Pesca de arrasto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (588 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Pesca de Arrasto é CRIME!!!

Os recursos marinhos do litoral paranaense estão sendo dizimados por embarcações de pequeno e médio porte que praticam a pesca de camarão com arrasto motorizado.

Aconstatação é de pescadores artesanais, pesquisadores e dos próprios órgãos ambientais do estado. E a infração não é cometida apenas por barcos paranaenses, a maioria de Guaratuba. Frotas de Itajaí,Santa Catarina, e do litoral sul paulista, além de Santos, também estão vindo à costa paranaense para fazer a pesca predatória. Os pescadores empregam três modalidades de arrasto: portas, tangones eparelhas. A pesca por arrasto é feita com redes de malha fina, tracionadas por motores, que revolvem o fundo do oceano e capturam espécies em fase de desenvolvimento e a flora marítima, sem qualquerseleção. Em busca apenas do camarão, os pescadores descartam, de acordo com estimativa da Polícia Ambiental do Paraná, 70% do total capturado, lançando ao mar já mortos pequenos robalos, bagres,miragaias, siris e estrelas do mar. O arrasto é próximo às praias, contrariando determinações de órgãos ambientais e provocando a contaminação das praias. Animais marinhos de porte médio – como tartarugas egolfinhos – também são vítimas da ação, ao ficarem presos ou se ferirem nas redes. Legalizada para pescadores licenciados, a pesca do camarão por arrasto deve obedecer aos limites de distância. OMinistério do Meio Ambiente proíbe, no Paraná, a pesca de arrasto com portas a menos de 1 milha náutica (o equivalente a 1,852 metros). Para embarcações com capacidade superior a 10 toneladas, o limite é1,5 milhas náuticas e a pesca pelo sistema de parelhas só deveria ocorrer a uma distância de no mínimo 5 milhas. Na prática, o que vem ocorrendo é o arrasto em distâncias menores de 250 metros dacosta. O produto da pesca ilegal é comercializado nos mercados de peixes, onde o quilo do camarão é vendido por valores entre R$ 3 e R$ 5. O crime ambiental é intensificado com a chegada de turisatas...
tracking img