O teologo como formador de opiniao na sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1855 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO TEOLÓGICO QUADRANGULAR
ADRIANA T.S.SILVEIRA















O TEOLÓGO COMO UM FORMADOR
DE OPINIÃO PERANTE A SOCIEDADE






















CAÇADOR
2012





INSTITUTOTEOLÓGICO QUADRANGULAR
ADRIANA T.S.SILVEIRA










O TEOLÓGO COMO UM FORMADOR
DE OPINIÃO PERANTE A SOCIEDADE








Paper apresentando a disciplina Metodologia do
Trabalho Acadêmico do curso livre emTeologia,
da unidade teológica Pastoral Caçador/ SC,
Instituto teológico Quadrangular, como requisito
Parcial para conclusão da disciplina.




Professor: WilsonCAÇADOR
2012


SUMÁRIO














































O TEÓLOGO COMO UM FORMADOR DE OPINIÃO PERANTE A SOCIEDADE

ADRIANA T.S.SILVEIRA







RESUMO

Este estudo busca analisar como funciona os critérios ecaracterísticas que teólogo deve ter para formar opiniões perante a sociedade, sem deixar de lado o valor da sua devida importância para o embasamento de uma opinião bem formada, que busca orientar fiéis, igrejas e a sociedade.
Mostra de forma clara e objetiva como a teologia veio acompanhando a sociedade e suas reais mudanças nesse cenário cientifico e religioso.Visualiza sobre como Deus quer que o conheçamose seu plano para a humanidade



Palavras-chave: Deus;teologia; Opinião; Sociedade




























INTRODUÇÃO

A palavra “teologia” vem de duas palavras gregas que significam o “estudo de Deus”, basicamente, teologia é o estudo sobre as revelações de Deus a nós por meio da Bíblia, que é a Palavra de Deus.
A origem histórica dotermo Teólogo em questão nos remete à Hélade, também chamada de Grécia antiga, era utilizada inicialmente para descrever o trabalho de muitos poetas, que tentavam dar uma noção de como eram os deuses.
Os teólogos eram os que faziam poesias sobre os deuses e sobre seus feitos, suas virtudes, suas emoções, sua vida particular e também seus vícios e erros.
Em outras palavras, o teólogo é aqueleprofissional que estuda as religiões num contexto histórico específico e sua influência sobre os processos antropológicos e sociológicos.


1- Teologia como ciência
A teologia e as ciências são realidades históricas. Sua relação depende fundamentalmente do conceito que se tem de ciência e de teologia nos diferentes momentos da história. Varia, portanto, segundo se desenvolve a consciência humana e semodificam as condições sociais, ideologias, interesses, em que tal relação se situa.

1-1. Submissão da ciência à teologia.
Teologia e ciência viveram mais exatamente, matrimônios patriarcal de fidelidade. As ciências dependiam da teologia que desempenhava o papel principal. Santo Tomás, nesse contexto, define com rigor a relação entre teologia e ciência, servindo-se do conceito aristotélicode ciência e readaptando-o de tal modo que a teologia lhe realiza as condições básicas.
Ciência define-se, neste sentido, como conhecimento certo e sempre válido, resultado de dedução lógica. Certo, porque procede de evidências primeiras e indemonstráveis. Dedutivo, porque articula as conclusões com os princípios universalmente válidos por meio de raciocínios necessários. A ciência pretende...
tracking img