas e culturais na Europa; Paris tornou-se o centro das artes; os impressionistas fizeram sua primeira exposição; nasceu o debate sobre a criação artística e o mercado de arte de colecionadores. Pierre-Auguste Renoir (1841-1919)...

    2682  Palavras | 11  Páginas

  • Realismo, Impressionismo e Pós-impressionismo

    REALISMO, IMPRESSIONISMO E PÓS-IMPRESSIONISMO – Coubert, Monet, Rodin, Manet, Renoir e Degas, Cézanne, Seurat, Van Gogh, Gauguin, Toulouse Lautrec 1 – Realismo Antes mesmo de falar de realismo é importante frisar o movimento anterior a ele, um movimento de bases realistas, mas que em suas características gerais ainda eram românticos ou clássicos, além de não trazerem essa ausência de carga poética e uma presença excessiva do desejo de uma técnica. A cor e a forma se tornam fundamentais no...

    2349  Palavras | 10  Páginas

  • Impressionismo e expressionismo

    O Impressionismo no mundo e no Brasil e seus expoentes O impressionismo quebrou os paradigmas da sua época ao romper a barreira de obras aceitas no mercado nesse período, com cores vibrantes, traços soltos e leves e que não se importavam mais em transmitir a realidade, mas sim em transmitir a luz e a vibração do momento eternizado. Esse movimento começou na pintura francesa do século XIX, na chamada Belle Epóque e este nome é derivado de uma obra de Monet chamada Impressão, nascer do sol (1872)...

    2442  Palavras | 10  Páginas

  • Artes

    A arte mininal No inicio dos anos sessenta onde o propósito dos quadros era “É isto e mais nada”. Frank Stella, por seu lado, expõe as pinturas negas, afirmando que “o que se vê é o que se vê”. Ambos são fundadores de um movimento que passaria a ser conhecido como oposição arte minimal e que se desenvolveria nos Estados Unidos, como oposição ao expressionismo abstrato e a todos os conceitos que lhe estavam subjacentes. Á subjetividade na arte contrapunham a ordem racional, o rigor conceptual,...

    965  Palavras | 4  Páginas

  • Impressionismo

    O Impressionismo Com uma Europa vinda de uma série de revoluções e com bastantes mudanças provocadas por estas, surge o impressionismo em Paris (França) cerca de 1865. Uma visão que foi inserida pelos realistas especialmente por Courbet e Millet, com a pintura de paisagens origina uma outra revolução mas na arte. Esta técnica de pintura viria chocar os académicos não sendo aprovada por estes e inicialmente rejeitada. A arte mundial estava dominada pela Academia de Belas Artes. Em que se ...

    839  Palavras | 4  Páginas

  • Impressionismo

    IMPRESSIONISMO O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes tendências da arte do século XX. Havia algumas considerações gerais, muito mais práticas do que teóricas, que os artistas seguiam em seus procedimentos técnicos para obter os resultados que caracterizaram a pintura impressionista. Este movimento é considerado o marco inicial da arte moderna. O nome “impressionismo” deriva de uma obra de Monet chamada Impressão, nascer do Sol (1872)...

    1553  Palavras | 7  Páginas

  • IMPRESSIONISMO 2013

    APOSTILA DE ARTE PROFESSORA: MEIRE DE FALCO 2º BIMESTRE NOME__________________________ SÉRIE: _________ IMPRESSIONISMO O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes tendências da arte do século XX. Havia algumas considerações gerais, muito mais práticas do que teóricas, que os artistas seguiam em seus procedimentos técnicos para obter os resultados que caracterizaram a pintura impressionista. Principais características da pintura:...

    2708  Palavras | 11  Páginas

  • ARTES - DO RENASCIMENTO ATE OS TEMPOS MODERNOS

    Médio Disciplina: Artes Aluno (a): Rafaela Quites Trabalho apresentado ao curso EJA – Educação de Jovens e Adultos referente à matéria de Artes. Brasília, Janeiro de 2015. Sumário Introdução 3 Módulo I – Os períodos da Arte Clássica 4  Pré-história 4  Arte Egípcia 4  Arte Grega 5  Arte Romana 5 Módulo II – Os períodos da Nova Arte 6  Renascimento 6  Impressionismo 6  Expressionismo 7  Surrealismo 7  Cubismo 8 Módulo III – Arte Contemporânea e a Arte nos dias de hoje 9...

    2483  Palavras | 10  Páginas

  • ARTE CONTEMPORÂNEA, E A ARTE NOS DIAS DE HOJE

    OS PERÍODOS DA NOVA ARTE Sumário - Renascimento - Surrealismo - Impressionismo - Cubismo - Expressionismo Introdução Criação humana com valores estéticos (beleza, equilíbrio, harmonia, revolta) que sintetizam as suas emoções, sua história, seus sentimentos e a sua cultura. É um conjunto de procedimentos utilizados para realizar obras, e no qual aplicamos nossos conhecimentos...

