O teologo como um formador de opinião perante a sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1111 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO TEOLÓGICO QUADRANGULAR
BRUNO BATISTA BIZARRI

INTRODUÇÃO A TEOLOGIA: O TEOLOGO COMO UM FORMADOR DE OPINIÃO PERANTE A SOCIEDADE

BRUSQUE
2011
INSTITUTO TEOLÓGICO QUADRANGULAR
BRUNO BATISTA BIZARRI

INTRODUÇÃO A TEOLOGIA: O TEOLOGO COMO UM FORMADOR DE OPINIÃO PERANTE A SOCIEDADE

Paper apresentado à disciplina Introdução à Teologia do cursoLivre em Teologia, Unidade Teológica Pastoral Brusque (SC/2011), Instituto Teológico Quadrangular, como requisito parcial para a conclusão da disciplina.

Professora: Helena Gross

BRUSQUE
2011
INTRODUÇÃO A TEOLOGIA: O TEOLOGO COMO UM FORMADOR DE OPINIÃO PERANTE A SOCIEDADE

Bruno Batista Bizarri[1]

RESUMO

Este estudo busca analisar comofunciona os critérios e características que teólogo deve ter para formar opiniões perante a sociedade, sem deixar de lado o valor da sua devida importância para o embasamento de uma opinião bem formada, que busca orientar fiéis, igrejas e a sociedade.

Palavras-chave: Deus; Opinião; Sociedade

INTRODUÇÃO

Para começarmos a falar alguma coisa sobre teologia, primeiro precisamos entender quaisseus propósitos, formas e o que ela estuda. Segundo o site “Got Questions” podemos defini-la assim:

A palavra “teologia” vem de duas palavras gregas que significam o “estudo de Deus”. Teologia cristã é apenas uma tentativa de entender Deus como revelado na Bíblia. Nenhuma teologia vai completamente explicar a Deus e Seus caminhos porque Deus é infinitivamente e eternamentemaior do que somos. Portanto, qualquer tentativa de descrevê-lO por completo vai falhar (Romanos 11:33-36). No entanto, Deus quer que O conheçamos o máximo possível, e teologia é a arte e ciência de conhecer e entender o que podemos sobre Deus de uma forma organizada e compreensível. Muitas pessoas tentam evitar teologia porque acreditam que teologia traz discórdia. No entanto, quando compreendidade forma adequada, teologia une as pessoas. Teologia é organizar os ensinos da Palavra de Deus de uma forma compreensível. Teologia bíblica e própria é uma coisa boa; ela é os ensinos da Palavra de Deus (2 Timóteo 3:16-17).

Como podemos ver, teologia é basicamente o estudo sobre as revelações de Deus a nós por meio da Bíblia, que é a Palavra de Deus, porem nossa capacidade humana nunca chegaráa conhecê-lo totalmente devido a sua imensurável superioridade.

Porem esse estudo de caráter tão digno, perante a sociedade contemporânea, que só crêem em todas as demais ciências (que surgiram muito depois da teologia) como as verdades absolutas sobre este mundo. Como afirma SILVA (2000):

[...] percebe-se que a teologia ainda é superestimada a toda e qualquer áreaacadêmica. Fora, porém, desse ambiente religioso, ela se sente até mesmo inferiorizada diante de outras ciências mais respeitadas e divulgadas no chamado mundo secular. O cerne da tensão talvez esteja em que a teologia, diferente de outras ciências, constitui um saber irredutível, onde uma nova luz nunca deve desmerecer ou negar a luz anterior. É um saber progressivo, mas não necessariamente"experimental" como exigem as normas do moderno método científico.

A partir disso podemos nos questionar como fazer com que uma sociedade incrédula entenda a existência de Deus. Esse é um dos grandes problemas de todo teólogo, que não consegue sequer começar a formar opinião alguma sem crer no principal, Deus.

Porem a teologia não pode desistir, pois esse trabalho deve ser feito. Seus resultados sãode imensa importância para a evolução da missão teológica, que é fazer a sociedade crer em Deus, e seguir seus princípios deixados registrados na Bíblia. Formar opiniões que resultem à esta reação da sociedade é muito difícil. Segundo DALSASSO (2006) a importância de formar opinião é:

Formar opinião é relevante porque gera crença, que é o núcleo da vontade, da decisão e da...
tracking img