Um resumo sobre o movimento artististico expressionismo alemão e a cidade de são paulo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1586 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário

1. INTRODUÇÃO

2. EXPRESSIONISMO ALEMÃO

2.1 Intenções do Movimento
2.2 Principais Artistas

3. SÃO PAULO E O EXPRESSIONISMO ALEMÃO

4. BIBLIOGRAFIA

1.INTRODUÇÃO
O presente trabalho tem como objetivo sintetizar o conhecimento do grupo sobre o movimento artístico Expressionismo. Conhecimento esse adquirido com muita pesquisa bibliográfica, além de filmes, estudode quadros, e a pesquisa de campo que trazemos no segundo capítulo deste trabalho. Nos próximos capítulos mostraremos a história, o conceito, os quadros que fizeram parte de movimento ou conceito que mudou o rumo das artes no seu tempo.

2. EXPRESSIONISMO ALEMÃO
O rótulo expressionismo, assim como a maioria do nome dos movimentos, não surgiu dos próprios artistas, “...floresceu na literaturapromocional e nas resenhas críticas das exposições então em curso” (Behr, 2000, p.6).
O expressionismo passou a se referir a um determinado tipo de arte alemã produzida entre 1909 a 1923 e teve suas principais manifestações nos grupos “A ponte” e “O cavaleiro Azul”. Teve influência do Simbolismo ( James Ensor e Edvard Munch), do Neo-Impressionismo (Vincent Van Gogh e Paul Gauguin), além dofovismo, “...pelo uso das cores simbólicas e da imgem exagerada...” (Behr, 2000, p.9).
Segundo Nazário(2002) teve influência dos escritos de Nietchzie e Freud, passou pelo período da Segunda Guerra Mundial, o que exigiu uma profundidade em todos os campos, especialmente na arte em contraponto ao lirismo do Impressionismo.

2.1 Intenções do movimento
O artista expressionista tencionava exprimir daforma mais pura seus sentimentos, emoções, pensamentos e sensações, de forma a ter imediata compreensão do receptor. Levando em consideração que esses atributos podem ser aplicados a todos os artistas, de todos os movimentos, é importante ressaltar que no Expressionismo o fator expressão pede o uso de alto grau de dramaticidade, tão intenso que provoque essa reação imediata do observador.
Levandoem conta as fases e diferentes grupos dentro do Expressionismo alemão, podemos considerar várias intenções, utilizando-se desse fator característico da alta expressividade:
* Exprimir na tela/papel/movimento corporal/escultura emoções puras e intensas, afim de transmitir ao receptor aquela emoção, principalmente sentimentos como angústia, medo, horror, decorrentes da situação histórica em queo movimento se encontra (pré e pós 1ª Guerra Mundial);
* Revelar uma visão distorcida da realidade, que dado também ao momento histórico, provoca esse sentimento obscuros em todos, e com isso, chamar a atenção para o que se sentia naquele momento;
* Criticar a sociedade alemã, com todos os problemas atribuídos a guerra, tais como os problemas econômicos, a moralidade, a exploração e amiséria;
* Difundir uma idéia de coletividade, em paralelo com o socialismo, mas onde a expressão individual seja salvaguardada;
* Difundir um repúdio aos modelos de imperialismo, capitalismo, patriotismo, militarismo, mecanização, burguesia.

2.2 Principais Artistas
Os dois artistas que mais influenciaram o movimento foram:
A)Edvard Munch:
Edvard Munch nasceu em Löten, na Noruega, em 12de dezembro de 1863, e estudou arte em Oslo. Começou a pintar em 1880, primeiramente retratos e depois uma série de quadros naturalistas que testemunham sua rejeição do impressionismo da época. É característico dessa fase o quadro "Criança doente" (1886).
Apesar do escândalo causado pela exposição de suas obras em Oslo, Munch ganhou uma bolsa de estudos em 1889. Morou na França, na Alemanha e naItália, e somente após 18 anos regressou à terra natal. Em Paris, fez contato com os pós-impressionistas, especialmente Toulouse-Lautrec e Gauguin, de quem recebeu reconhecida influência.
A atmosfera sombria, os nus e retratos espectrais de Munch inspiram-se em Ibsen, mas a partir de 1890 seu expressionismo adquiriu caráter simbolista, de teor quase histérico em "O vampiro", "A angústia" e o...
tracking img