    1858  Palavras | 8  Páginas

  • Impressionismo

    Página |1 MARCELO JOSÉ PIRES – RA 1090907 História da Arte – do Impressionismo ao Surrealismo Prática Centro Universitário Claretiano Licenciatura em Artes História da Arte Prof.ª Aline Martins Delalibera Polo São Paulo Página |2 História da Arte - do Impressionismo ao Surrealismo O trabalho permitiu percorrer a trajetória proposta pela disciplina, iniciando com o PréImpressionismo. A opção por John Constable deve-se ao fato desse artista inglês ter sido um dos pioneiros ...

    1659  Palavras | 7  Páginas

  • Resumo artes

    significa que o Renascimento não foi um movimento de alguns artistas, mas uma nova concepção de vida adotada por uma parcela da sociedade, e que será exaltada e difundida nas obras de arte. Apesar de recuperar os valores da cultura clássica, o Renascimento não foi uma cópia, pois utilizava-se dos mesmos conceitos, porém aplicados de uma nova maneira à uma nova realidade. Assim como os gregos, os homens “modernos” valorizaram o antropocentrismo: “O homem é a medida de todas as coisas”; o entendimento...

    1688  Palavras | 7  Páginas

  • Artes - Barroco e Impressionismo

    Artes Impressionismo e Pintura Barroca Impressionismo -Conceito Histórico: O nome Impressionismo, como tantos outros exemplos na História da Arte (o termo gótico ou maneirismo, por exemplo), inicialmente teve um cunho pejorativo, foi imprimido ao trabalho de um grupo de artistas que, de acordo com os críticos da época, acreditavam na impressão do momento como algo tão expressivo que bastava para um quadro prescindir...

    1293  Palavras | 6  Páginas

  • Didática da História da ARTE

     Curso Pós Graduação Lato Senso em História da Arte Didática do Ensino da Arte Tema: IMPRESSIONISMO Aluna: Maria Luiza Gil de Oliveira da Motta Prof º Edson Santos da Silva Ubatuba 2008 Sumário 1- Introdução 04 2- Desenvolvimento...

    1336  Palavras | 6  Páginas

  • Ensaio sobre o impressionismo

    Artística e Cultural História das Artes Visuais Impressionismo Relação entre Pintura e Música Viana do Castelo, 5 de Dezembro de 2009 Impressionismo: “Um instante de pura e irrepetível sensação visual. Feita de luz e cor, que revive na tela pela magia da pintura” Como movimento artístico, o impressionismo revolucionou não só a pintura mas também variadas artes. A sua génese deve-se a um...

    1379  Palavras | 6  Páginas

  • O POS-IMPRESSIONISMO E EXPRESSIONISMO

    PÓS-IMPRESSIONISMO E EXPRESSIONISMO: PÓS-IMPRESSIONISMO (1880 a 1890): Período que sucedeu ao impressionismo e durante o qual ocorreram as primeiras manifestações artísticas que originaram as novas correntes de pintura do séc. XX, como, o expressionismo, o fovismo, o cubismo. Surgiu com a dispersão do grupo dos impressionistas, quando alguns artistas tentam superar as propostas básicas do movimento, desenvolvendo diferentes tendências, que foram agrupadas sob o nome de pós-impressionismo. Nessa...

    1703  Palavras | 7  Páginas

  • Os periodos da nova arte

    nova arte Ocorreram nesse período muitos progressos e incontáveis realizações no campo das artes. Num sentido amplo, esse ideal pode ser entendido como a valorização do homem e da natureza, contestando o divino e o sobrenatural, conceitos que haviam impregnado a cultura da Idade Média. As marcantes características desse período abrangem a racionalidade, a dignidade do ser humano, o ideal humanista, o rigor científico e a reutilização das artes greco-romana.          Nesse período as artes se difundiram...

    3946  Palavras | 16  Páginas

  • Impressionismo

    Impressionismo O Impressionismo foi o movimento artístico precursor da Idade Contemporânea, e representa o momento inaugural da Arte Moderna, entre as décadas de 1860 e 1880. A origem do nome vem da obra de Claude Monet (1840 – 1926) “Impressão, Sol Nascente” (Fig.1), que rotula de “Exposição dos Impressionistas”, em abril de 1874, a primeira mostra pública dos artistas inspirados pelo novo movimento. Entre eles, estavam presentes Renoir, Degas, Pissarro, Cézzane, Sisley, Monet e Morisot. O...

    814  Palavras | 4  Páginas

  • resumo historia da arte

    pureza, limpidez e brilho,e o bronze, mas em menor quantidade. IMPRESSIONISMO Contexto historico No aprimoramento técnico, em todos os setores do desenvolvimento industrial, reinava o desejo do novo, de substituir tudo por coisas novas e industrializadas. Imperava a máquina fotográfica, logo seguida da versão portátil. Passou-se a fotografar tudo ao ar livre. Diante disso, o artista teve que repensar seu momento para mudar sua arte. A Revolução Industrial significou a substituição da ferramenta...

    2300  Palavras | 10  Páginas

  • O que impressionismo

    O que é impressionismo? O impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura. Este movimento que surgiu na França em meados do século 19, desenvolvendo um estilo inteiramente  original. tradicionais para retratar as coisas da maneira como as viam, de acordo com suas impressões. Eles buscavam fugir do conceito do realismo, que buscava a realidade, e sim tentavam dar movimento e luz a obra.  Na arte impressionista as pinturas mostram as tonalidades que os objetos adquirem...

    549  Palavras | 3  Páginas

  • Portfólio arte e cultura

    Resumo para aula do dia 01/03/2012: AGRA, Lúcio. História da Arte do Século XX. São Paulo: Anhembi Morumbi, 2006, cap. 1 - Revolução Industrial, Romantismo e uma nova concepção de História, pag. 9 a 24. O texto narra as mudanças que ocorreram na arte ao longo dos séculos com ênfase no papel da revolução industrial na passagem do neoclassicismo para o romantismo. A palavra que poderia resumir o período chamado de neoclássico é: “tradição”. Nele continham regras rígidas para o fazer artístico...

    6638  Palavras | 27  Páginas

  • Estética e História da Arte Contemporânea

    Quando Malevich em 1913, colocou um quadrado negro sobre um fundo branco, ele afirmou que ¿a arte não se preocupa mais em servir ao Estado ou à religião; ela não deseja mais ilustrar a história dos costumes, não quer ter mais nada a ver com o objeto como tal, e acredita que pode existir em si mesma e para si mesma, sem as coisas¿. Com isso, ele lançou os alicerces para uma arte secular, desligada de propósitos utilitários e afastada da função ideológica de representação. Trata-se de: Minimalismo; ...

    1169  Palavras | 5  Páginas

  • 10 Arte Moderna

    foxitsoftware.com For evaluation only. "Pintar é libertar-se, e isso é o essencial." Pablo Picasso Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. ARTE MODERNA: A REVOLUÇÃO 3. IMPRESSIONISMO 4. NEO-IMPRESSIONISMO: O PONTILHISMO 4.1. SEURAT 4.2. PAUL SIGNAC 5. EXPRESSIONISMO 5.1. VAN GOGH 5.2. CEZANNE 6. FORMAS DO CUBISMO 6.1. PABLO PICASSO 6.2. GEORGES BRAQUE 7. DADAISMO 7.1. FUTURISMO 7.2. A BAUHAUS 7.3. PRINCIPAIS ARTISTAS 7...

    13183  Palavras | 53  Páginas

  • perguntas história da arte

     PERGUNTAS HISTÓRIA DA ARTE 1-FALE SOBRE A ARTE EGIPICIA NO ANTIGO IMPERIO, MEDIO IMPERIO E NOVO IMPERIO.arte egípcia por um lado, é marcada pela escrita avançada, e pela religião. Ela foi capaz de determinar o modo de vida, as relações sociais e hierarquias, direcionando todas as formas de representação artística daquele povo. Eles eram politeístas, ou seja, acreditavam em vários deuses e esses poderiam mudar o curso de vida de cada um. Acreditavam, também, na vida após a morte....

    6614  Palavras | 27  Páginas

  • As fontes da arte moderna - Argan, Giulio Carlo

    Giulio Carlo Argan Tradução: Rodrigo Naves Qual o sentido de se publicar nos nossos dias um texto sobre arte moderna de 1960? A simples documentação de uma tendência interpretativa já seria uma justificativa — sobretudo quando se trata de trabalho de um dos mais importantes críticos deste século. No entanto, podemos exigir mais. Em função dos rumos que a arte contemporânea vem tomando, este ensaio de Giulio Carlo Argan ganha uma dimensão extremamente atual. O recente debate sobre modernismo...

    5941  Palavras | 24  Páginas

  • Historia da arte

    IMPRESSIONISMO O impressionismo é o nome de um movimento artístico que se desenvolveu na França durante a segunda metade do século XIX, decorrente do realismo francês. Os impressionistas tinham como principal objetivo retratar os efeitos da luz nos objetos da natureza, traduzindo impressões puramente visuais. Vivia-se nesse momento a chamada Belle Epoque ou Bela Época em português. O nome do movimento é derivado da obra Impressão, nascer do sol (1872), de Claude Monet. Tudo começou com um grupo...

    2691  Palavras | 11  Páginas

tracking img